Rrok Mirdita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rrok Mirdita
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Tirana-Durrës
Atividade eclesiástica
Nomeação 25 de dezembro de 1992
Entrada solene 25 de abril de 1993
Predecessor Nicola Vicenzo Prennushi, O.F.M.
Sucessor George Anthony Frendo
Mandato 1992 - 2015
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 2 de julho de 1965
por Aleksandar Tokić
Ordenação episcopal 25 de abril de 1993
por Papa João Paulo II
Nomeado arcebispo 25 de dezembro de 1992
Dados pessoais
Nascimento Montenegro Klezna, Montenegro
28 de setembro de 1939
Morte Albânia Tirana, Albânia
7 de dezembro de 2015 (76 anos)
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Rrok Kola Mirdita (Klezna, 28 de setembro de 1939 - 7 de dezembro de 2015) foi um arcebispo albanês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tendo nascido em 28 de setembro de 1939, foi ordenado sacerdote em Nova Iorque em 2 de julho de 1965, pelo Mons. Aleksandar Tokić, arcebispo de Bar, em Montenegro , e foi um padre numa paróquia albanesa no Bronx, em Nova Iorque.

Em 1º de julho de 1986 o cardeal John Joseph O'Connor , arcebispo de Nova Iorque, nomeou-o "Chefe da Igreja Católica albanesa". Mirdita foi nomeado arcebispo da Tirana-Durrës em 25 de dezembro de 1992, e consagrado pelo Papa João Paulo II em pessoa, durante sua visita pastoral à Albânia em 25 de abril de 1993, depois de a arquidiocese ficar em sede vacante por mais de quarenta anos. Com ele, o Papa consagrou outros três bispos: Zef Simoni, Frano Illia e Robert Ashta. Desta forma, a hierarquia católica foi restabelecida neste país, após muitos anos de perseguição comunista.

Ele é o presidente da Conferência Episcopal da Albânia (em albanês: Konferenca Ipeshkvnore e Shqipërisë), bem como o diretor da Caritas Albanesa.

Por sua iniciativa, foi construída a Catedral de São Paulo em Tirana[1]. A arquitetura triangular do edifício, de acordo com o projeto do arcebispo, simboliza a coexistência do islamismo, catolicismo e da Igreja Ortodoxa na Albânia. A primeira missa na nova catedral foi celebrada em 27 de janeiro de 2002 pelo então Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Angelo Sodano.

No dia de Natal de 1999, o Mons. Mirdita conheceu o arcebispo ortodoxo Anastasios da Albânia[2].

Em 21 de setembro de 2014 acolheu papa Francisco na Albânia, durante sua quarta viagem apostólica.

Em 5 de dezembro de 2015 sofreu um derrame cerebral e foi enternado no hospital de Tirana. Faleceu dois dias depois, em 7 de dezembro, com 76 anos.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]