The Fabian Strategy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"The Fabian Strategy"
1º episódio da 5ª temporada de 30 Rock
Liz Lemon (Tina Fey) e seu namorado Carol (Matt Damon) no gabinete dela.
Informação geral
Escrito por Tina Fey
História Kay Cannon
Produzido por Jeff Richmond
Direção Beth McCarthy-Miller
Direção de fotografia Vanja Černju
Edição Ken Eluto
Código de produção 501
Duração 30 minutos
Exibição original 23 de Setembro de 2010
Convidados
Episódios da 5ª temporada
Cronologia
Último
"I Do Do"
"When It Rains, It Pours"
Próximo
30 Rock (5ª temporada)
Lista de episódios

"The Fabian Strategy" é o primeiro episódio da quinta temporada da série de televisão de comédia de situação norte-americana 30 Rock, e o octogésimo primeiro da série em geral. Foi dirigido por Beth McCarthy-Miller e teve o seu enredo escrito pela criadora da série, produtora executiva e ainda actriz principal Tina Fey, tendo sido transmitido através da rede de televisão National Broadcasting Company (NBC) nos EUA na noite de 23 de Setembro de 2010. Dentre os artistas convidados, estão inclusos os Matt Damon, Paula Pell, Jan Owen, Mario Brassard e Jeffrey Schara.

No episódio, Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) interfere no relacionamento de Liz Lemon (interpretada por Fey) com Carol (Damon) afirmando estar determinado a ajudá-la a ter uma relação que dure por um longo tempo pela primeira vez na sua vida. Entretanto, Jack também batalha para alcançar um consenso com a sua namorada Avery Jessup acerca da redecoração do apartamento dele. Enquanto isso, Tracy Jordan (Tracy Morgan) encontra dificuldades ao lidar com a demissão do estagiário Kenneth Parcell (Jack McBrayer), e Jenna Maroney (Jane Krakowski) torna-se na co-produtora do The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS).

Antes da transmissão de "The Fabian Strategy", a NBC alterou o a transmissão do seriado para o novo horário das 20 horas, movendo-lo da emissão habitual às 21 horas e 30 minutos. Em geral, embora não universalmente, o episódio foi recebido com opiniões positivas pela crítica especialista em televisão do horário nobre. De acordo com o sistema de mediação de audiências Nielsen Ratings, foi assistido por 5.85 milhões de famílias durante a sua transmissão original norte-americana, e lhe foi atribuída a classificação de 2.6/8 entre os telespectadores pertencentes ao perfil demográfico dos 18 aos 49 anos de idade.

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

"The Fabian Strategy" teve o seu enredo escrito por Tina Fey, que além de argumentista, é também a criadora, produtora executiva e actriz principal da série, e foi dirigido por Beth McCarthy-Miller, directora artística de televisão que trabalhou com Fey em sketches no programa de televisão humorístico Saturday Night Live (SNL), também transmitido pela NBC.[1] Este foi o vigésimo segundo crédito de escrita por Fey, e o décimo terceiro episódio dirigido por McCarthy-Miller em 30 Rock.[2][3] "The Fabian Strategy" foi originalmente transmitido pela NBC nos Estados Unidos a 23 de Setembro de 2010, como o episódio de estreia da quinta temporada do seriado e o octogésimo primeiro em geral.[4][5]

Matt Damon (imagem) fez a sua segunda participação em 30 Rock como a personagem Carol, o novo namorado de Liz Lemon.

