Serviço Social do Comércio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sesc)
Ir para: navegação, pesquisa
Praça dentro do SESC Caldas Novas.
Inscrição na entrada do SESC Araxá.

O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma instituição brasileira privada, mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo, com atuação em todo âmbito nacional, voltada prioritariamente para o bem-estar social dos seus empregados e familiares, mas aberto à comunidade em geral. Atua nas áreas da Educação, Saúde, Lazer, Cultura e Assistência.

Foi criado em 1946, no dia 13 de setembro, pelo Decreto-Lei n° 9.853, em que o Presidente Eurico Gaspar Dutra autoriza a Confederação Nacional do Comércio a criar o Serviço Social do Comércio - SESC.[1]

A sede do Departamento Nacional do Sesc está localizada na cidade do Rio de Janeiro, em Jacarepaguá.

História[editar | editar código-fonte]

A história cronológica do Sesc:

  • 1946: Criado em , no dia 13 de setembro, pelo Decreto-Lei n° 9.853
  • 1946, Inaugurada no dia 3 de Outubro a primeira unidade do Sesc no bairro Engenho de Dentro no Rio de Janeiro, destinado a assistência à maternidade, infância e combate à tuberculose.
  • 1947: Inauguração da unidade especial de odontologia, na rua Florêncio de Abreu, e início das atividades da instituição.
  • 1967: Inauguração do primeiro bloco do Sesc Consolação, que é o pioneiro dos Centros de Cultura e Lazer; o segundo e o terceiro blocos foram inaugurados em 28 de abril de 1970. A partir de 1982, a unidade passou a sediar o CPT ou (Centro de Pesquisa Teatral), ligado às propostas estéticas de Antunes Filho
  • 1975: Inauguração do Sesc Interlagos, em São Paulo-SP - (em 30 de outubro de 1975)
  • Nos vários anos seguintes (entre 1970 e 1980), foram inauguradas várias unidades pelo interior paulista, tais como; Campinas, Piracicaba e São Carlos, Ribeirão Preto entre outras.
  • 1982: Inauguração do Sesc Pompeia, São Paulo-SP - (em 20 de janeiro de 1982), com projeto de Lina Bo Bardi se tornaria um marco na arquitetura da cidade.
  • 1983 a 2003: Inauguração das várias unidades do interior paulista, já dentro dos propósitos de Centro de Cultura e Lazer
  • 1996: Inauguração do Sesc São Carlos, em São Carlos-SP - (em junho de 1996)
  • 2004: Inauguração do Sesc Pinheiros, em São Paulo-SP - (em 18 de setembro de 2004), junto com ianuguração das transformações no entorno do largo da Batata.
  • 2005: Inauguração do Sesc Santana, São Paulo-SP - (em 22 de outubro de 2005)
  • 2010: Inauguração do Sesc Belenzinho, em São Paulo-SP - (em 4 de dezembro de 2010)
  • 2011: Inauguração do Sesc Palladium, em Belo Horizonte-MG - (em 3 de agosto de 2011)
  • 2011: Inauguração do Sesc Bom Retiro, em São Paulo-SP - (em 27 de agosto de 2011)
  • Até 2015, dois projetos devem sair do papel em São Paulo:
    • SESC Guarulhos - Projeto de Renato e Lilian Dal Pian foi o primeiro a ser escolhido nos moldes dos concursos públicos
    • SESC 24 de Maio - O antigo prédio da Mesbla ganhou projeto de Paulo Mendes da Rocha.
Campos de Ação

A ação programática do Sesc concentra-se em cinco campos de atuação: educação, saúde, cultura, lazer e assistência, com oferta de serviços de educação, alimentação, odontologia, educação em saúde, assistência médica, biblioteca, apresentações e desenvolvimento artísticos e culturais, esportes, recreações, turismo social, trabalho com grupos, ações comunitárias e financiamento de serviços.

Unidades[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Sesc Belenzinho[editar | editar código-fonte]

Fundado inicialmente no ano de 1998, foi fechado no ano de 2006 para reformas e reaberto em dezembro de 2010.[2]

Sesc Bertioga[editar | editar código-fonte]

O único Sesc do estado de São Paulo que é uma colônia de férias, ou seja, o único que trabalha na área de hotelaria. Também é o único do estado que não é aberto para visitação, então, para o acesso só há duas maneiras: hospedando-se ou comprando um ingresso para passar o dia. O Sesc Bertioga também disponibiliza vários cursos e programas educacionais gratuitos, além de ter vários projetos como shows e teatros para o público.

Sesc Pompeia[editar | editar código-fonte]

Prédios antigos do Sesc Pompeia - São Paulo.
Ver artigo principal: SESC Pompéia

O Sesc Pompeia reúne teatros, quadras esportivas, piscina, lanchonete, restaurante, espaços de exposições, choperia, oficinas e internet livre, entre outros serviços. Seu projeto arquitetônico foi desenvolvido pela arquiteta Lina Bo Bardi em 1977.

Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

SESC de Juiz de Fora.

O Serviço Social do Comércio de Minas Gerais (Sesc/MG), fundado em 1948, possui 44 unidades fixas e 16 unidades volantes de trabalho.

Sesc Laces JK[editar | editar código-fonte]

O Sesc Laces JK, localizado na rua dos Caetés, esquina com rua São Paulo, no antigo prédio do Banco Comércio e Indústria, ora tombado pelo patrimônio histórico.

Sesc Palladium[editar | editar código-fonte]

O Sesc Palladium, inaugurado em agosto de 2011, é um complexo de espaços culturais que inclui dois teatros, cinema, galeria de arte, três espaços multiuso e um acervo. Está situado na sede do antigo cinema Palladium, na Avenida Augusto de Lima. Em 1999, após o fechamento daquele cinema, o Sesc adquiriu o imóvel com o objetivo de transformá-lo em um centro cultural. Em 2011, o Sesc Palladium abriu suas portas.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]