So Dear to My Heart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
So Dear to My Heart
No Brasil Meu Querido Carneirinho[1]
 Estados Unidos
1948 •  Technicolor •  79 min 
Direção Harold D. Schuster
Produção Walt Disney
Perce Pearce
Elenco Bob Driscoll
Luana Patten
Burl Ives
Beulah Bondi
Gênero filme de drama
filme de animação
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Productions
Distribuição RKO Radio Pictures
Idioma inglês
A carreira de Bobby Driscoll (aqui em foto de 1950) não chegou a sua adolescência. Sem chances em Hollywood, envolveu-se com drogas e foi preso várias vezes. Em 1968, foi encontrado morto em um prédio abandonado de Nova Iorque. Enterrado como indigente, seu corpo foi identificado somente um ano depois.[2]

So Dear to My Heart (Brasil: Meu Querido Carneirinho) é um filme estadunidense de 1948, do gênero drama familiar, dirigido por Harold D. Schuster e estrelado por Bobby Driscoll e Luana Patten.

A produção[editar | editar código-fonte]

Produzido pelos Estúdios Disney, o filme tem alguns pontos de contato com Song of the South: além de dividirem nomes do elenco, ambos são ambientados em paisagens rurais e misturam cenas com seres humanos e outras com cartoons.[3] So Dear to My Heart, entretanto, é o primeiro filme da Disney em que predomina a live action, isto é, cenas com seres de carne e osso, sejam elas humanas ou não.[4] A animação está restrita às sequências, adicionadas mais tarde, com o álbum de recordações do protagonista. Além disso, o filme não tem a pecha de racista que pesa sobre Song of the South.[3]

Situado em 1903, em uma fazenda de Indiana, o filme tem muito do encanto nostálgico proporcionado pelos anseios e peraltices próprios da infância.

A canção Lavender Blue, de Larry Morey e Eliot Daniel, foi indicada ao Oscar e tornou-se um grande sucesso popular, na voz de Burl Ives.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ovelha tem dois filhotes, um branco e um negro, que ela rejeita. Então, o pequeno órfão Jeremiah resolve criar a rejeitada, mas tem de enfrentar a feroz resistência da vovó. O conflito acaba por envolver todos os vizinhos, entre eles o aliado Tio Hiram, a amiga Tildy e um filósofo rural. Depois de muitas idas e vindas, Jeremiah leva o bichinho para uma competição nacional. Não consegue o grande prêmio, mas ganha algo muito mais valioso.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhor Canção Original Indicado[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Bobby Driscoll Jeremiah Kincaid
Luana Patten Tildy
Burl Ives Tio Hiram Douglas
Beulah Bondi Vovó Kincaid
Harry Carey Chefe dos juízes na Feira
Raymond Bond Pete Grundy
Walter Soderling Vovô Meeker
Matt Willis Senhor Burns
Spelman B. Collins Juiz
Bob Haymes Bob Haymes

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b «Meu Querido Carneirinho». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 12 de novembro de 2018 
  2. KATZ, Ephraim, The Film Encyclopedia, sexta edição, Nova Iorque: HarperCollins, 2008 (em inglês)
  3. a b BUTLER, Craig. «So Dear to My Heart». AllMovie. Consultado em 6 de novembro de 2012 
  4. JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.