SS-Begleitkommando des Führers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SS-Begleitkommando des Führers; Führerbegleitkommando
País  Alemanha Nazi
Corporação Flag of the Schutzstaffel.svg Schutzstaffel
Missão Guarda-costas
Criação 1932
Extinção 1945

A SS-Begleitkommando des Führers foi uma divisão de segurança da Schutzstaffel, que continha soldados cujo papel era proteger a vida de Adolf Hitler durante o regime nazista na Alemanha.[1] Foi formada em 29 de Fevereiro de 1932, com a união de Franz Schädle, Bruno Gesche, Erich Kempka, August Körber, Adolf Dirr, Kurt Gildisch, Willy Herzberger, e Bodo Gelzenleuchter.[2] Todos foram previamente aprovados por Hitler. Foi trocada pela Reichssicherheitsdienst em 1934.[3]

Referências

  1. Felton, Mark (2014). Guarding Hitler: The Secret World of the Führer (London: Pen and Sword Military). ISBN 978-1-78159-305-9. 
  2. Hoffmann 2000, p. 48.
  3. Hoffmann 2000, p. 36.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]