Santiago (documentário)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santiago (documentário)
2007 •  
Idioma português

Santiago é um filme documentário brasileiro de 2007, dirigido por João Moreira Salles.

O filme começou a ser feito em 1992 e as imagens permaneceram intocadas por mais de 13 anos, quando em 2005 o diretor voltou a elas.[1][2]

Em novembro de 2015 o filme entrou na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Santiago foi um mordomo que trabalhou durante 30 anos[4] para a família do diretor João Moreira Salles.

Principais prêmios[5][editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio Cinema Brasil 2008

  • Venceu nas categorias de melhor documentário e melhor edição de documentário (Eduardo Escorel e Lívia Serpa).
  • Indicado nas categorias de melhor fotografia (Walter Carvalho), melhor diretor e melhor som (Jorge Saldanha, Aloisio Compasso e Denilson Campos).

Festival de Cinema Real de Paris 2007

  • Ganhou o grande prêmio do festival[6]

Festival de Miami 2008

  • Venceu na categoria de melhor documentário.

Festival de Cinema Latinoamericano de Lima 2007

  • Primeiro lugar em melhor documentário.

Prêmio Contigo de Cinema Nacional 2008

  • Indicado nas categorias de melhor documentário e melhor diretor de documentário.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.