Theodoros Katsanevas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Theodoros Katsanevas
Vida
Nascimento 13 de março de 1947 (69 anos)
Atenas, Grécia
Nacionalidade Grego
Dados pessoais
Partido Movimento Socialista Pan-helénico
Profissão professor

Theodoros Katsanevas (em grego: Θεόδωρος Κατσανέβας; nascido em 1947) é uma académico Grego [1] e fundador em Maio de 2013 do partido político Drachmi Movimento Democrático Grego Cinco Estrelas,[2] que faz campanha pelo o abandono pela Grécia do Euro e pelo retorno ao drachma.[3][4] Foi membro do Parlamento Grego entre 1989-2004[5] pelo Movimento Socialista Pan-helénico (PA.SO.K).[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Katsanevas recebeu a sua licenciatura na Universidade de Pireus.[6] Obteve o grau de Mestre pela Universidade de Warwick e o Doutoramento pela London School of Economics.[6] É professor em Economia do trabalho na Universidade do Pireu.[5][6]

Em 1981, esteve entre os autores do programa do Primeiro Gabinete de Andreas Papandreou e foi inicialmente nomeado para a Organização Grega para o Emprego de Mão de Obra (OAED, Οργανισμός Απασχόλησης Εργατικού Δυναμικού; Ο.Α.Ε.Δ.), e posteriormente em 1985 para a Segurança Social Grega. Foi eleito deputado no segundo distrito eleitoral de Atenas pelo PASOK de 1989 até 2004, após o que foi oficialmente impedido de se candidatar, pelo próprio partido.[7]

O testamento de Papandreou[editar | editar código-fonte]

Até ao seu divórcio em 2000, foi casado com Sofia, a filha de Andreas Papandreou, ex Primeiro-ministro da Grécia.[2][8] No seu testamento, como publicamente divulgado em 13 setembro 1996, Papandreou descreveu Katsanevas como uma "desgraça para a familia" (em grego: όνειδος της οικογένειας)[9][2][8][10][11][12][13][14] e afirmou que "o seu objetivo era herdar politicamente a história de luta de Georgios Papandreou e Andreas Papandreou"[15][16][17][18] (Georgios Papandreou era o pai de Andreas e também um Primeiro Ministro Grego).

Theodoros Katsanevas disputa a autenticidade do testamento[17] e em 2003 ganhou um julgamento por difamação contra Spyros Karatzaferis, editor de um jornal que durante algum tempo em 1998 publicou, diariamente na página principal, uma fotografia de Katsanevas com o subtítulo "Desgraça". O julgamento do caso contudo não lidou com a questão da autenticidade do testamento.[2]

Como resultado desta questão ter sido descrita na versão Wikipédia em grego da biogravia de Katsanevas, este criou um processo contra um utilizador e editor grego da Wikipedia ("Diu") e contra a Sociedade Grega de Software Livre / Open Source ("GFOSS", aka "EELLAK"), apesar de nenhum ter qualquer controlo sobre a Wikipedia.[1][2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Wikimedia Foundation supports Wikipedia user subject to defamation lawsuit in Greece — Wikimedia blog». Wikimedia Foundation. Consultado em 14 February 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  2. a b c d e f Kostas Efimeros (13 de fevereiro de 2014). «How a Greek politician is attempting to rewrite history by suing Wikipedia, the online encyclopedia he doesn't understand». thepressproject.net. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  3. (em grego) Γκρίλο α λα ελληνικά (Grillo a la Grec), 09.05.2013, I Avgi
  4. (em grego) "Δραχμή 5 αστέρων": Το νέο κόμμα του Κατσανέβα (Drachma 5 Star, the new party of Katsanevas), news247.gr, 8/5/2013
  5. a b «Theodore Katsanevas, MA (Warwick), PhD (LSE)». University of Piraeus. Consultado em 14 February 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  6. a b c «Βιογραφικό» (em Greek). University of Piraeus. Consultado em 16 February 2014  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  7. (em grego) «Εκτός ψηφοδελτίων ΠΑΣΟΚ οι «εννέα» που υπέγραψαν την τροπολογία για το Πόρτο Καρράς». In.gr. 23 de janeiro de 2004. Consultado em 14 de fevereiro de 2014 
  8. a b «Katsanevas Papandreou - Disinherited children contest Papandreou's will Greek premier had left entire estate to widow». Baltimore Sun. Consultado em 15 de fevereiro de 2014. Papandreou's daughter, Sophia, and her husband, Theodore Katsanevas, have announced that they are bringing suit to challenge the will's validity. [...] Papandreou, in one of his wills, said Katsanevas, a Socialist Party politician, was the "family disgrace" and was trying to exploit the Papandreou name to promote his own political ambitions. 
  9. Reactions to Papandreou's will, Athens News Agency, 13/09/1996
  10. «Papandreous' legacy - SFGate». Consultado em 15 de fevereiro de 2014  (Note: uses the word "disgrace").
  11. (em grego) «Διαμάντια & σκουπίδια - ολιτισμός». tovima.gr. Consultado em 14 de fevereiro de 2014 
  12. (em grego) «Διαθήκη εκ του διατίθημι». protagon.gr. Consultado em 14 de fevereiro de 2014 
  13. (em grego) «Η διαθήκη σε... δίκη». tovima.gr. Consultado em 14 de fevereiro de 2014 
  14. (em italiano) «Atene: il fattore Mimì s'abbatte sul voto». archiviostorico.corriere.it. Consultado em 14 de fevereiro de 2014. la disgrazia di famiglia  (disgrazia means disgrace).
  15. (em grego) «Οι διαθήκες του Ανδρέα Παπανδρέου». Ριζοσπάστης. 13 de setembro de 1996. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  16. Andreas Papandreou's wills opened Dimitra Liani receives archives, Athens News Agency, 13/09/1996
  17. a b Reactions to Papandreou's will, Athens News Agency, 13/09/1996
  18. Two wills of the late Andreas Papandreou submitted to the Court, Antenna News in English, 13/09/1996

Ligações externas[editar | editar código-fonte]