Sodrélia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sodrélia
  Distrito do Brasil  
Estado  São Paulo
Município Santa Cruz do Rio Pardo
Criado em 1929
População (2010)
 - Total 200
Capela de Sodrélia

Sodrélia é um distrito do município paulista de Santa Cruz do Rio Pardo,[1] microrregião de Ourinhos, estando a 11 km da cidade do município. Localiza-se entre os municípios de Santa Cruz do Rio Pardo (está a 11 km) e Bernardino de Campos (está a 6 km), na beira da rodovia vicinal Anísio Zacura, próximo a bairros rurais como Cebolão e Figueira.

Origem[2][editar | editar código-fonte]

Sodrélia surgiu no início do século XX, às margens da Estrada de Ferro Sorocabana, sendo ramal entre Santa Cruz do Rio Pardo e Bernardino de Campos.

O distrito recebeu esse nome em homenagem ao pai de Abreu Sodré, chamado Francisco Sodré, que foi o segundo prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo e o responsável pela chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Sorocabana.

História [3][editar | editar código-fonte]

No dia 6 de abril de 1908, foi aberto na Estrada de Ferro Sorocabana um ramal entre as cidades de Santa Cruz do Rio Pardo e Bernardino de Campos, por intermédio do prefeito santacruzense Francisco Sodré e da Câmara Municipal. Ao redor dessa ramal, surgiu um pequeno bairro rural homônimo. Com o desenvolvimento da cafeicultura e a movimentação gerada pela ferrovia, esse povoado expandiu-se, sendo batizado Sodrélia no ano de 1949 e, posteriormente, elevada ao status de distrito.

No ano de 1966, houve o fim do ramal e a desativação da ferrovia. Mesmo assim, o povoado conseguiu se manter, em vista das diversas fazendas e sítios localizados em suas proximidades. No entanto, no ano de 1975, uma terrível geada assolou a região, ocasionando grandes perdas para os produtores de café locais e, consequentemente, o êxodo rural e o declínio do distrito.

Atualmente, o bairro é muito modesto e pacato, possuindo um pequena população de 200 habitantes, destacando-se o alto número de aposentados.

Geografia[editar | editar código-fonte]

População[1][editar | editar código-fonte]

Segundo o Censo do IBGE de 2010, Sodrélia possui 200 habitantes.

Coordenadas Geográficas[4][editar | editar código-fonte]

Latitude: 22°57'9"S

Longitude: 49°32'1"W

Altitude[4][editar | editar código-fonte]

A altitude de Sodrélia em relação ao nível do mar é de cerca de 623 metros.

Comunicações[editar | editar código-fonte]

O distrito era atendido pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[5], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[6], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[7] para suas operações de telefonia fixa.

Esporte[8][editar | editar código-fonte]

Em Sodrélia, há o estádio Lúcio Casanova Netto. Nele, costuma jogar a Associação Esportiva Sodreliense, possuindo duas categorias: "aspirante" e "titular", além de outros jogos de futebol a nível amador, como categorias de veteranos.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Jornal O Debate: Medo de contaminação faz população não beber água
  2. «SODRÉLIA (antiga FRANCISCO SODRÉ)». Consultado em 15 de outubro de 2015 
  3. «SODRÉLIA (antiga FRANCISCO SODRÉ)». Consultado em 6 de novembro de 2017 
  4. a b «Sodrélia (Santa Cruz do Rio Pardo)». Consultado em 15 de outubro de 2015 
  5. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  6. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  7. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 
  8. «Jornal O Debate: Cinquentenário» 
Ícone de esboço Este artigo sobre um distrito ou povoado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.