Em Março de 2010, foi anunciado que o actor Matt Damon faria uma participação especial em 30 Rock.[6] A sua estreia na série foi no episódio final da quarta temporada, intitulado "I Do Do", no qual interpretou a personagem Carol, um piloto de avião e namorado da personagem de Fey, Liz Lemon, tendo repetido tal desempenho em "The Fabian Strategy".[7][8] Em Dezembro de 2009, antes mesmo sequer de a sua aparição receber uma confirmação, a revista electrónica Entertainment Weekly informou ao actor que ele estava no topo da lista de artistas que Fey gostaria de convidar para 30 Rock. Um grande fã do seriado, Damon respondeu: "Eu faria [30 Rock] num piscar de olhos, se eles me pedissem para aparecer. Ela deve ligar para o meu pessoal — ou ainda melhor, para mim. Ou eu poderia ligar para ela. Vamos fazer isto acontecer."[9][10] Um dia após a emissão de "I Do Do", foi questionado ao actor se ele iria repetir o seu papel como Carol na temporada seguinte, ao qual ele respondeu: "Se eles me quiserem, eu gostaria muito de me infiltrar e ver a turma de novo. Eu me diverti muito a fazê-lo".[11] Em Agosto de 2010, Fey confirmou o retorno de Damon, dizendo que ele iria interpretar o seu namorado por mais uma vez na nova temporada.[12]

Jane Krakowski, intérprete da personagem Jenna Maroney, revelou a Michael Ausiello, também da Entertainment Weekly, que o enredo da personagem neste episódio, no qual ela ir-se-ia tornar numa produtora de televisão como parte de seu contrato com o TGS, iria ter início na quinta temporada: "[Jenna] tem todas essas coisas malucas inclusas no seu contrato [que entram em funcionamento a partir de agora], porque ninguém pensava que ele [TGS] ainda estaria no ar.[13] Então ela conseguiu alcançar o sonho de ser produtora". Paula Pell, produtora da série, repetiu o seu desempenho como Paula Hornberger, esposa de Pete Hornberger. O episódio faz referência à trama recorrente que aborda o desejo de Liz se tornar mãe quando a mesma revela a Carol que está em uma lista de espera para adoptar uma criança.[14] Tal trama teve começo na primeira temporada, tendo alcançado o seu ápice na terceira.[15][16][17][18]

Dois meses após a transmissão do episódio final da quarta temporada, o produtor executivo Robert Carlock foi questionado se a personagem de Jack McBrayer, Kenneth Parcell, retornaria na temporada seguinte, visto que a mesma foi despedida do emprego como estagiário da NBC em "I Do Do".[19] Carlock respondeu: "Nós ainda não descobrimos [como] ele irá recuperar [seu trabalho] de volta, mas é claro que vai voltar de alguma forma. Queríamos uma coisa divertida para embaralhar as cartas um pouco e enviá-lo para o mundo. Claro, ele vai sentir falta e fará falta. Eventos sucessivos trar-lhe-ão de volta".[20] Em "The Fabian Strategy", Kenneth tem um novo emprego na rede de televisão Columbia Broadcasting System (CBS) como estagiário do talk show Late Show with David Letterman. A cena na qual ele se atira para a frente de um automóvel para provar a sua mortalidade à Tracy Jordan foi filmada a 27 de Agosto de 2010, em frente ao Teatro Ed Sullivan na cidade de Nova Iorque.[21]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta secção contém revelações sobre o enredo.

Liz Lemon (interpretada por Tina Fey), a argumentista principal do programa de televisão ficcional de comédia TGS with Tracy Jordan (TGS), volta ao trabalho após as férias de verão e se prepara para a quinta temporada da série. No arranha-céu GE Building (GE), onde ela trabalha, Liz e o produtor do TGS Pete Hornberger (interpretado por Scott Adsit), reúnem-se com seu chefe Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) para discutirem o corte de despesas do programa. Durante a reunião, Pete revela que a estrela Jenna Maroney (interpretada por Jane Krakowski) agora tem o crédito de produtora por causa de mudanças em seu contracto que não foram configuradas para iniciarem até a quinta temporada do TGS (ninguém pensou que o show iria durar tanto tempo). Jenna assume este papel sério e a tarefa de despedir pessoas. Eventualmente, ao rever o orçamento, ela apercebe-se que seu crédito de produtora é caro e desnecessário, e pede a Pete para despedi-la.[22]

