Subway Surfers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Subway Surfers
Subway Surfers
Logo atual do jogo
Desenvolvedora(s) Kiloo Games
SYBO Games
Publicadora(s) SYBO Games
Distribuidora(s) SYBO Games
Motor Unity
Plataforma(s) iOS
Android
Windows 10 Mobile
Kindle Fire
PC
Lançamento 24 de maio de 2012 (12 anos)
Gênero(s) Corrida interminável
Modos de jogo Single-player
Sistema Versão 5.0 e posterior
CPU ARM

Subway Surfers é um jogo eletrônico de corrida interminável[1] co-desenvolvido pela Kiloo Games, uma empresa privada com sede na Dinamarca e pela Sybo Games. Lançado em 2012, o tema do jogo é "World Tour", se passando em diversas grandes cidades do mundo. Disponível para iOS, Android e Windows Phone, o jogo apresenta três personagens padrões: Jake, Tricky e Fresh (com a possibilidade de desbloquear outros personagens) que precisam se esquivar de trens para escapar do inspetor mal-humorado e seu cão.

Em março de 2018 o jogo atingiu a inédita marca de 1 bilhão de downloads no sistema Android, sendo o primeiro a atingir tal marca na citada plataforma.[2]

No final de 2019 o jogo foi eleito como o jogo para smartphones mais baixado da década.[3]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O objetivo do jogo é correr o mais longe possível em um mundo sem fim, evitando os obstáculos gerados aleatoriamente que exigem que o jogador salte (ponta do dedo para a frente), role (ponta do dedo para trás) e desvie dos trens que se aproximam de uma forma aleatória.[4] No jogo existe um variável número de personagens jogáveis de vários locais que o jogo visita em cada atualização, há também as diversas pranchas flutuantes que proporciona 30 segundos de imunidade e proteção ao personagem ao bater em um obstáculo, algumas ainda possuem melhorias como velocidade, super salto, derrapagem suave entre outros poderes.[5]

A própria comunidade de jogadores criou uma forma de jogar com uma dificuldade mais elevada. Conhecida como "no coins", o objetivo é atravessar o cenário sem coletar nenhuma moeda. O desafio ficou popular no TikTok e no Youtube.[6]

Outras versões do jogo[editar | editar código-fonte]

Versão chinesa[editar | editar código-fonte]

Proporcionado pela empresa IDreamSky a versão chinesa do Subway Surfers é basicamente o mesmo jogo do ocidental, porém com outras funcionalidades, outros eventos, cidades e personagens e pranchas exclusivos, mochilas de efeitos visuais e disputas online com outros jogadores, o Subway Surfers versão chinesa só possui atualmente o idioma em chinês, para jogar a versão chinesa é necessário baixar a jogo por meio de loja de aplicativos chinesas (como o Wandoujia e o TapTap) e para poder jogar a versão chinesa é necessário excluir a versão ocidental, pois é o mesmo jogo e não é possível atualmente manter as duas versões em um só dispositivo.

Subway Surfers Air Time[editar | editar código-fonte]

O jogo que tem um modo diferente do Subway Surfers é disponível apenas no aplicativo Snapchat, lançado pela SYBO Games o jogo Subway Surfers Air Time possui uma interface diferente do jogo normal, mas consta apenas em surfar com o personagem, coletar moedas e fazer manobras para conseguir assim uma pontuação e competir com outros usuários do Snapchat.

Train Riders[editar | editar código-fonte]

Train Riders foi um modelo beta 3D do atual modelo do Subway Surfers lançado em Maio de 2020 na atualização de aniversário de 8 anos do jogo, o beta não tinha muita diferença com o atual modelo, o jogo era o mesmo, apenas com uma nova interface, um novo visual do menu de personagens e pranchas e uma nova ferramenta o Mapa Múndi que é utilizado para mudar de cidades no jogo comprando elas, porém o Mapa Múndi não veio na atualização de aniversário de 8 anos do jogo e segue sem prévia de ser lançado na versão oficial do Subway Surfers.

Subway Surfers Tag[editar | editar código-fonte]

Subway Surfers Tag é um segundo jogo da plataforma que será lançado com os personagens principais do jogo num modelo arcade.

