The Wall Live in Berlin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The Wall Live in Berlin foi um concerto realizado em 21 de julho de 1990. O show foi encomendado pela prefeitura de Berlim, com a organização de Roger Waters, ex-lider da banda Pink Floyd. 350 mil pessoas pagaram, na época, 41 marcos para assistir o concerto realizado no terreno entre a Potsdamer Platz e o Portão de Brandemburgo, terreno esse que ficou conhecido como "terra sem dono", devido a construção do muro que dividiu a cidade. É considerado um dos maiores espetáculos da história da música, tanto pela gigantesca estrutura e organização, como pela presença de bandas, corais, orquestras, bandas militares e até pelo seu simbolismo poético, visto que o concerto foi realizado justamente para comemorar a queda do Muro de Berlim, ocorrida oito meses antes. No Brasil, o show foi transmitido ao-vivo pela TV Bandeirantes[1] e, em 2003, foi lançado e remasterizado um DVD do evento pela Mercury (Universal Music).

O show aconteceu em um terreno entre o Portão de Brandemburgo e Potsdamer Platz.

Contexto Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 1989, ocorreu a queda do Muro de Berlin, que marcou o fim da divisão entre o mundo capitalista e o socialista.[2] Na história do álbum The Wall (O Muro) há um muro imaginário que aos poucos isola o protagonista da vida real, o que afasta seus amigos e familiares. A queda deste muro representa não só o fim da divisão, mas como o fim de um medo - o medo de se revelar, equiparado ao medo de uma guerra nuclear que assolava todo o mundo, a Guerra Fria.[3]

Roger Waters e sua trupe[editar | editar código-fonte]

Para efetuar o espetáculo, Roger Waters contou com a seguinte banda:

Músicas executadas e seus respectivos convidados[editar | editar código-fonte]

  • 25 - The Tide Is Turning - todos se juntaram nesta última música

Referências

  1. "60 anos de televisão no Brasil - Shows ao vivo". Consultado em 26 de março de 2013. 
  2. "A Queda do Muro de Berlim". Consultado em 26 de março de 2013. 
  3. "The Wall" (em inglês). Consultado em 26 de março de 2013.