Sady Baby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sady Baby
Nascimento 30 de março de 1954 (63 anos)
Cidade natal Erechim,  Rio Grande do Sul
Nome de nascimento Sady Plauth
Signo Aries
Nacionalidade brasileiro
Tatuagem Não
Piercing Não
Olhos Castanhos
Cabelo Loiro
Cor de pele Branca
Orientação sexual Heterosexual
Etnia Caucasiano
Ocupação Ator, Ator pornográfico, Produtor, Diretor e Roteirista
Nomes artísticos Sady Baby
Ano de estreia 1983
N.º de filmes 28[1]
Sady Baby no IMDb (em inglês)
Sady Baby no IAFD (em inglês)

Sady Baby, nome artístico de Sady Plauth (Erechim, 30 de março de 1954) é um ator, produtor, diretor e roteirista brasileiro.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Possui em seu currículo 28 produções do gênero, boa parte delas produzida no final da era da pornochanchada.[3]

Em novembro de 2005 chamou a atenção da mídia[4] quando a paternidade de uma moça de 17 anos foi questionada entre ele e o cantor Ademir Rodrigues (mais conhecido como Ovelha), também popular no final da década de 1980. Desde então, Sady fazia aparições pontuais na mídia, em possível tentativa de autopromoção.

Voltou a filmar em 2008, depois de quase 20 anos longe das câmeras, tendo terminado dois filmes: "Tesão dos Crentes" e o polêmico "A Filha do Diretor", onde uma das atrizes era sua filha. Os filmes foram apreendidos pela Polícia Federal porque supostamente algumas atrizes eram menores de idade.

Foi encontrado e preso em 25 de fevereiro de 2013, em uma barreira da Polícia Rodoviária Federal na BR-116, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. O ator e diretor portava documentos falsos em nome de um morador do Paraná. Sady Baby e Patrícia, sua namorada, teriam aberto contas em bancos da região para receber os talões e cartões. Os cheques eram usados em restaurantes, hotéis, mercados e lojas, entre outros. A suspeita é de que o casal aplicou golpe em vários estabelecimentos nos últimos meses. Foi preso por estelionato.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - Tesão dos Crentes
  • 2008 - A Filha do Diretor
  • 1992 - Ônibus da Suruba 2[6]
  • 1991 - Alucinações de um Gozador
  • 1990 - Ônibus da Suruba
  • 1989 - Cresce na Boca
  • 1988 - Rolaentrando
  • 1988 - Engolindo a Cobra
  • 1988 - Soltando a Franga
  • 1986 - A Bicharada
  • 1986 - Emoções Sexuais de um Jegue
  • 1986 - Emoções Sexuais de um Cavalo
  • 1986 - A Mulher do Touro
  • 1986 - Máfia Sexual
  • 1986 - Vive Duro
  • 1986 - O Jeito é Jegue
  • 1986 - Meus Homens meu Cavalo
  • 1986 - O Cavalo e a Potranca
  • 1986 - Meninas Virgens e P…
  • 1986 - No Calor do Buraco
  • 1986 - O Come Tudo
  • 1985 - Troca de Óleo
  • 1985 - De C… pra Cima
  • 1985 - As Mil e Uma Maneiras de Sexo Explícito
  • 1985 - Caiu de Boca
  • 1985 - A Praia da Sacanagem
  • 1984 - Paraíso da Sacanagem
  • 1984 - Escândalo na Sociedade

Referências

  1. IAFD, http://www.iafd.com/person.rme/perfid=sadybaby/gender=m/sady-baby.htm acessado em 30/01/2017
  2. «Dados». Interfilmes.com 
  3. «Meu cinema brasileiro». Meucinemabrasileiro.com.br 
  4. «Jornal da Orla». Jornaldaorla.com.br 
  5. «Ator e diretor pornô Sady Baby é preso por estelionato em Caxias do Sul». Pioneiro.com.br. 25 de fevereiro de 2013 
  6. «Necrofilmes». Necrofilmes.zip.net 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sady Baby
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator de filmes pornográficos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.