Terapia de reidratação oral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fórmula infantil para diluir em 1L feita pela UNICEF.

Terapia de reidratação oral (TRO) ou solução para reidratar é um tipo de reposição fluida usado para prevenir e tratar desidratação, especialmente devido à diarreia ou suor excessivo.[1] Envolve beber água com quantidades modestas de açúcar e sais minerais, especialmente sódio e potássio. A terapia de reidratação oral também pode ser administrada por sonda nasogástrica.[1] Seu gosto é descrito como lágrimas.

A TRO não substitui a nutrição de uma refeição. Após vomitar deve-se esperar dez minutos antes de tomar outra dose lentamente. Se os vômitos são frequentes, uma via intravenosa de soro é mais indicada.

A TRO faz parte da Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial de Saúde que todos postos de saúde devem ter. Cada saquinho deve ser dissolvido em um litro e custa por volta de um real (US$0,20).[2]

Fórmula[editar | editar código-fonte]

A formula de farmácia inclui cloreto de sódio(sal comum), citrato de sódio, cloreto de potássio e glicose. Sucralose pode ser uma alternativa a glicose e bicarbonato de sódio é uma alternativa ao citrato de sódio, quando esta não está disponível. As fórmulas infantis possuem mais potássio e menos sódio.[1] A terapia deve incluir rotineiramente o uso de suplementos de zinco.[1]

A receita para soro caseiro da OMS é[3]:

  • Um litro de água potável. Água de rio/lago/poço deve ser fervida ou filtrada.
  • Uma colher de chá de sal (3g)
  • Duas colheres de sopa ou seis colheres de chá de açúcar (18g)

Bebidas esportivas não são tão eficientes quanto o soro isotônico, mas podem ser uma opção onde não há água potável disponível.[4]

Dose[editar | editar código-fonte]

Crianças com desidratação leve devem tomar lentamente . Com desidratação moderada devem tomar um copo (200-400ml) depois de cada evacuação. Copos maiores em caso de diarreias mais volumosas. Exemplo: Uma criança que defeca sete vezes por dia, deve tomar sete copos de solução de reidratação oral por dia. A diarreia aguda, que dura menos de cinco dias, geralmente melhora sem necessidade de antibióticos, apenar com hidratação adequada.[1]

Bebês desidratados que estão amamentando devem ser amamentados com mais frequência. Uma seringa sem agulha ou mamadeira pode ser usada para administrar a dose. Crianças com diarreia, e adultos também, devem ter alimentação mais frequente, para repor os nutrientes perdidos.

Contra-indicação[editar | editar código-fonte]

Não é indicado em pessoas com consciência reduzida, nem em choque hemodinâmico nem deve atrasar uma transfusão em anemia grave.[5] Quando a única opção é água potencialmente não segura, como água de rio, lago ou poço, é melhor usá-la do que não oferecer nenhuma água, em caso de uma desidratação moderada. Fervida ou filtrada de preferência.[6]

Referências

  1. a b c d e WHO Model Formulary 2008 (PDF). [S.l.]: World Health Organization. 2009. pp. 349–351. ISBN 9789241547659. Consultado em 8 de janeiro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 13 de dezembro de 2016 
  2. "Oral Rehydration Salts". International Drug Price Indicator Guide. Retrieved 8 December 2016.
  3. "The Treatment Of Diarrhea, A manual for physicians and other senior health workers" (PDF). "4.2 Treatment Plan A: home therapy to prevent dehydration and malnutrition," "4.3 Treatment Plan B: oral rehydration therapy for children with some dehydration," and "4.4 Treatment Plan C: for patients with severe dehydration" on pages 8 to 16 (12–20 in PDF). See also "8. Management of Diarrhoea with Severe Malnutrition" on pages 22–24 (26–30 in PDF) and "Annex 2: Oral and Intravenous Rehydration Solutions" on pages 33–37 (37–41 in PDF). World Health Organization. 2005. Archived (PDF)
  4. Dousma, M; et al. (2003), "[Sport drinks: not a suitable rehydration solution for children]", Ned Tijdschr Geneeskd, 147 (5): 213–214, PMID 12645356.
  5. King, Caleb; Glass, Roger; Bresee, Joseph; Duggan, Christopher. "Managing Acute Gastroenteritis Among Children". CDC MMWR Recommendations and Reports. Archived from the original on 28 October 2014. Retrieved 29 October 2014.
  6. "The treatment of diarrhea, a manual for physicians and other senior health workers." Archived 19 October 2011 at the Wayback Machine World Health Organization, 2005.