Phil Dalhausser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Phil Dalhausser
campeão olímpico
Dalhausser em 2011.
Voleibol
Nome completo Phillip Peter Dalhausser
Apelido "Phil", "The Thin Beast"
Modalidade Voleibol de praia
Nascimento 26 de janeiro de 1980 (36 anos)
Baden, Suíça
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Compleição Peso: 91 kg Altura: 2,06 m[1]
Medalhas
Competidor dos  Estados Unidos
Jogos Olímpicos
Ouro Pequim 2008 Equipe
Campeonatos Mundiais
Ouro Gstaad 2007 Equipe
Bronze Stavanger 2009 Equipe
Circuito Mundial
Ouro Temporada 2010 Equipe
World Tour Finals
Prata Fort Lauderdale 2015 Equipe

Philip "Phil" Peter Dalhausser (Baden, 26 de janeiro de 1980) é um voleibolista de praia dos Estados Unidos. Ao lado do parceiro Todd Rogers, foi campeão mundial em Gstaad 2007 e campeão olímpico no ano seguinte, nos Jogos de Pequim.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após iniciar sua carreira jogando ao lado de Nick Lucena, em 2006 Dalhausser uniu-se a Todd Rogers. Rogers, um veterano de 11 anos no voleibol de praia profissional, pensou que precisava de alguém para ajudá-lo a chegar ao melhor nível e acreditava que Dalhausser tinha o potencial para se tornar um dos melhores jogadores do mundo. Rogers desempenhou os papéis de parceiro e treinador de Dalhausser.[3]

Em 2007 a dupla venceu o Campeonato Mundial em Gstaad, na Suíça, tornando-se a primeira equipe dos Estados Unidos a ganhar o torneio.[4]

Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

Dalhausser celebra a conquista do ouro olímpico ao lado de Todd Rogers.

Dalhausser qualificou-se para os Jogos Olímpicos de Pequim para representar os Estados Unidos ao lado do parceiro Todd Rogers. Ambos entraram como os principais cabeças-de-chave da competição após o desempenho no processo de qualificação internacional durante o ciclo olímpico.

Dalhausser e Rogers tiveram um registro de 6 vitórias e apenas 1 derrota em seus primeiros Jogos Olímpicos. Após perderem na estreia para os letãos Aleksandrs Samoilovs e Mārtiņš Pļaviņš, eles obtiveram uma sequência de seis vitórias até o término dos Jogos.[5]

Na disputa pela medalha de ouro venceram por 2 sets a 1 a Márcio Araújo e Fábio Luiz Magalhães, do Brasil. Dalhausser fez nove pontos de bloqueio na final, sendo cinco deles somente no terceiro set, colocando os Estados Unidos com uma vantagem de 9-1 e consequentemente a vitória por 15-4 no set decisivo.[6] Dalhausser foi eleito MVP do torneio.

Referências

  1. "Phil Dalhausser". Sports Reference (em inglês). Arquivado desde o original em 16 de outubro de 2015. Consultado em 16 de outubro de 2015. 
  2. Beach Volleyball Database. "Phil Dalhausser". Consultado em 25 de abril de 2012. 
  3. NBC Olympics. "Rogers, Dalhausser becoming May/Walsh-like". Consultado em 25 de abril de 2012. 
  4. NBC Olympics. "Athletes > Phil Dalhausser > Bio". Consultado em 25 de abril de 2012. 
  5. USA Volleyball. "Dalhausser, Rogers Upset by Latvian Duo". Consultado em 25 de abril de 2012. 
  6. UOL Olimpíadas 2008. "Márcio e Fábio Luiz perdem para americanos e ficam com a prata". Consultado em 25 de abril de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]