Programa lunar tripulado soviético

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Concepção da espaçonave Zond próxima da Lua.

O Programa lunar tripulado soviético, foi na verdade um conjunto de missões espaciais, conduzidas pela antiga União Soviética, com o objetivo de fazer pousar um homem na Lua em competição direta com o Projeto Apollo, dos Estados Unidos, que foi anunciado publicamente pelo Presidente John F. Kennedy, em 25 de Maio de 1961.

O governo soviético, não admitiu publicamente na época, estar participando dessa "corrida à Lua", no entanto, secretamente, foram conduzidos dois subprogramas com esse objetivo na década de 60:

Logo após o sucesso da primeira órbita tripulada ao redor da Lua com a Apollo 8 em Dezembro de 1968, o primeiro pouso na Lua com a Apollo 11, e uma série de falhas catastróficas com o foguete N-1, esses dois programas foram finalizados. O Proton/Zond em 1970 e o N1/L3, em 1974. Os detalhes sobre esses programas só foram revelados em 1990, com o advento da Glasnost.

Galeria[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.