Mais tarde, Jack pergunta a Liz sobre seu relacionamento com seu namorado Carol (interpretado por Matt Damon), um piloto de avião. Ela diz a ele que durante as férias de verão os dois se encontraram duas vezes por mês em um hotel. Jack não acredita que o relacionamento é sério, visto que Carol nunca fica no apartamento de Liz, um habito normal dos namorados passados de Liz. Ele decide forçar Carol a ficar com Liz e reserva todos os quartos do hotel em que Liz e Carol ficavam quando ele estava em Nova Iorque. Durante a sua estadia com Liz, Carol colapsa e pergunta-lhe para onde está indo o relacionamento, como ele acredita que ela está resistindo a ele, o que Liz nega. No dia seguinte, Carol decide deixar Nova Iorque no início, mas diz a Liz que eles precisam de trabalhar em seu relacionamento. Os dois seguem caminhos separados e concordam em se encontrarem novamente em 14 de Outubro.[22]

Durante as férias de verão, a namorada de Jack e apresentadora do CNBC Avery Jessup (interpretada por Elizabeth Banks), foi morar com ele. Avery decide redecorar o apartamento de Jack. Ele não está interessado na ideia, mas não querendo dizer não ou não querendo ceder as exigências de Avery, decide empregar a estratégia de Fabian  — homenagem a Fabius Maximus, um general romano que empregou tácticas defensivas para vencer batalhas. Jack é bem sucedido em evitar a redecoração do apartamento; ele concorda em derrubar uma parede em vez. No entanto, no final do episódio Jack percebe que Avery tem usado a estratégia de Fabian nele, e que ela queria a parede derrubada desde o início.[22]

Em outros lugares, Tracy Jordan (interpretado por Tracy Morgan) sente a falta de Kenneth Parcell (interpretado por Jack McBrayer), um agora ex-paquete da National Broadcasting Company (NBC) que foi despedido no episódio anterior, "I Do Do". Quando Tracy retorna ao trabalho para a nova temporada do TGS, ele começa a ter alucinações de Kenneth para onde quer que vá, confundindo o novo paquete (interpretado por Jeffrey Schara) e Liz por ele. Mais tarde, Tracy vagueia pela cidade e vê Kenneth, que agora está trabalhando como um paquete na Columbia Broadcasting System (CBS). Tracy acredita que Kenneth é uma alucinação. Mais tarde, os dois se encontram novamente e Kenneth tenta falar com Tracy, mas Tracy se recusa a reconhecê-lo, como ele acredita que sua mente esteja pregando truques nele. Para provar que é real, Kenneth se joga na frente de um automóvel, fazendo Tracy acreditar nele. Ele implora para Kenneth voltar para a NBC, mas ele diz que está feliz a trabalhar na CBS. Durante a exibição dos créditos finais, Kenneth admite para si mesmo que mentiu para Tracy, e sente falta de todas as pessoas do TGS.[22]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Jack Donaghy usa a estratégia de Fabian, nomeada em homenagem ao general romano Fabius Maximus (imagem).

No início do episódio, Liz Lemon (Tina Fey) diz durante o sono: "No, Tom Jones, no!", antes de acordar.[nota 1] Esta é uma referência a um futuro enredo no episódio "Reaganing", em que Liz está tendo problemas de intimidade por causa de um incidente traumático em sua infância, que envolveu um póster do cantor Tom Jones.[23] Ao longo de "The Fabian Strategy", Jack Donaghy (Alec Baldwin) refere-se à estratégia de Fabian, uma estratégia nomeada em homenagem ao general romano Fabius Maximus, o que evita batalha directa em favor da guerra de exaustão. Jack usa a estratégia, como ele não quer dizer não a Avery ou ceder as suas exigências.[8][24] Além disso, Jack chama Maximus de seu modelo. Quando Liz surpreende Carol na sala de escritores do TGS, o escritor John D. Lutz (John Lutz) pergunta a Carol se ele tem um perfil na rede social Facebook.[4] Mais tarde, Liz diz a Jack para não interferir na sua relação com Carol, como ela acredita que tem o relacionamento perfeito com ele. Ela revela que está modelando sua vida na da chef Ina Garten, apresentadora do programa de televisão de culinária Barefoot Contessa, que vai ao ar no canal de televisão Food Network.[8] Jack responde dizendo que Liz nunca será como Garten, incluindo a parte "descalça",[nota 2] referindo-se ao facto de que Liz nunca deixa ninguém ver seus pés, uma característica da vida real de Fey.[25][26]

