Reich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Parte da série sobre
História da Alemanha
Atlas Van der Hagen-KW1049B10 047-S. IMPERIUM ROMANO-GERMANICUM oder DEUTSCHLAND MIT SEINEN ANGRANTZENDEN KÖNIGREICHEN UND PROVINCIEN Neulich entworffen und theils gezeichnet durch IULIUM REICHELT Chur Pfaltz.jpeg
Tópicos
História inicial
Idade Média
Início do período moderno
Unificação
Reich Alemão
Império Alemão1871–1918
Primeira Guerra Mundial1914–1918
República de Weimar1918–1933
Alemanha Nazista1933–1945
Alemanha contemporânea
1945–1952
Expulsão dos alemães1944–1950
1945–1990
1990
Alemanha reunificada1990–presente
Alemanha

Loudspeaker.svg? Reich (do alemão [ʁaɪç]), é uma palavra alemã que significa literalmente, em português, 'império' ou 'reino'. [1] É o termo tradicionalmente usado para designar uma variedade de países soberanos, incluindo a Alemanha em muitos períodos da sua história. Também é encontrado em termos compostos, como Königreich ('reino') e nos nomes dos países, como Frankreich (França ou 'reino dos Francos') e Österreich (Áustria). Reich é proveniente de uma palavra germânica para "rei", que foi emprestada do celta.[2]Tal como seu equivalente latino, imperium, Reich não implica necessariamente em uma monarquia. A República de Weimar e a Alemanha nazista continuaram a usar o nome Deutsches Reich apesar de, em ambos os casos, tratar-se de regimes republicanos.

Reich alemão[editar | editar código-fonte]

Reich alemão foi o nome dado à Alemanha durante a maior parte da sua história. Reich foi utilizado por ela própria na variante comum alemão do Sacro Império Romano, o "Santo Império Romano da Nação Alemã" (Heiliges römisches Reich deutscher Nation). Der Riche foi um título para o Imperador. No entanto, convém notar que o latim, e não o alemão, era a linguagem jurídica formal do Império na Idade Média, porém, alguns historiadores preferem utilizar Reich alemão à palavra Latina imperium para definir este período da história alemã.

A Alemanha unificada, que surgiu graças ao chanceler Otto von Bismarck, em 1871 foi chamada em alemão de Deutsches Reich, que continuou a ser o nome oficial da Alemanha até 1945.

Uso durante a República de Weimar[editar | editar código-fonte]

Durante a República de Weimar o "Reich" e o prefixo "Reichs-" não se referem à ideia de um império, mas sim às instituições, funcionários e assuntos do país em geral, por oposição às dos seus constituintes estados federados.

"Reich de mil anos": Uso na Alemanha nazista[editar | editar código-fonte]

Os nazistas tentaram legitimar o seu poder retratando o seu regime como uma continuação do Sacro Império Romano, o Primeiro Reich (800-1806) e do Segundo Reich (1871-1918). Eles cunharam o termo Das Dritte Reich ("O Terceiro Império" - geralmente traduzido parcialmente como "O Terceiro Reich"). Hitler denominou esse regime de Reich de Mil Anos[3], pois segundo ele o Reich não apenas sobreviveria por todo este tempo, como também não seriam necessárias mais modificações. Durante o Anschluss (unificação) com Áustria em 1938 a propaganda nazista também utilizou o slogan político Ein Volk, ein Reich, ein Führer ("Um povo, um Reich, um líder")[4]. Embora o termo "Terceiro Reich" seja de uso comum, os termos "Primeiro Reich" e "Segundo Reich" para os períodos anteriores são raramente encontrados fora da propaganda nazista, sendo o termo Altes Reich ("Velho Reich") mais utilizado para designar o Sacro Império Romano-Germânico.

Possíveis conotações negativas no uso moderno[editar | editar código-fonte]

Um certo número de palavras neutras usadas pelos nazistas adquiriram posteriormente conotações negativas em alemão (por exemplo, Heil e Führer). Reich pode ser interpretado como sinónimo do imperialismo ou forte nacionalismo alemão, se for usado para descrever uma entidade governamental. O termo Reich não é utilizado na terminologia oficial alemã desde 1945, embora ainda seja encontrado no nome do edifício Reichstag, que desde 1999 tem alojado o parlamento federal alemão, o Bundestag. A decisão de não mudar o nome da construção só foi tomada após um longo debate no Bundestag, mesmo assim, ele é descrito oficialmente como Reichstag - Sitz des Bundestages ("Reichstag, sede do Bundestag"). Como se vê neste exemplo, o termo "Bund" (federação) tem substituído "Reich" nos nomes de várias instituições estatais, como o exército ("Bundeswehr").

Rike[editar | editar código-fonte]

Rike é o sueco e norueguês para a palavra "reino", em dinamarquês soletrado rige, do mesmo significado que o alemão Reich. A palavra é utilizada tradicionalmente para entidades soberanas; um país com um rei ou rainha como chefe de estado, como o Reino Unido ou Suécia.

Rijk[editar | editar código-fonte]

Rijk é o holandês equivalente ao Reich. Em um sentido político nos Países Baixos a palavra Rijk frequentemente tem uma ligação com o Reino dos Países Baixos. A palavra Rijk também podem ser encontradas em instituições como Rijkswaterstaat, Rijksinstituut voor Volksgezondheid en Milieuhygiëne, e Rijksuniversiteit Groningen. Tal como em alemão, o adjetivo Rijk significa "ricos".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Como adjetivo, reich pode significar 'rico','abundante' ou 'amplo'.
  2. Calvert Watkins, American Heritage Dictionary of Indo-European Roots, p.70.
  3. Colour of War (As Cores da Guerra). Documentário com vídeos em cores da Segunda Guerra Mundial e relatos de soldados e civis. Apresentado na TV Escola. 2009.
  4. Momentos que Marcaram a História. Apresentado pela TV Escola. 2009.