Sicherheitsdienst

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oficiais da SD na Polônia em 1941.

Sicherheitsdienst (Serviço de Segurança em português) por extenso ''Sicherheitsdienst des Reichsführers-SS'', melhor conhecida por SD era o setor primário do serviço de inteligência da Schutzstaffel (SS) e do NSDAP. De 1933 até 1939 era administrada pela SS e no começo da Segunda Guerra Mundial passou a ser comandada pelo RSHA - (Reichssicherheitshauptamt, em português Gabinete Central de Segurança do Reich).[1]

Seus membros eram identificados por um losango negro com a sigla "SD" na manga esquerda do uniforme. Todo oficial do Sicherheitsdienst tornava-se automaticamente oficial da polícia. Uma de suas subdivisões era a Gestapo - por se tratar de uma organização secreta, esta não possuía uma insígnia especial, embora seus membros pudessem ocultar-se em uniformes de outras corporações.

Até 1942, o posto de chefe do SD foi ocupado por Reinhard Heydrich; com a morte deste, passou para as mãos de Ernst Kaltenbrunner, que exerceu este cargo até o final da guerra. Foi sentenciado à morte pela forca no Julgamento de Nuremberg, em 1946.

Referências

  1. «The SD (Sicherheitsdienst)». www.jewishvirtuallibrary.org. Consultado em 29 de outubro de 2019 

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.