Liz e Carol descobrem que uma das coisas que têm em comum é que ambos gostam de assistir os The Muppets a apresentarem cerimónias de entrega de prémios.[27] Mais tarde, Liz revela que tem um colar Life Alert Emergency Response, o que ajuda a localizar contactos de emergência de idosos em caso de um acidente.[28] Carol questiona-se por que a GEICO  — uma empresa de seguros de automóveis  — tem mascotes múltiplas, uma referência para as campanhas de publicidade feitas pela empresa.[14] Jack planeia seduzir o designer de interiores homossexual que Avery contratou e espera fazer o designer concordar com ele em deixar o apartamento do jeito que está, explicando a Liz: "Do you know what a prize I am in the gay community? There's a term for it. I'm a bear. And I'm a daddy. I'm a daddy bear."[29][nota 3] Antes de se despedir, Liz diz a Carol: "See you October 14",[nota 4] uma referência ao episódio que foi exibido ao vivo de 30 Rock em 14 de Outubro de 2010, "Live Show".[27][29]

Duas séries que estrearam na programação televisiva de 2006-2007 da National Broadcasting Company, 30 Rock e Studio 60 on the Sunset Strip, giravam em torno dos acontecimentos nos bastidores de uma série de comédia. Semelhanças entre as duas levou à especulação de que apenas uma delas teria uma primeira temporada completa de 22 episódios. Provas do assunto entre os shows, bem como o conflito entre eles, surgiram quando Aaron Sorkin, o criador de Studio 60 on the Sunset Strip, pediu a Lorne Michaels, produtor executivo de 30 Rock e do Saturday Night Live (SNL), que lhe permitisse observar o programa SNL por uma semana, um pedido negado por Michaels.[30] Apesar disso, Sorkin enviou flores a Fey após a NBC anunciar que iria exibir ambas as séries, e desejou-lhe boa sorte com 30 Rock.[31] Fey conseguiu onde Sorkin não conseguiu, quando Studio 60 foi cancelada após uma temporada e 30 Rock foi renovada para uma segunda. Apesar das audiências da primeira temporada de 30 Rock serem baixas quando comparadas as de Studio 60, a última era mais cara de produzir.[32][33][34] Na sequência final de "The Fabian Strategy", Kenneth assiste os créditos finais do TGS, que incluem Ricky Tahoe e Ronnie Oswald como escritores, os dois ex-escritores chefes de Studio 60 on the Sunset Strip.[35]

Transmissão e repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Antes da transmissão deste episódio, a National Broadcasting Company (NBC) lançou a sua programação do horário nobre da temporada televisiva de 2010-2011 em Maio de 2010. Neste lançamento, a rede de televisão moveu o programa do seu horário habitual das 21 horas e 30 minutos para o novo horário das 20 horas e 30 minutos.[36] De acordo com o sistema de mediação de audiências Nielsen Ratings, "The Fabian Strategy" foi assistido por 5,85 milhões de domicílios em sua transmissão original americana.[37][38] Recebeu uma quota de 2.6/8 no perfil demográfico de pessoas entre 18-49 anos de idade.[39] Isso significa que ele foi visto por 2.6 por cento de todos os adultos de 18-49 anos de idade, e por 8 por cento de todas as pessoas de 18-49 anos de idade assistindo televisão no momento da transmissão.[39] Um colaborador da revista Variety informou que Community, um programa da NBC que é exibido às 20 horas, e 30 Rock se desempenharam muito bem em seus respectivos novos horários e que os dois programas "foram abrindo ao longo do ano passado a noite de quinta-feira para a NBC na semana de estreia [da temporada televisiva]".[39]

Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

"The Fabian Strategy" recebeu em geral críticas favoráveis pelos críticos de televisão, apesar de existirem algumas opiniões negativas por parte de alguns destes. Nathan Rabin, do blogue americano The A.V. Club, afirmou que a estreia da temporada passada de 30 Rock, "Season 4", teve um sólido histórico como sendo o pior episódio de estreia da série, no entanto, Rabin achou que "The Fabian Strategy" foi hilariante e que quebrou essa barreira. Ele escreveu que Matt Damon tem sido bom no show como Carol, no entanto, sua única reclamação foi a falha do personagem Carol por ser muito sensível. Rabin, que se queixou "extensivamente" do personagem de Jenna no passado, disse que o personagem estava em "óptima forma" em seu papel como produtora do TGS. Rabin deu á "The Fabian Strategy" uma classificação de grau A.[40] Bob Sassone, crítico do bloco TV Squad do sítio AOL, considerou este episódio como uma "sólida abertura de temporada", que mostra "grandes montes de falas e de desenvolvimento da trama".[41] Meredith Blake, uma colaboradora do Los Angeles Times, ficou emocionada com o facto de o relacionamento de Jack e Avery "não ter durado somente no verão, mas está prosperando", e escreveu que ela estava olhando para a frente com o enredo que envolve a gravidez de Avery. Blake observou que o personagem de Damon era "maldito por ser quase-perfeito, por isso eu quero dizer que ele é uma versão masculina de Liz".[29] O colunista de televisão Alan Sepinwall, para o HitFix, disse que "'The Fabian Strategy' não conseguiu sobreviver aos bons e velhos dias dos episódios passados", no entanto, ele relatou que "riu o suficiente" e ficou satisfeito com a direcção que o show teve em relação a Liz e Carol. Sepinwall não gostou da história de Tracy e Kenneth, chamando-a de uma "perda completa", mas apreciou as outras histórias, escolhindo a de Pete e Jenna como sua favorita.[42]

Alessandra Stanley, do jornal The New York Times, teve uma reacção positiva ao papel de Damon na série, observando que ele foi um "grito".[43] Scott Eidler, do The Cornell Daily Sun, comentou que "The Fabian Strategy" foi um "bom começo da [quinta] temporada de 30 Rock", uma vez que era "talvez mais dirigido pelo enredo do que embalado com os episódios emocionais e estrondosamente engraçados que concluíram a última temporada." Eidler comentou que "'The Fabian Strategy' nunca [alcançou] a hilaridade total da temporada passada, mas espero que isso não tenha sido o clímax... e ele pode finalmente retornar as suas alturas anteriores de hilaridade".[24] Bruce Fretts, da revista de entretenimento TV Guide, teve uma opinião favorável para com o papel de Damon como o interesse amoroso de Tina Fey, escrevendo que "Damon mostrou um lado parvo refrescante de acordo com o espírito tudo-passa de 30 Rock."[44] Matt Wilstein, do blogue The Huffington Post, chamou a estreia de "um muito sólido primeiro episódio", aproveitando a parte de Damon na série e a história de Kenneth de ainda estar despedido da NBC.[45]

O contribuidor James Poniewozik da revista Time informou que os enredos de Pete/Jenna e Tracy/Kenneth foram um "atirar-e-perder", no entanto, Poniewozik observou que era bom ver o show dando "direção contínua, não apenas em suas vidas pessoais aos personagens Jack e Liz".[14] Caitlan Smith do The Atlantic estava céptica sobre o relacionamento duradouro de Liz e Carol, dizendo que Damon, "que comanda mais de 20 milhões de dólares por filme, não vai ficar por muito tempo, deixando Liz Lemon com falta de Carol e pronta para mais uma rodada do entretenimento de auto-aversão que todos nós temos visto por quatro temporadas."[46]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Em português: "Não, Tom Jones, não!"
  2. Quando traduzida para a língua portuguesa, a palavra "Barefoot" significa "descalça"/"descalço".
  3. Em português: "Você sabe o prémio que eu sou na comunidade gay? Existe um termo para isso. Eu sou um urso. E eu sou um pai. Eu sou um urso pai."
  4. Em português: "Vemos-nos em 14 de Outubro".

