Referendo de independência do Curdistão iraquiano em 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização do Curdistão iraquiano.

Um referendo de independência para o Curdistão iraquiano ocorreu em 25 de setembro de 2017, com resultados preliminares mostrando a grande maioria dos votos, aproximadamente 93%, a favor da independência da região. O governo regional semi-autônomo do Curdistão (KRG) afirmou que o referendo seria vinculativo,[1][2][3] mas desencadearia o início da construção e de negociações dos curdos com o Iraque, em vez de uma declaração de independência imediata.[4] A legalidade do referendo, no entanto, foi rejeitada pelo governo federal iraquiano.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, foi planejado para 2014 em meio a controvérsias e disputa entre os governos regional e federal.[5] Os pedidos de independência curda acontecem há anos, sendo que um referendo não oficial foi realizado em 2005 e o resultado foi de 98% de votos a favor da independência.[6] Essas reivindicações nacionalistas ganharam impulso após a ofensiva do Estado Islâmico do Iraque e do Levante no norte do país durante a Guerra Civil Iraquiana, em que as forças controladas por Bagdá abandonaram algumas áreas, que foram então tomadas pelos Peshmerga e passaram a ser controladas de facto pelos curdos.

O referendo foi anunciado e atrasado em várias ocasiões,[7] já que as forças curdas cooperaram com o governo central iraquiano para a libertação de Mosul.[8] Em 7 de junho de 2017, o presidente curdo Masoud Barzani realizou uma reunião com o Partido Democrático do Curdistão (KDP), a União Patriótica do Curdistão (PUK) e outros partidos no poder, quando o referendo da independência foi confirmado para 25 de setembro de 2017.[9]

Referências

  1. «Masoud Barzani: Why It's Time For Kurdish Independence». Foreign Policy. 15 de junho de 2017 
  2. «Senior Kurdish Official Says Kurdistan Independence Referendum Going Ahead Despite Opposition». ARA News. 26 de julho de 2017 
  3. «Turkey warns Iraqi Kurdish referendum will 'have a cost'». english.alarabiya.net (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2017 
  4. David Zucchino (26 de setembro de 2017). «Iraq Orders Kurdistan to Surrender Its Airports». The New York Times. Consultado em 27 de setembro de 2017 
  5. «Iraq Kurdistan independence referendum planned». BBC News. 1 de julho de 2014. Consultado em 13 de agosto de 2014 
  6. Kurdistan Referendum Movement - International Committee (8 de fevereiro de 2005). «98 percent of the people of South Kurdistan vote for independence». KurdMedia 
  7. «Kurds agree to postpone independence referendum». theStar.com. 5 de setembro de 2014 
  8. http://www.kurdistan24.net/en/news/e4536e45-41b2-49f7-8cba-bb569cb4a6d3/pm-barzani--mosul-could-be-liberated-within-three-months
  9. «UPDATES: Kurdistan Region to hold independence referendum on Sept 25». Rudaw. 7 de junho de 2017. Consultado em 7 de junho de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre o Iraque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.