Seringueiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Seringueiras
Bandeira de Seringueiras
Brasão de Seringueiras
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 13 de fevereiro de 1992
Fundação 13 de fevereiro de 1992 (27 anos)
Gentílico seringueinense
Lema Agora é a vez do povo
Prefeito(a) Leonilde Garda (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Seringueiras
Localização de Seringueiras em Rondônia
Seringueiras está localizado em: Brasil
Seringueiras
Localização de Seringueiras no Brasil
11° 47' 53" S 63° 01' 52" O11° 47' 53" S 63° 01' 52" O
Unidade federativa Rondônia
Mesorregião Leste Rondoniense IBGE/2008[1]
Microrregião Alvorada D'Oeste IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes São Miguel do Guaporé, Costa Marques e São Francisco do Guaporé
Distância até a capital 527 km
Características geográficas
Área 2 251,266 km² [2]
População 11 649 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 5,17 hab./km²
Clima Equatorial Am
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,687 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 120 391,463 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 959,58 IBGE/2008[5]

Seringueiras é um município brasileiro do estado de Rondônia.

História[editar | editar código-fonte]

Surgiu como núcleo urbano de apoio rural do Projeto de Colonização Bom Princípio, com o nome idêntico ao projeto.

O projeto de emancipação tramitou na Assembleia Legislativa do estado de Rondônia com o nome de Bom Princípio de Rondônia, porque o deputado Reditário Cassol, autor do projeto, fora avisado pelo delegado do IBGE em Rondônia, Gerino Alves, que já existia município no Rio Grande do Sul com o nome escolhido.

Quando o projeto de emancipação foi escolhido para fazer do item XIV, do parágrafo único, do artigo 42 das Disposições Transitórias da Nova Constituição Estadual de 1989, o relator da Constituinte, deputado Amizael Silva, era de opinião que as expressões d'Oeste e de Rondônia deveriam ser excluídas dos futuros topônimos. Por sugestão de Gerino Alves , Delegado do IBGE em Rondônia, o deputado Amizael Silva escolheu o nome de Seringueiras, por ser a Bacia Hidrográfica do Rio São Miguel grande produtora de borracha, produto da seringueira (Hevea brasiliensis), árvore da família das Euforbiáceas.

Com o nome de Seringueiras o município foi criado pela Lei nº 370, de 13 de fevereiro de 1992, assinada pelo governador Oswaldo Piana Filho, com áreas desmembradas dos municípios de São Miguel do Guaporé e Costa Marques.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 11º47'53" sul e a uma longitude 63º01'52" oeste, estando a uma altitude de 187 metros. Sua população estimada em 2010 era de 11.649 habitantes.

Possui uma área de 3.660,65 km².

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE; IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Rondônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.