Tião Carreiro & Pardinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tião Carreiro (José Dias Nunes) & Pardinho (Antônio Henrique de Lima)
Informação geral
Origem Montes Claros Mg (*13/12/1934 à +15/10/1993),São Carlos Sp (*14/08/1932 à +02/06/2001)
País  Brasil
Gênero(s) Moda de Viola, Sertanejo, Pagode, Cateretê, Cururú e outros ritmos.
Período em atividade 1954 - 1988
Gravadora(s) Chantecler/Continental (divisão da Warner Music Brasil)
Página oficial http://www.tiaocarreiroepardinho.com.br/
http://www.tiaocarreiro.pgl.com.br/
Integrantes Tião Carreiro
Pardinho

Tião Carreiro & Pardinho foi uma dupla sertaneja brasileira, cuja carreira se estendeu por dois perídos (de 1954 a 1978 e 1981 a 1993.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1954, Tião Carreiro conheceu Pardinho no Circo Rapa Rapa, em Pirajuí ([[São Pauuando Tião ainda tinha o pseudônimo de Zé Mineiro. Lá, eles cantaram pela primeira vez. Em 1956, resolveram tentar a sorte em São Paulo, onde conheceram o prestigiado compositor sertanejo Teddy Vieira que, ouvindo a dupla, batizou José Dias Nunes de Tião Carreiro. Em novembro de 1956, gravaram o primeiro disco juntos com destaque para as músicas "Cavaleiro do Bom Jesus" (de João Alves, Nhô Silva e Teddy Vieira) e "Boiadeiro Punho de Aço" (de Teddy Vieira e Pereira).

A dupla Tião Carreiro e Pardinho é tida como uma das principais da música sertaneja de raiz e inventores do pagode, considerados artistas de primeira linha no gênero. Encenaram também duas peças teatrais, "O Mineiro e o Italiano", um melodrama baseado na música, e "Pai João", o drama de um velho carreiro, e gravaram o filme Sertão em Festa, ambos com grande sucesso. Tião Carreiro e Pardinho chegaram a gravar quase 30 LPs, todos remasterizados em CDs, que continuam em catálogo.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1961 - Rei do Gado
  • 1963 - Casinha da Serra
  • 1964 - Linha de Frente
  • 1964 - Repertório de Ouro
  • 1965 - Os Reis do Pagode
  • 1966 - Boi Soberano
  • 1967 - Pagode na Praça
  • 1967 - Os Grandes Sucessos de Tião Carreiro & Pardinho
  • 1967 - Rancho dos Ipês
  • 1968 - Encantos da Natureza
  • 1968 - Tião Carreiro & Pardinho e Seus Grandes Sucessos
  • 1969 - Em Tempo de Avanço
  • 1970 - Sertão em Festa
  • 1970 - Show
  • 1970 - A Força do Perdão
  • 1971 - Abrindo Caminho
  • 1972 - Hoje Eu Não Posso Ir
  • 1973 - Sucessos de Tião Carreiro & Pardinho
  • 1973 - Viola Cabocla
  • 1973 - A Caminho do Sol
  • 1974 - Modas de Viola Classe "A"
  • 1974 - Esquina da Saudade
  • 1974 - Tangos em Dueto
  • 1975 - Modas de Viola Classe "A" - Volume 2
  • 1975 - Duelo de Amor
  • 1976 - Rio de Pranto
  • 1976 - Os Grandes Sucessos de Tião Carreiro & Pardinho - Volume 2
  • 1976 - É Isto que o Povo Quer
  • 1977 - Pagodes
  • 1977 - Rancho do Vale
  • 1978 - Terra Roxa
  • 1979 - Disco de Ouro
  • 1979 - Golpe de Mestre
  • 1979 - Pagodes - Volume 2
  • 1979 - Tião Carreiro em Solo de Viola Caipira
  • 1981 - Modas de Viola Classe "A" - Volume 3
  • 1982 - Navalha na Carne
  • 1983 - No Som da Viola
  • 1984 - Modas de Viola Classe "A" - Volume 4
  • 1985 - Felicidade
  • 1986 - Estrela de Ouro
  • 1988 - A Majestade "O Pagode"
  • 1994 - Som da Terra
  • 1994 - Som da Terra - Volume 2 - Pagodes
  • 1994 - Som da Terra - Volume 3 - Modas de Viola
  • 1996 - Saudades de Tião Carreiro - Diversas Duplas
  • 1998 - Sucessos de Ouro de Tião Carreiro & Pardinho - As Românticas
  • 1999 - Popularidade
  • 2001 - Warner 25 anos
  • 2003 - Os Gigantes
  • 2006 - Warner 30 anos

Observação : Em 1978, Houve o anúncio do fim da dupla, na época, Tião Carreiro formou dupla com o cantor e compositor Paraíso e lançaram 3 LPS, Sendo um ( 1978) pela Gravadora Continental e outros dois ( ambos em 1980) pela Gravadora Chantecler. Já Pardinho, formou a dupla Pardinho & Pardal, lancando 5 LPS (1 em 1978,1 em 1979,2 em 1980 e o último em 1981).

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.