Referências

  1. Adalian, Josef (19 de Setembro de 2006). «'SNL' slimming down». Variety (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  2. «Tina Fey» (em inglês). Yahoo! TV. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  3. «Beth McCarthy Miller» (em inglês). The TV IV. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  4. a b Lady Lola. «30 Rock  — The Fabian Strategy  — Recap» (em inglês). Yahoo! TV. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  5. Boedeker, Hal (29 de Setembro de 2010). «TV tonight: Justin Bieber on 'CSI'; Matt Damon on '30 Rock'; Betty White on 'Community'; trauma counselor on 'Grey's Anatomy'». Orlando Sentinel (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  6. «Matt Damon to Guest Star on '30 Rock'». Parade (em inglês). 31 de Março de 2010. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  7. "I Do Do". Escritor(es): Tina Fey; Director(es): Don Scardino; Editor(es): Ken Eluto. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Long Island City, Queens, Nova Iorque. 20 de maio de 2010 (2010-05-20). Episódio número 22, 4ª temporada. 30 minutos.
  8. a b c Barrett, Annie (23 de Setembro de 2010). «'30 Rock' recap: Fight For Your Right to Elk Tongue». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  9. Porter, Rick (31 de Março de 2010). «'30 Rock' is booking Matt Damon». Zap2It (em inglês). TV by the Numbers. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  10. Ausiello, Michael (30 de Março de 2010). «'30 Rock' exclusive: Tina Fey snags Matt Damon». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  11. Baker, K.C. (21 de Maio de 2010). «Matt Damon Preps for 'Little Tornado' of Next Baby». People (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  12. Abrams, Natalie (29 de Agosto de 2010). «9 Scoops from Your Favorite Stars on the Emmys Red Carpet». TV Guide (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  13. Ausiello, Michael (1 de Setembro de 2010). «Ask Ausiello: Spoilers on 'House,' 'Grey's,' 'Bones,' 'Chuck,' 'Gossip Girl,' and more!». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  14. a b c Poniewozik, James (24 de Setembro de 2010). «30 Rock Watch: Your Sadness Scavenger List». Time (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  15. Canning, Robert (5 de Janeiro de 2007). «30 Rock: "The Baby Show" Review» (em inglês). IGN. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  16. Sassone, Bob (29 de Setembro de 2010). «30 Rock, "Do Over": Fancy boys and baby dolls». The Star-Ledger (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  17. Medina, Jeremy (16 de Janeiro de 2010). «'30 Rock' Review: "Senor Macho Solo" (Episode 307) and "Flu Shot" (Episode 308)». Paste (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  18. Porter, Rick (5 de Março de 2009). «'30 Rock' meets the Hendersons». Zap2It (em inglês). TV by the Numbers. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  19. Rabin, Nathan (20 de Maio de 2010). «I Do Do». The A.V. Club (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  20. Ausiello, Michael (14 de Julho de 2010). «Ask Ausiello: Spoilers on 'The Office,' 'Bones,' 'Supernatural,' Glee,' 'Chuck,' and more!». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  21. «On Location For "30 Rock" – August 27, 2010». Wireimage (em inglês). Getty Images. 27 de Agosto de 2010. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  22. a b c d "The Fabian Strategy". Escritor(es): Tina Fey; Director(es): Beth McCarthy-Miller; Editor(es): Ken Eluto. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Long Island City, Queens, Nova Iorque. 21:30–22:00.
