Saltar para o conteúdo

Primavera (Pará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Primavera
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Primavera
Bandeira
Brasão de armas de Primavera
Brasão de armas
Hino
Lema Action non verba.
Gentílico primaverense
Localização
Localização de Primavera no Pará
Localização de Primavera no Pará
Localização de Primavera no Pará
Primavera está localizado em: Brasil
Primavera
Localização de Primavera no Brasil
Mapa
Mapa de Primavera
Coordenadas 0° 56' 34" S 47° 06' 57" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Municípios limítrofes São João de Pirabas, Capanema, Quatipuru, Santarém Novo
Distância até a capital 194 km
História
Fundação 11 de fevereiro de 1962 (62 anos)
Administração
Prefeito(a) Áureo Bezerra Gomes (UNIÃO [1], 2021–2024)
Características geográficas
Área total [2] 258,599 km²
População total (estimativa IBGE/2020[3]) 10 857 hab.
Densidade 42 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 48 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,577 baixo
PIB (IBGE/2014[5]) R$ 64 116,55 mil
PIB per capita (IBGE/2014[5]) R$ 6 130,86
Sítio www.primavera.pa.gov.br (Prefeitura)

Primavera é um município brasileiro do Estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 00º 56' 25" sul e a uma longitude 47º 06' 59" oeste, estando a uma altitude média de 48 metros. Está situada na messoregião do Nordeste Paraense, microrregião Bragantina (anteriormente pertencia à microrregião do Salgado) e fica cerca de 194 km da capital do estado. Sua população estimada em 2020 era de 10.857[3] habitantes. Possui uma área territorial de 258,6 km², com densidade demográfica de 39,71 hab/km². O município foi instalado em 11 de fevereiro de 1962.

Aproximadamente em 1888 chegaram no município os primeiros moradores, o casal Antônio Maximiano dos Santos e Georgina Trindade dos Santos. Ambos bragantinos e seu filho Inocêncio Miguel Soares. Esse sendo mais tarde o primeiro professor do município. Com o reconhecimento da terra e percebendo que a mesma era boa para o cultivo agrícola migrou também Elisiário e Bartolomeu dos Santos, irmãos do Maximiano para cultivarem a terra. Eles deram o primeiro nome de Vila dos Quadros, a vila foi elevada a categoria de povoação segundo a lei N° 982 de 22 de dezembro de 1906. Por volta de 1912 sob a inspiração o professor César Augusto Andrade Pinheiro, a então Vila dos Quadros passou a ser chamada de Primavera mantendo até hoje o nome.

A origem do município de Primavera está relacionada, de forma direta, com o município de Capanema e, de forma indireta, com o município de Bragança. Este, ao desanexar parte de sua área patrimonial, deu origem a Capanema. Por sua vez, Capanema cedeu uma fração de seu território para compor o município de Primavera. Assim, também, o município de Salinópolis participou da composição territorial de Primavera, através do Distrito de São João de Pirabas.

O marco inicial do povoamento do município de Primavera remonta ao núcleo de Quatipuru, quando este fazia parte de Bragança, na condição de Freguesia, em 1868. Em 1879, Quatipuru adquiriu autonomia administrativa e passou a ser a sede do Município homônimo, de acordo com o disposto na Lei n° 934, de 31 de julho do mesmo ano.

A transferência da capital municipal para Capanema, em 1919, ocasionou o retorno de Quatipuru à condição de Vila. Em 1938, o município de Quatipuru recebeu a denominação de Capanema, a qual perdura até hoje.

A mais recente tentativa de constituir, novamente, o município de Quatipuru, com território desmembrado de Capanema, data de 1955, segundo a Lei Estadual n° 1.127, de 11 de março, que resultara anulada, devido à inconstitucionalidade decretada, no mesmo ano, pelo Supremo Tribunal Federal. Dessa forma, Quatipuru se manteve como distrito de Capanema, em 1961, quando passou a integrar, no mesmo nível administrativo, a jurisdição municipal de Primavera. Primavera, por sua vez, fez parte de Capanema, desde o início do século, na época em que esse Município se denominava Quatipuru, como povoado.

A categoria de povoação adveio da Lei n° 982, de 22 de outubro de 1906, e a condição de distrito foi-lhe outorgada pela Lei Estadual n° 2.972, de 31 de março de 1938, assim permanecendo até 1961, ano em que adquiriu autonomia municipal.

A Lei Estadual n° 2.460, de 29 de dezembro de 1961, criou o município de Primavera, com território desmembrado de Capanema e Salinópolis. Em 1988, parte das terras de Primavera foi desmembrada para constituir o município de São João de Pirabas, de acordo com o disposto na Lei n° 5.453, de 10 de maio do mesmo ano.

Referências

  1. «Representantes». União Brasil. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2020 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2020. Consultado em 28 de março de 2021 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  5. a b «PIB Municipal 2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 1 jan. 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.