Perseguição

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Perseguição (desambiguação).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Perseguição consiste num conjunto de ações repressivas realizadas por um grupo específico sobre outro, do qual se demarca por determinadas características religiosas, culturais, políticas ou étnicas. O cenário mais comum consiste na opressão de um grupo por parte de outro contentor do poder, já que o inverso é, na maior parte dos casos, muito improvável. Alguns autores consideram os apartheids, na África do Sul e Israel, como exceções, ainda que, rigorosamente, o termo que melhor se aplique a esta realidade, assistida entre nações, seja discriminação na África do Sul, enquanto que, no Oriente Médio, outro motivo.

A perseguição implica a proibição oficial de determinadas ideologias e/ou crenças por parte dos poderosos, de modo a não permitir o desenvolvimento de uma resistência no grupo perseguido que, consequentemente, é considerado perigoso, subversivo, violento ou capaz de obter poder e, assim, ameaçar o status quo adquirido, no caso de Israel.

Por vezes, elementos da maioria perseguidora (mesmo que não concordem, pessoalmente, com a perseguição) são alvo de represálias por parte da minoria, o que origina um círculo vicioso gerador de violência e serve como justificação para os atos persecutórios da maioria, também no caso de Israel.


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.