Serena van der Woodsen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Serena van der Woodsen
Personagem fictícia de Gossip Girl
Serenavanderwoodsen.jpg
Blake Lively como Serena Van Der Woodsen
Nome completo Serena Celia van der Woodsen
Nascimento 14 de julho de 1991
Origem  Estados Unidos
Sexo Feminino
Ocupação Livros:
Modelo
Estudante do ensino médio
Socialite
Televisão:
Socialite
Modelo (anteriormente)
Publicista
Estudante do ensino médio (na Constance Billard; graduada)
Estudante de faculdade (na Columbia)
Família William van der Woodsen (pai)
Lillian "Lily" van der Woodsen (mãe)
Eric van der Woodsen (irmão)
Televisão:
Dan Humphrey (marido)
Bartholomew "Bart" Bass (ex-padrasto; falecido)
Rufus Humphrey (ex-padrasto/sogro)
Scott Rosson (meio-irmão materno)
Charles "Chuck" Bass (ex-irmão adotivo/irmão adotivo)
Jenny Humphrey (ex-meia-irmã/cunhada)
Henry Bass (sobrinho, por Chuck e Blair)
Rick e Celia "CeCe" Rhodes (avós maternos)
Charlotte Rhodes (prima materna e meia irmã)
Carol Rhodes (tia materna)
Amigo(s) Blair Waldorf (melhor amiga)
Criado por Personagem:
Cecily von Ziegesar
Desenvolvido para televisão:
Josh Schwartz
Stephanie Savage
Primeira aparição Livros:
Gossip Girl
Televisão:
"Pilot"
Última aparição Livros:
I Will Always Love You
Televisão:
"New York, I Love You XOXO"
Interpretado por Blake Lively

Serena Celia Van Der Woodsen é a personagem principal da série de livros Gossip Girl e a protagonista na sua adaptação televisiva, na qual é interpretada por Blake Lively. Serena é destaque no blog do misterioso narrador da série, "Gossip Girl". Serena é a melhor amiga de Blair Waldorf e é uma personagem que parece conseguir facilmente o que quer por causa de sua boa aparência, energia e carisma. Ela também é conhecida como "It Girl" na série.

Série literária[editar | editar código-fonte]

Serena é uma adolescente alta, loira, magra e atraente do Upper East Side de Manhattan, em Nova York. Muitas das meninas da escola Constance Billard a acusam de usar sua boa aparência como um meio de garantir tudo o que ela quer. Ela não é particularmente qualificada academicamente, mas muitas vezes ela é informada de que não está atingindo todo o seu potencial. Seu pai administra a mesma empresa de navegação holandesa que seu tataravô fundou no século 18, e sua mãe, Lillian van der Woodsen, é uma socialite, colecionadora de arte e filantropa. Seus pais estão nos conselhos de todas as principais instituições de caridade e organizações de arte da cidade. O van der Woodsens reside na 994 Quinta Avenida, um porteiro elegante de luvas brancas do outro lado da rua do The Met e do Central Park. Serena e sua família possuem metade do último andar em uma cobertura de 14 quartos.

Serena tem um hábito de roer as unhas e também corta suas pontas duplas, principalmente durante suas aulas na Constance Billard. Embora exposta e ciente dos acontecimentos no mundo da moda, ela, ao contrário de Blair, não é tão meticulosa sobre suas escolhas de moda e figurino. Ela é descrita para ter um jeito sem esforço sobre ela. Serena é carismática, charmosa, talentosa, engraçada, gentil, despreocupada e descontraída. Esses atributos ajudam-na a prosperar e, muitas vezes, de boa vontade ou não, atraem homens mais velhos.

Apesar de todos os seus atributos, Janet Malcolm, da The New Yorker, a considera "incandescente e excepcionalmente gentil e, no final, deve ser dito, um tanto aborrecido".[1]

Série de televisão[editar | editar código-fonte]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

People comparou a personagem com a criação original de Josh Schwartz, Marissa Cooper, afirmando que Serena "parece ter tudo, mas além de uma reputação de garota festeira, segredos de família escuros e um desrespeito pela alta sociedade, Serena supera a mal-humorada Cooper com uma história de traição da melhor amiga."[2] Jason Gay, da revista Rolling Stone, descreve Serena como "a garota má que foi boa e que serve como uma bússola moral instável de Gossip Girl". Ele acrescentou elogios ao descrever seu relacionamento tenso com Blair, afirmando: Ele acrescentou elogios ao descrever seu relacionamento tenso com Blair, afirmando: "Serena é uma ex-abelha que desapareceu misteriosamente do campus, apenas para voltar e encontrar sua ex-melhor amiga rancorosa, Blair, no comando."[3] Com relação à direção de sua personagem no programa, a atriz Blake Lively comentou sobre as aventuras de sua personagem durante uma entrevista com a revista Nylon dizendo: "Eu me sinto ridícula às vezes com ela, porque eu sou, você sabe, matar alguém e casar com alguém, mas eu pareço comigo. Eu fico tipo 'Oh, isso é um absurdo'."[4][5] A revista Vogue considera que a criação de Lively é vantajosa para seu passado de personagem e a considera "deslumbrante, mundana e otimista". Sua mãe, uma ex-modelo da Geórgia, vestia-a de maneira diferente e suas diferentes escolhas de moda atraíram a atenção de seus colegas da escola particular L.A. na qual ela se matriculou. "Era a única escola em que as pessoas eram simplesmente más para mim", declarou Lively. "Eles tiravam sarro das minhas roupas porque eu me vestia de maneira diferente das outras crianças."[6]

