Atlante (coluna)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atlante no Tribunal de Wooster, Condado de Wayne.

O termo atlante, em arquitectura, refere-se a um tipo de coluna antropomorfa onde, no lugar do fuste, se apresenta a forma esculpida de um homem. Os primeiros atlantes foram encontrados no templo grego de Zeus de 480 a.C. em Agrigento na Sicília, mas já anteriormente tinham sido criadas figuras semelhantes no Antigo Egipto. Outra possível designação para estas colunas é Telamon, com origem na personagem da mitologia grega com o mesmo nome.

O nome deste género de estrutura de suporte origina na figura da mitologia grega, Atlas, o titã que foi condenado por Zeus a carregar o globo terrestre (ou o céu) para toda a eternidade, e que é representado carregando nos ombros um globo de grandes dimensões.

Atlantes (n. 3, 6 e 7) e cariátides (n. 1, 2, 4 e 5). Livro de ornamentos de 1898.

Estas figuras, geralmente em tamanho real, apresentam o tronco nu e o corpo musculado e, contrariamente a uma cariátide (fuste com uma forma feminina), o atlante apresenta os braços erguidos sobre a cabeça, como que a suportar o peso da construção onde se encontra inserido (geralmente sob arquitraves ou estruturas similares). O trabalho escultórico pode ser em relevo ou de forma a criar uma figura completa a três dimensões.

Assim como a cariátide, o atlante pode ser representado sob a forma de uma herma (uma coluna de pedra de secção quadrada sob a qual se coloca um busto).

A sua utilização não se resumiu ao período clássico tendo sido aproveitada em diversos outros períodos posteriores, principalmente os que se caracterizam pela inspiração na arquitectura da Antiguidade Clássica. Assim, é comum observar a sua utilização em edifícios renascentistas, assim como nos estilos revivalistas do século XIX, como o Neo-classicismo. Também o Barroco e o Rococó fizeram do atlante um elemento decorativo de eleição, tanto no exterior como no interior de edifícios (zonas de entrada com escadas).

No século XVII também podem ser vistos como elementos decorativos inseridos na proa e popa de navios.

São também conhecidos os atlantes toltecas dos séculos IX ou X das ruínas de Tula, México.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Coluna
  • Cariátide, coluna com fuste feminino.
  • Kouros (plural Kouroi), estátuas masculinas com os braços ao longo do corpo que também se podem encontram aplicadas a fustes de coluna na arte arcaica grega do mar Egeu.
  • Atlas, personagem da mitologia grega

Arquitectura relacionada[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Atlante (coluna)

Fontes[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CALADO, Margarida, PAIS DA SILVA, Jorge Henrique, Dicionário de Termos da Arte e Arquitectura, Editorial Presença, Lisboa, 2005, ISBN 20130007
  • KOEPF, Hans; BINDING, Günther (Überarbeitung), Bildwörterbuch der Architektur, Alfred Kröner Verlag, Stuttgart, 1999, ISBN 3-520-19403-1