Capanema (Pará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Capanema, veja Capanema.
Município de Capanema
"Terra do Cimento"
"Cidade Polo do Pará"
Bandeira de Capanema
Brasão de Capanema
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 05 de novembro de 1910 (106 anos)
Gentílico capanemense
Lema Nossa Cidade, Nossa Família
CEP 68700-000 até 68706-999
Prefeito(a) Chico Neto (DEM)
(2017–2020)
Localização
Localização de Capanema
Localização de Capanema no Pará
Capanema está localizado em: Brasil
Capanema
Localização de Capanema no Brasil
01° 11' 45" S 47° 10' 51" O01° 11' 45" S 47° 10' 51" O
Unidade federativa Pará Pará
Mesorregião Nordeste Paraense IBGE/2008[1]
Microrregião Bragantina IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Tracuateua, Peixe-Boi, Bonito, Ourém, Primavera.
Distância até a capital 160 km
Características geográficas
Área 614,026 km² [2]
População 67 150 hab. IBGE/2017[3]
Densidade 109,36 hab./km²
Altitude 24 m
Clima equatorial
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,655 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 920 690,26 mil (PA: 20º) – IBGE/2014[5]
PIB per capita R$ 13 964,24 IBGE/2014[5]
Página oficial
Prefeitura www.capanema.pa.gov.br

Capanema é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 01º11'45" sul e a uma longitude 47º10'51" oeste, estando a uma altitude de 24 metros. Sua população estimada em 2017 era de 67.150 habitantes. Neste município, o(a) ocupante do cargo de prefeito(a) tem no cerimonial uma faixa prefeital.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A origem do nome Capanema se deu por ocasião da construção da rede telegráfica construída pelo engenheiro Guilherme Schüch, o barão de Capanema.

História[editar | editar código-fonte]

O marco incial do povoamento foi o sítio Arapeua.

O nome do rio Capanema e da Vila de Capanema foi dado também em homenagem a Guilherme Schüch, o Barão de Capanema. Homenagem pois era à beira do rio, com sua equipe, descansava nos intervalos de trabalho e a Vila foi devido a construção da rede telegráfica.

O Barão era mineiro, da freguesia de Antônio Pereira (Município de Ouro Preto), nascido em 1824, filho do austríaco Rochus Schüch integrante da comitiva da Imperatriz Maria Leopoldina de Áustria. Estudou engenharia na Escola Politécnica de Viena e voltou ao Brasil com todas as credenciais. Sob os auspícios do imperador, Schüch em 11 de maio de 1852 fundou o Telegrapho Nacional, sendo o primeiro e único diretor.

Formação administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1900, as injunções políticas da época fizeram com que, fosse extinto o Município de Quatipuru e seu território anexado aos municípios de Salinópolis e Bragança.

Em 1902, ocorreu à restauração, ano em que foi criado o distrito de Capanema, com a Lei Municipal nº 832 (de 24 de outubro de 1902), ligado ao município de Quatipuru.

Em 1908, a sede do Município de Quatipuru passou a denominar-se Siqueira Campos, voltando à primitiva denominação em 1910.

Em 1911, o distrito de Capanema administrativamente está ligado ao distrito de Mirrasselvas.

Em 1930, a sede de Capanema passou a denominar-se Siqueira Campos, Em 1938, o topônimo foi mudado para Capanema.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Capanema está distante 160 km de Belém pela rodovia (BR 316). É um dos municípios mais desenvolvido da Região Bragantina do Nordeste Paraense, atrás somente de Bragança. Uma das principais atividades econômica do município é a fabricação de cimento, sendo a fábrica de cimento Nassau a primeira do estado do Pará. Capanema é a cidade que possui melhor desenvolvimento econômico da Região Bragantina, isso pode ser comprovado pelo PIB per capita que está acima da média regional. Porém ainda existem grandes problemas na infraestrutura local, como pavimentação de vias, esgoto e abastecimento de água.

Estrutura urbana[editar | editar código-fonte]

Meios de Comunicação[editar | editar código-fonte]

Capanema conta com projeto do Governo do Estado, consiste na instalação de redes de rádio de alta capacidade, que distribuem o sinal do Navegapará nos municípios, viabilizando ações como telemedicina, tele-educação e segurança pública, além da interligação nos municípios atendidos.

Telefonia[editar | editar código-fonte]

Capanema possui cobertura de quatro operadoras de telefonia móvel:

Canais de Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Cultura Capanema (canal 9 VHF)
  • Record Capanema (canal 7 VHF) (Filiada a Record)
  • Sbt Capanema (canal 6 VHF) (Filiada ao SBT)
  • TV Amazônia (cana 13 VHF) (Filiada à Band)
  • TV Liberal Capanema (cana 24 UHF) (Filiada à Globo)
  • TV Nazaré (canal 18 UHF)

Rádios[editar | editar código-fonte]

  • Princesa FM (106.1 MHz)
  • Educativa FM (105.7 MHz)
  • Antena C FM (104.9 MHz)
  • SBT FM (87.7 MHz)

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Almir Gabriel
  • Aparecida
  • Areia Branca
  • Caixa D'água
  • Caíque
  • Campinho
  • Centro
  • Dom João VI
  • Fátima
  • Guara suco
  • Garrafão
  • Igrejinha
  • Inussúm
  • Motocross
  • Multirão
  • Nazaré
  • Oliveira Brito
  • Pedreira
  • Primeira
  • Samambaia
  • Santa Cruz
  • Santa Luzia
  • São Cristóvão
  • São Pedro e São Paulo
  • São José
  • São Pio X
  • Tancredo Neves
  • Três de Maio
  • Povoado do Igarapé Apara
  • Povoado de Menino Jesus
  • Povoado de Monte Alegre (Curral Velho)
  • Vila Mirasselvas
  • Vila Tauarí

Economia[editar | editar código-fonte]

É considerada uma cidade-polo pela sua localização geográfica e pelas suas taxas de IDH e de PIB per capita. Possui comércio bem desenvolvido, capaz de atender a vários municípios da região, há inúmeros consumidores vindos de municípios vizinhos que aquecem a economia local, o que deixa o centro comercial da cidade com grande movimento.

A cidade possui um estádio, chamado Estádio Leandro Pinheiro.

Eleições 2010[editar | editar código-fonte]

Capanema foi o primeiro município do Pará, e um dos 43 do Brasil, a serem escolhidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a ter o voto biométrico, em que o eleitor é reconhecido na seção eleitoral por impressão digital e por foto na hora do voto, mecanismo de segurança para evitar fraudes nas votações. O próprio eleitor vai liberar a urna eletrônica para a votação.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «estimativa Populacional 2017» (PDF). estimativa Populacional 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2017. Consultado em 6 de outubro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  5. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 21 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.