Bernardino de Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um município. Para o político, veja Bernardino José de Campos Júnior.
Município de Bernardino de Campos
Secretarias municipais

Secretarias municipais
Bandeira de Bernardino de Campos
Brasão de Bernardino de Campos
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 9 de outubro
Fundação 9 de outubro de 1923 (95 anos)
Gentílico bernardinense
Prefeito(a) Odilon Rodrigues Martins (PPS)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Bernardino de Campos
Localização de Bernardino de Campos em São Paulo
Bernardino de Campos está localizado em: Brasil
Bernardino de Campos
Localização de Bernardino de Campos no Brasil
23° 00' 46" S 49° 28' 26" O23° 00' 46" S 49° 28' 26" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião Assis IBGE/2008[1]
Microrregião Ourinhos IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu, Manduri, Óleo e Piraju
Distância até a capital 345 km
Características geográficas
Área 244,018 km² [2]
População 11 146 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 45,68 hab./km²
Altitude 695 m
Clima subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,779 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 116 756,554 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 830,85 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.bernardinodecampos.sp.gov.br

Bernardino de Campos é um município brasileiro do estado de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

Passou a município em 9 de outubro de 1923, pela Lei Estadual de n° 1929, e a instalação foi em 22 de dezembro do mesmo ano.

Em 1886 era um pequeno povoado denominado Douradão, depois chamado de Figueira e posteriormente de distrito da Paz e finalmente de Bernardino de Campos em homenagem ao presidente do estado de São Paulo na época. Com a chegada da Estrada de Ferro Sorocabana em 1907, aos poucos foi desenvolvendo sua economia, mas somente em 1923 tornou-se município. Tem como base da economia a agricultura e acompanhando as crises mundiais, grandes mudanças aconteceram. Na década de 1960, eram cultivados o café e o algodão. Com a crise do café em 1929, grande parte da área cultivada tornou-se pastagens e canaviais, e hoje acompanhando a demanda local e regional, o agronegócio resumiu-se em gado de leite, gado de corte, cana-de-açúcar, milho e soja.

Hino[editar | editar código-fonte]

O hino municipal, com letra de autoria do professor Jamil Pedro Sawaya e música de Antenor Ferreira de Godoy, foi aprovado pela Câmara Municipal de vereadores pelo projeto de lei discutido em 7 de dezembro de 1970[carece de fontes?].

Administração[editar | editar código-fonte]

Prefeito (2017)-(2020)

Odilon Rodrigues Martins (PPS)

Vice Prefeito (2017)-(2020)

Wilson José Garcia (PEN)

Presidente da Câmara (2017)-(2018)

Rodrigo José Hilário Domiciano (PSDB)

Escola no centro.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 23º00'47" sul e a uma longitude 49º28'27" oeste, estando a uma altitude de 695 metros. Bernardino de Campos também conhecida como a Pérola do Planalto é um município com 11.146 habitantes, localizado no interior do estado de São Paulo, a 345 km da capital e ladeado pelos Rio Paranapanema e Rio Pardo.

As divisas do município de Bernardino de Campos são:

  • Ao norte: município de Santa Cruz do Rio Pardo, por intermédio do Rio Pardo;
  • Ao sul: município de Piraju, através do Rio Paranapanema;
  • À leste: municípios de Óleo e Piraju;
  • À oeste: municípios de Ipaussu e Santa Cruz do Rio Pardo.

O município está localizado na Média Sorocabana, Sudoeste do Estado de São Paulo, extremo-sul da Região Sudeste do Brasil.

Demografia - censo de 2000[editar | editar código-fonte]

População Total: 10.720

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

  • Empresa Auto Ônibus Manoel Rodrigues
  • Empresa Auto Ônibus Rápido Rio Pardo
  • Empresa Auto Ônibus Princesa do Norte

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Frota[6][editar | editar código-fonte]

  • Automóveis: 3.603
  • Caminhões: 338
  • Caminhões-trator: 41
  • Caminhonetes: 688
  • Caminhonetas: 162
  • Micro-ônibus: 37
  • Motocicletas: 745
  • Motonetas: 133
  • Ônibus: 38
  • Tratores: 0
  • Utilitários: 22

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2014». Censo Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 2 de fevereiro de 2015. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  6. «Bernardino de Campos: Frota Municipal de Veículos». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 30 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]