Subway Money[editar | editar código-fonte]

Subway Money, por vezes Subway Cash ou Subway Pay,[7] é uma variante de Subway Surfers que funciona como um jogo de apostas, onde o jogador investe uma certa quantidade de dinheiro através do Pix com a intenção de recuperá-la através da coleta de moedas que supostamente traduzem um valor em dinheiro real. Existem suspeitas de que o jogo é ilegítimo e, na realidade, não paga os seus jogadores, retendo o dinheiro investido. Além disso, existem acusações de que os controles do jogo são defeituosos e podem resultar na perda de dinheiro por parte do jogador. A publicidade do jogo usou deepfakes de pessoas famosas, como César Tralli, Neymar e Anitta.[8][9]

Subway Surfers: The Animated Series[editar | editar código-fonte]

Subway Surfers: The Animated Series é uma websérie baseada no jogo, que conta as aventuras dos amigos Jake, Tricky, Fresh, Yutani e outros personagens. A série foi lançada no canal oficial da SYBO, uma das desenvolvedoras do jogo. A série foi anunciada no dia 25 de dezembro de 2017 com um trailer, e o primeiro episódio lançou dia 1 de junho de 2018.[10] Abaixo, a lista de episódios lançados:

Lista de episódios[editar | editar código-fonte]

Episódio Estreia do Episódio (YouTube)
1 "Buried" 1 de junho de 2018 (5 anos)
2 "Busted" 22 de junho de 2018 (5 anos)
3 "Heirloom" 13 de julho de 2018 (5 anos)
4 "Stain" 10 de agosto de 2018 (5 anos)
5 "Recital" 24 de agosto de 2018 (5 anos)
6 "Invention" 7 de setembro de 2018 (5 anos)
7 "Surveillance" 21 de setembro de 2018 (5 anos)
8 "Lesson" 5 de outubro de 2018 (5 anos)
9 "Boombox" 19 de outubro de 2018 (5 anos)
10 "Intruders" 2 de novembro de 2018 (5 anos)
11 "Flux" 11 de janeiro de 2019 (5 anos)


Referências

  1. Luana Lima. «Subway Surfers». Baixaki, NZN - No Zebra Network. Consultado em 26 de agosto de 2013 
  2. «'Subway Surfers' se torna primeiro game de Android a somar 1 bilhão de downloads». Globo. 16 de março de 2018. Consultado em 18 de março de 2018 
  3. «"Subway Surfers" é o jogo para smartphones mais baixado da década!». R7.com. 16 de dezembro de 2019. Consultado em 1 de março de 2020 
  4. Gustavo Drullis (23 de setembro de 2022). «Surfando no metrô - Mobile Time». Mobile Time. Consultado em 8 de janeiro de 2023 
  5. Emanuel Schimidt (14 de julho de 2013). «Como jogar Subway Surfers, o game de corrida infinita para Android e iOS». Techtudo, Globo Comunicação e Participações. Consultado em 8 de janeiro de 2021 
  6. «O que é o desafio "no coins" no Subway Surfers?». canaltech. Terra. 9 de setembro de 2022. Consultado em 8 de janeiro de 2023 
  7. Carlos Palmeira (12 de janeiro de 2024). «Subway Pay paga mesmo? Jogo que promete dinheiro é promovido até por vídeos fakes com IA». Tecmundo. Consultado em 14 de abril de 2024. Cópia arquivada em 14 de abril de 2024 
  8. Darlan Helder, Victor Hugo Silva e Roney Domingos (14 de janeiro de 2024). «'Subway Money': golpistas criam deepfakes de famosos para prometer dinheiro em jogo falso». G1. Consultado em 14 de abril de 2024. Cópia arquivada em 14 de abril de 2024 
  9. Pedro S. Teixeira (15 de janeiro de 2024). «Golpistas usam imagem de Neymar, Anitta e famosos para divulgar jogo falso Subway Money». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de abril de 2024. Cópia arquivada em 14 de abril de 2024 
  10. «Para jogar e assistir: série animada de Subway Surfers já está disponível no YouTube». TudoCelular.com. 1 de junho de 2018. Consultado em 8 de janeiro de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]