Van Morrison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sir Van Morrison
OBE
Informação geral
Nome completo George Ivan Morrison
Nascimento 31 de agosto de 1945 (72 anos)
Origem Belfast, Irlanda do Norte
País  Reino Unido
Gênero(s) Rock, blues, rhythm and blues, folk, blue-eyed soul, celta, rock and roll, jazz, pop, soft rock, country, skiffle, gospel
Instrumento(s) Violão
Saxofone
Vocal
Período em atividade 1967 - atualmente
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Afiliação(ões) Them
Página oficial www.vanmorrison.co.uk

Sir George Ivan "Van" Morrison, Kt., OBE (Belfast, 31 de Agosto, 1945) é um cantor e compositor britânico, natural da Irlanda do Norte.

Dedicou-se desde muito cedo à música porque o seu pai coleccionava discos de jazz, e a mãe era cantora. Atingiu a maturidade à frente dos Them, banda formada em 1964, e com a qual obteve uma série de êxitos. Morrison começou a ficar triste devido à grande utilização de músicos de estúdio por parte da banda e abandonou o seu grupo após uma digressão pelos Estados Unidos em 1966. Regressou a Belfast com a intenção de deixar o mundo da música, mas o produtor Bert Berns convenceu-o a regressar a Nova Iorque e a gravar a solo. Destas primeiras sessões de gravação saiu uma das suas músicas mais conhecidas, "Brown Eyed Girl".

Em 1968, é editado Astral Weeks, considerado por muitos o seu melhor trabalho, muito aclamado pela crítica, mas não tendo muita aceitação por parte do público. Morrison geralmente mostra algum desdém pelas opiniões da imprensa e da crítica. O seu trabalho é, muitas vezes, de natureza espiritual, combinando elementos do jazz, R&B e música celta.

Em 1990, participou no espectáculo de Roger Waters, The Wall in Berlin, com outros convidados, entre os quais Bryan Adams e Scorpions.

Biografia[editar | editar código-fonte]

George Ivan (Van) Morrison nasceu em 31 de agosto de 1945 e cresceu em Bloomfield, Belfast, Irlanda do Norte como o único filho de George Morrison, um estaleiro trabalhador e Violet Stitt Morrison, uma cantora e dançarina amadora na juventude[1][2] . Van foi exposto à música desde a mais tenra idade, como seu pai, trabalhou em Detroit em uma loja de discos de jazz, blues e country and western[3]. O gosto musical do pai foi passado a ele, por isso, cresceu ouvindo artistas como Jelly Roll Morton, Ray Charles, Lead Belly e Solomon Burke. Para um artigo da revista Rolling Stone de 2005 declarou "Esses rapazes foram minha inspiração. Se não houvesse aquele tipo de música, eu não poderia fazer o que eu estou fazendo agora."[4]

Os pais de Van Morrison, observando o interesse pela música do filho, compraram uma guitarra quando ele tinha doze anos de idade. Morrison aprendeu a tocar acordes simples, enquanto estudava a canção em livros. Ele logo formou uma banda chamada Sputniks na escola com amigos. Eles tocaram em alguns dos cinemas locais e, mesmo nessa tenra idade, Van já estava assumindo a liderança do grupo. Aos quatorze anos ele formou outra banda, Midnight Special. Quando esta banda se desfez ele quis aderir à Thunderbolts, mas desistiu por saber tocar guitarra apenas. Depois de pedir ao pai para compra-lhe um saxofone, Van teve aulas de sax tenor e teoria musical com George Cassidy, um professor local, com quem teve aulas por apenas um mês[5]. Ingressou, enfim, na Thunderbolts, tocando nos arredores de Detroit. O jovem Morrison já era conhecido pelo sua natureza lacônica e a sua inabilidade para conviver com os membros das bandas em que tocou. Sua mãe revelou que reservau um dia para dizer-lhe que precisava aprender a lidar melhor com as pessoas. Segundo ela, "Van disse-me que não era que ele não soubesse falar com as pessoas, mas que a música invadia-lhe o tempo todo com novos elementos, o que gerava incompreensões. Por isso, ele não sabia se havia sido abençoado ou amaldiçoado, porque sabia que as palavras e a música não iriam deixá-lo jamais." [6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hinton 1997. p18.
  2. Belfast Telegraph Acessado em 16 de fevereiro de 2008
  3. Rogan 2006. p17.
  4. Rolling Stone Rolling Stone Acessado em 16 de fevereiro de 2008
  5. Turner 1993. p26.
  6. Rogan 2006. pp23-31.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Van Morrison
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Van Morrison