Saheb Sarbib

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saheb Sarbib
Informação geral
Nome completo Jean Henri Sarbib
Nascimento 1944 (73 anos)
Local de nascimento
 Portugal
Gênero(s) Free jazz
Jazz fusion
Ocupação(ões) Contrabaixista
Instrumento(s) Contrabaixo
Outras ocupações lider de banda, compositor, sideman


Saheb Sarbib (nascimento 1944) Contrabaixista e bandleader de jazz americano, nascido em Portugal de origem francesa/argelina. Sarbib toca também outros instrumentos, nomeadamente piano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Saheb Sarbib, com nome de batismo Jean Henri Sarbib, é um luso-francês e cresceu em Portugal. O seu pai foi Roger Sarbib um respeitado pianista francês e inovador do estilo Big Band em Portugal nos anos 40 e 50, também pianista de icones da canção francesa como Edith Piaf, Charles Trenet ou Maurice Chevalier. É irmão do pianista de jazz português André Sarbib.

Em 1968 Sarbib faz parte, ainda que por pouco tempo, do Quinteto Académico, e mais tarde do Trio Barroco, com Pedro Osório e Luís Villas-Boas

Entre 1973 e até cerca de 1977, Sarbib liderou os seus próprios grupos em França; Daunik Lazro, François Jeanneau, Muhammad Ali, e Mino Cinélu estão entre os que tocaram com ele como sideman. Na Europa aproximou-se de Cecil Taylor e actuou com Cecil e com Archie Shepp. Entre 1977 e 78 mudou-se para Nova York, onde liderou pequenos grupos, que se movimentaram na cena avant-gard post-jazz, com excelente aceitação pela critica.[1]

Em Nova York lidera também uma original Big Band chamada "Multinacional Big Band", incluindo sidemen como Roy Campbell, Jack Walrath, Art Baron, Talib Kibwe, Joe Ford, Jemeel Moondoc, Richard Baratta, Paul Nebenzahl, Mark Whitecage, Dave Hofstra, Booker T., Joe Lovano, Paul Motian, Rashied Ali, e Kirk Lightsey. [2] [3]

Situando-se como um dos mais originais compositores e arranjadores da geração "post-jazz", a sua musica para big band inclui o "Concerto for Rahsaan", de 34 minutos, estreado ao vivo no Public Theater (outubro de 1980), e a suite de quatro movimento "Aisha, off Aisha" (Agosto de 1981). [4]

Saheb também tocou contrabaixo para o saxofonista Archie Shepp incluindo o seu album de 1984 "Down Home New York" juntamente com Charles McGhee no trompete, Kenny Werner no piano, e Marvin "Smitty" Smith na bateria.[2]

Colaborou com o grupo de improvisação avant-garde português Telectu de Jorge Lima Barreto, tocando várias vezes com o duo, incluindo na primeira edição do Festival de Jazz de Lisboa. Em 1077 foi gravado o album "Encounters", e em 1989 o grupo gravou "Encounters II / Labirintho 7.8", o qual foi registado em Nova York e, mais tarde, completado em 1990 no Porto.

O album Aisha aparece incluido em algumas listas dos melhores albuns de jazz e de jazz avant-garde e free jazz. [4]

Sarbib retirou-se da musica em finais dos anos 80 (ou inicio de 90). Actualmente é negociante de arte e antiguidades, marido e pai, no norte do estado de Nova york.[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Como Lider[editar | editar código-fonte]

Como sideman[editar | editar código-fonte]

With Jorge Lima Barreto

With Archie Shepp

Referências