Planetário Professor José Baptista Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O planetário de Porto Alegre.

O Planetário Professor José Baptista Pereira, também conhecido como Planetário da UFRGS, é um planetário da cidade de Porto Alegre, Brasil, pertencente à Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É um órgão de complementação de ensino e divulgação da Astronomia. Está localizado na esquina da Avenida Ipiranga com a Rua Ramiro Barcelos, num dos campi da UFRGS.

A origem do planetário da UFRGS se deve à doação, nos anos 70, de um projetor Spacemaster pelo Ministério da Educação e Cultura, e para sua instalação foi realizado um convênio entre a universidade e a Prefeitura Municipal. A construção do edifício coube à prefeitura, iniciada em 1971 com projeto de Fernando Gonzales e colaboração de Walter Bered, e sua administração ficou a cargo da universidade. Em 20 de outubro de 1972, já concluído mas não inaugurado, o prédio foi visitado pelos astronautas norte-americanos James Lovell e Donald Slayton.

Foi aberto ao público em novembro de 1972, no encerramento da XIII Semana de Porto Alegre. Suas instalações incluem um entorno com espelho d'água, relógio de sol e uma rosa dos ventos. A cúpula tem 12 m de diâmetro, e seu aparelho possibilita a projeção do sistema solar e de oito mil estrelas, com suas posições passadas, presentes e futuras. Além das projeções o planetário desenvolve um programa de atividades culturais paralelas que já atingiu mais de um milhão de pessoas.

Seu nome é uma homenagem ao professor de Engenharia José Baptista Pereira, que trabalhou pela Astronomia no Rio Grande do Sul. No dia 4 de agosto o espaço externo do Planetário da UFRGS foi reinaugurado, no local dos espelhos d´água agora temos jardins, o relógio de sol e rosa dos ventos foram recuperados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um planetário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.