  23. Rabin, Nathan (21 de Outubro de 2010). «Reaganing». The A.V. Club (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  24. a b Eidler, Scott (24 de Setembro de 2010). «30 Rock Premiere Recap: The Fabian Strategy». The Cornell Daily Sun (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  25. Dowd, Maureen (Janeiro de 2009). «What Tina Fey Wants». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  26. Freydkin, Donna (23 de Outubro de 2008). «Tina Fey is between a 'Rock' and a funny place at 'SNL'». USA Today (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  27. a b Kandell, Steve (24 de Setembro de 2010). «'30 Rock' Premiere Recap: Grown-up Love». New York Magazine (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  28. Barrett, Annie (23 de Setembro de 2010). «'30 Rock' recap: Fight For Your Right to Elk Tongue». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  29. a b c Blake, Meredith (23 de Setembro de 2010). «'30 Rock' recap: Season 5, here we go!». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  30. Friend, Tad (24 de Abril de 2006). «Who's on First Dept: Shows about Shows». The New Yorker (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  31. McFarland, Melanie (22 de Julho de 2006). «Tina Fey's Weekend Update: Aaron Sorkin calls her out!». Seattle Post-Intelligencer (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  32. Sassone, Bob (5 de Abril de 2007). «Here's why 30 Rock was renewed and Studio 60 won't be». TV Squad (em inglês). AOL. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  33. Starr, Michael (1 de Maio de 2007). «'Studio' Sinks, Not '30 Rock'». New York Post (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  34. Friedman, Roger (11 de Maio de 2007). «Lights Go Out on 'Studio 60'» (em inglês). Fox News Channel. FOX Broadcasting Company. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  35. Buchanan, Kyle (24 de Setembro de 2010). «'30 Rock' Makes 8:30 p.m. Time Slot Safe for 'Sleep Rape' Jokes». New York Magazine (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  36. «NBC Unveils 2010–11 Primetime Schedule Accented By Five New Comedies, Seven New Dramas And New Alternative Program» (Conferência de imprensa) (em inglês). The Futon Critic. 16 de Maio de 2010. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  37. Seidman, Robert (24 de Setembro de 2010). «TV Ratings Thursday: 'The Big Bang Theory' Scores at 8pm; 'Grey’s Anatomy' Tops Night With Young Adults; 'My Generation' Premiere Stalls». Zap2It (em inglês). TV by the Numbers. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  38. Seidman, Robert (24 de Setembro de 2010). «Golden Girl Betty White and Tina Fey Rock Bravo's "Inside the Actors Studio" and "Watch What Happens: Live"» (em inglês). The Futon Critic. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  39. a b c Kissell, Rick (24 de Setembro de 2010). «'Big Bang Theory' Dynamite on New Night». Variety (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  40. Rabin, Nathan (23 de Setembro de 2010). «"The Fabian Strategy"». The A.V. Club (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  41. Sassone, Bob (24 de Setembro de 2010). «'30 Rock' Season 5, Episode 1 (Season Premiere) Recap». TV Squad (em inglês). AOL. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  42. Sepinwall, Alan (24 de Setembro de 2010). «'30 Rock' – 'The Fabian Strategy': El duderino stuff» (em inglês). HitFix. Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  43. Stanley, Alessandra (25 de Setembro de 2010). «TV Guests Overstaying Their Welcome». The New York Times (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  44. Fretts, Bruce (24 de Setembro de 2010). «Cheers & Jeers: '30 Rock's Matt Damon  — a Bourne Comedian?». TV Guide (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  45. Wilstein, Matt (28 de Setembro de 2010). «Top 5 Funniest: Fall TV Edition (Videos)». The Huffington Post (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 
  46. Smith, Caitlan (24 de Setembro de 2010). «'30 Rock': How Long Until Tina Fey and Matt Damon Break Up?». The Atlantic (em inglês). Consultado em 11 de Dezembro de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]