Sudamérica Rugby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sudamérica Rugby
Logotipo do Sudamérica Rugby.
Tipo Desportiva
Fundação 1988 (CONSUR)
2015 (Sudamérica Rugby)
Sede Argentina Buenos Aires
Membros 16 federações nacionais
Línguas oficiais espanhol e inglês
Presidente Marcelo Rodriguez (Argentina)
Sítio oficial Sudamérica Rugby

A Sudamérica Rugby (conhecida pela sigla SAR), nomeada como Confederação Sul-Americana de Rugby (CONSUR) até 2015,[1][2] é o órgão que rege o rugby union na América do Sul. Nos últimos anos expandiu-se, passando assim a cobrir uma parte da América Central.[3]

Esta organização esportiva foi oficializada em 14 de outubro de 1989 na cidade de Montevidéu, por iniciativa de Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Logo da CONSUR, antiga designação da atual SAR.

Em 1982, durante uma reunião dos presidentes das uniões de rugby do continente na capital uruguaia (que a princípio tratava-se de celebrar o torneio de juniors no mesmo ano), estudava-se a criação de uma confederação regional para o esporte.[5]

O prenúncio para a consolidação desta associação (originalmente sob o nome CONSUR) teve início em 14 de outubro de 1988, em Assunção, durante uma reunião no Yacht & Club (cuja iniciativa partiu de Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai). Embora esta seja a data oficial do surgimento da Confederação Sul-Americana de Rugby, o livro "El Rúgby" conota que esta união de rugby regional tenha sido criada em 10 de outubro de 1961, durante a disputa do campeonato sul-americano em solo uruguaio.[4][6]

A renomeação da entidade, de CONSUR para SAR, foi oficializada em julho de 2015 (sob a tutela da World Rugby). Esta ação transcorreu durante a assembléia de seus membros no mesmo ano, realizada na cidade argentina de Santa Fé, onde aprovaram por unanimidade a mudança no nome de sua entidade local.[7]

Entidade[editar | editar código-fonte]

Conselho diretivo[editar | editar código-fonte]

O Comitê Executivo da Sudamérica Rugby, para o quadriênio 2016-2020, contempla os seguintes nomes:[8][9]

  • Presidente: Marcelo Rodríguez (Argentina);
  • Vice-presidente: Antonio Vizintín (Uruguai);
  • Segundo vice-presidente: Salvador Encinas (Chile);
  • Secretário: Víctor Luaces (Argentina);
  • Tesoureiro: Ariel Mamanna (Argentina);
  • Membros: Xavier Vouga (Brasil), Oscar Moreira Lacasa (Paraguai), Antonio Quintero (Venezuela), Tomás Petersen (Argentina), Andrés Pieroni (Uruguai), Sebastián Bianchi (Chile) e Nathaly Montonya Ruales (Peru).

Competições[editar | editar código-fonte]

A Sudamérica Rugby organiza as competições deste esporte no seu âmbito continental. Estando entre elas:[4][10][11]

  • Campeonato Sul-Americano de Rugby;
  • Campeonato Sul-Americano de Rugby Juvenil;
  • Campeonato Sul-Americano de Rugby Sevens.

Países membros[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a Sudamérica Rugby conta com dezesseis membros, sendo eles países das Américas do Sul e Central (exceção feita à Guiana e nações do Caribe) que, no cenário deste esporte, pertencem a esta associação. São eles:[3]

Convenções: as federações com "*" não são filiadas ao World Rugby, enquanto as com "**" são membros afiliados (não-plenos).

A Bolívia era o único país na área coberta pela entidade que ainda não era membro da mesma.[12] Contudo, a partir de maio de 2018, sua seleção faz oficialmente parte da Sudamérica Rugby.[13]

Ranking mundial[editar | editar código-fonte]

Segue-se o ranqueamento das seleções de XV pela World Rugby, com destaque para as nações filiadas à Sudamérica Rugby.

Masculino[editar | editar código-fonte]

Sudamérica
Colocação
World Rugby
Colocação
Seleção
10º Argentina Argentina
19º Uruguai Uruguai
26º Brasil Brasil
29º Chile Chile
33º Colômbia Colômbia
44º Paraguai Paraguai
62º Venezuela Venezuela
77º Peru Peru
97º Costa Rica Costa Rica
  • Atualização: 30 de junho de 2019.[14]

Feminino[editar | editar código-fonte]

No ranqueamento feminino, apenas o Brasil aparece dentre as nações filiadas à World Rugby. Segundo a atualização mais recente, as brasileiras ocupam a 44ª colocação geral.[15]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Sudamérica Rugby Has a New Logo». www.americasrugbynews.com (em inglês). Americas Rugby News. 17 de novembro de 2015. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  2. «Consur se transforma en Sudamérica Rugby». Rugby Full (salvo em Webcitation) (em espanhol). 22 de julho de 2015. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  3. a b «Uniones miembro» (em espanhol). Sudamérica Rugby (salvo em Wayback Machine). Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  4. a b c «Institucional» (em espanhol). Sudamérica Rugby. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  5. «Union Argentina de Rugby - Memoria - Temporada año 1982» (PDF) (em espanhol). UAR - Union Argentina de Rugby (salvo em Web Archive). 1 de novembro de 2012. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  6. Ramalho, Victor (3 de julho de 2016). «Sudamérica Rugby elegeu novo Conselho Diretivo em posso do novo presidente». Portal do Rugby. Consultado em 19 de outubro de 2016 
  7. «CONSUR becomes Sudamérica Rugby». World Rugby (em inglês). 22 de julho de 2015. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  8. «New Board elected for Sudamérica Rugby». World Rugby (em inglês). 4 de julho de 2016. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  9. Freire, Maria (12 de janeiro de 2018). «Sudamérica Rugby tem primeira mulher em Conselho Administrativo». www.portaldorugby.com.br. Portal do Rugby. Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  10. «Torneos». www.sudamericarugby.org (em espanhol). Sudamérica Rugby (salvo em Wayback Machine). Consultado em 15 de fevereiro de 2018 
  11. Quaranta, Pablo (12 de setembro de 2017). «Llega el Seis Naciones Sudamericano». www.sudamericarugby.org (em espanhol). Sudamérica Rugby. Consultado em 19 de fevereiro de 2018 
  12. Freire, Maria (3 de maio de 2017). «Assembleia da Sudamérica Rugby aprova novos membros». www.portaldorugby.com.br. Portal do Rugby. Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  13. Ramalho, Victor (5 de maio de 2018). «Bolívia é admitida como membro da Sudamérica Rugby». www.portaldorugby.com.br. Portal do Rugby. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  14. «Men's Rankings». www.world.rugby (em inglês). World Rugby. 15 de maio de 2019. Consultado em 1 de maio de 2019 
  15. «Women's Rankings». www.world.rugby (em inglês). World Rugby. 12 de maio de 2019. Consultado em 15 de maio de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]