Quérsias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Quérsias (em grego: Χερσίας, transl. Khersías) de Orcômeno (fl. fim do século VII a.C.) foi um poeta épico da Grécia arcaica, cuja obra é praticamente desconhecida nos dias de hoje.1 Plutarco apresenta Quérsias como um interlocutor em seu Banquete dos Sete Sábios, descrevendo-o como um contemporâneo de Periandro e Quílon.2 Quérsias também teria estado presente quando o pai de Periandro, Cipselo, dedicou um tesouro em Delfos.3 De acordo com o geógrafo Pausânias, a poesia de Quérsias já havia saído de circulação em seu tempo; o autor cita o único fragmento existente então de sua poesia épica, mencionando um discurso dado por Cálipo de Corinto (século V a.C.) aos orcomênios como sua fonte:4

ἐκ δὲ Ποσειδάωνος ἀγακλειτῆς τε Μιδείης
Ἀσπληδὼν γένεθ' υἱὸς ἀν' εὐρύχορον πτολίεθρον.

De Posídon e da Mideia de bela fama
Asplédon nasceu, um filho na cidade de amplas ruas.

Esta fragmento sugere que Quérsias, como seu aparente contemporâneo, Ásio de Samos, compunha suas obras no gênero da poesia épica genealógica, cujo exemplo mais notório conhecido atualmente é o poema hesiódico Catálogo de Mulheres, de que se conhecem fragmentos.5 Pausânias relata ainda que Quérsias teria escrito o epitáfio que foi inscrito pelos orcomênios na base da estátua que eles haviam erguido em homenagem a Hesíodo:6

Ἄσκρη μὲν πατρὶς πολυλήιος· ἀλλὰ θανόντος
   ὀστέα πληξίππων γῆ Μινύων κατέχει
Ἡσιόδου, τοῦ πλεῖστον ἐν ἀνθρώποις κλέος ἐστὶν
   ἀνδρῶν κρινομένων ἐν βασάνῳ σοφίης.

Ascra, rica em trigo, foi sua pátria, porém em morte
   é a terra dos mínios que conduzem cavalos que abriga os ossos
de Hesíodo, cuja fama é maior entre os seres humanos
   quando os homens são julgados pela pedra de toque da arte.

Referências

  1. Robert 1877, argumentou que os versos citados por Pausânias seriam invenção de Cálipo de Corinto, porém este ponto de vista não conquistou apoio; cf. West 2003, p. 32.
  2. Plutarco, Moralia, 156e–f.
  3. Plutarco, Moralia, 164a].
  4. Pausânias, 9.38.9.
  5. West 2003.
  6. Pausânias, 9.38.10. Este epitáfio também foi preservado na Competição entre Homero e Hesíodo; cf. West 2003.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um poeta ou uma poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.