Primeira temporada[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada apresenta Serena como a filha bonita e rica de pais divorciados que retorna do internato. Seu retorno desperta sua antiga rivalidade com sua melhor amiga, Blair. O retorno de Serena é devido a seu irmão mais novo, Eric van der Woodsen, que tentou um suicídio. Ela é considerada não bem-vinda, principalmente por sua antiga melhor amiga Blair, que sempre viu Serena como uma ameaça ao seu reinado como a Rainha Bee de Constance. Depois de Serena conseguir se reconciliar com ela, Chuck Bass revela a Serena que ele sabe a causa de sua saída repentina antes da primeira temporada - tirando a virgindade de Nate Archibald (namorado de Blair) durante um casamento,[7] e ele tenta beijá-la. Serena consegue escapar e encontra Dan, um estudante da St. Jude do Brooklyn, que muitas vezes expressa cinismo sobre o estilo de vida que seus colegas mais ricos levam. Nate finalmente revela seu encontro com Serena para Blair, e Serena é condenada ao ostracismo nos primeiros episódios do programa.[8] Blair e Serena consistentemente lutam e se reconciliam durante os episódios subsequentes do programa, muitas vezes lidando com a tendência de Serena ofuscar Blair.[9] Serena e Blair se reconciliam depois de um confronto sincero que levou Serena a admitir seu erro com Nate e deixar Blair em seu tempo de necessidade.[10]

Serena encontra uma miríade de problemas enquanto sua mãe se envolve com Bart Bass,[11] que força sua família a se adaptar a viver com Chuck, então descobre o relacionamento de sua mãe com o pai de Dan, Rufus Humphrey, e as complicações de se envolver em um relacionamento com Dan que é reprovado por sua mãe e seus colegas. Seu relacionamento com Dan também se complica com a chegada de Georgina Sparks, uma amiga de longa data que lentamente revela aos telespectadores a verdadeira razão pela qual Serena deixou Manhattan. Georgina leva-a a cometer os mesmos erros que ela fez antes de sair de Manhattan, desde festas a beber demais, fazendo com que Serena sentisse falta dos SATs.[12] Serena confronta Georgina, apenas para atrair sua raiva, levando Georgina a destruir seu relacionamento com Dan e chantageá-la com o conhecimento de um evento particular no passado: que ela acidentalmente matou um homem.[13][14] A constante mentira de Serena para impedir Dan de descobrir seu passado acaba por prejudicar seu relacionamento e Dan termina com ela.

Blair eventualmente retalia contra Georgina com a ajuda de Chuck e Nate e a intervenção de Vanessa, conduzindo Georgina para fora de Manhattan.[15] Serena finalmente conta a verdade a Dan, apenas para descobrir durante o casamento de Lily, que ele quer terminar o relacionamento deles. Serena tenta seguir em frente durante todo o verão.

Referências

  1. Malcolm, Janet. «The Wicked Joy of the Gossip Girl Novels». The New Yorker. Arquivado do original em 5 de março de 2008 
  2. DeSimone, Andrea (9 de outubro de 2007). «Gossip Girl: The New O.C.». People 
  3. Gay, Jason (2 de abril de 2009). «Dirty Pretty Things». Rolling Stone. Consultado em 25 de outubro de 2017 
  4. Vena, Jocelyn (17 de novembro de 2009). «Blake Lively Says Playing Serena On 'Gossip Girl' Can Be 'Absurd'». MTV 
  5. «Blake Lively Wants to Kill Serena Van Der Woodsen». New York Magazine. 12 de julho de 2010 
  6. «Blake Lively: East Side Story». Vogue. Fevereiro de 2009. Consultado em 25 de outubro de 2017. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2011 
  7. Stack, Tim (17 de maio de 2010). «Gossip Girl». Entertainment Weekly 
  8. «Gossip Girl: "The Wild Bunch"». Zap2it. Consultado em 25 de agosto de 2009. Arquivado do original em 5 de abril de 2012 
  9. «'Gossip Girl' Embraces Friendships, Reality». New York. Consultado em 11 de outubro de 2007 
  10. «'Gossip Girl': There Are Only Eight Colleges in America». New York. Consultado em 4 de outubro de 2007 
  11. «A Very 'Gossip Girl' Christmas». New York. Consultado em 20 de dezembro de 2007 
  12. «Gossip Girl: "Desperately Seeking Serena"». TV Guide. Consultado em 25 de agosto de 2009 
  13. «Gossip Girl: "Woman on the Verge Episode Recap"». TV.com. Consultado em 16 de junho de 2010 
  14. «Gossip Girl: "All About My Brother"». TV Guide. Consultado em 25 de agosto de 2009 
  15. «Gossip Girl: "Much I Do About Nothing"». TV Guide. Consultado em 25 de agosto de 2009