Tocantins (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Tocantins, veja Tocantins (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Para o estado brasileiro, veja Tocantins.
Tocantins
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico tocantinense
Localização
Localização de Tocantins em Minas Gerais
Localização de Tocantins em Minas Gerais
Tocantins está localizado em: Brasil
Tocantins
Localização de Tocantins no Brasil
Mapa de Tocantins
Coordenadas 21° 10' 30" S 43° 01' 18" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Ubá, Piraúba, Rio Pomba e Dores do Turvo
Distância até a capital 268 km
História
Fundação 27 de dezembro de 1948
Administração
Prefeito(a) Ieder Washington de Oliveira (PHS, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 173,994 km²
População total (Est. IBGE/2014[3]) 16 567 hab.
Densidade 95,22 hab./km²
Clima Tropical de altitude (Cwa)
Altitude 364 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 36512-000 a 36512-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,762 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 106 117,649 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 6 514,28
Outras informações
Padroeiro(a) São José[6]
www.tocantins.mg.gov.br (Prefeitura)
www.tocantins.mg.leg.br (Câmara)

Tocantins é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localiza-se a uma latitude de 21º10'30" sul e uma longitude de 43º01'18" oeste, estando a uma altitude de 364 metros e uma distância de aproximadamente 280 km da capital do estado, Belo Horizonte. A unidade territorial tem uma área de 174 km² e a população em julho de 2014 era de 16 567 habitantes.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A fundação do povoado que deu origem ao município está relacionada aos conflitos de terras entre brancos e índios na região durante os séculos XVIII e XIX. Nessas lutas, ficou famoso o padre Manuel de Jesus Maria, pelos novos processos usados no aldeamento dos Coroados e Coropos.

A povoação desenvolveu-se num vale ao longo do rio Paraopeba, região habitada por índios das tribos cropo e goitacá. O lugar era ponto de descanso de tropeiros que, certa vez, trouxeram uma imagem de São José e a deixaram numa prateleira do acampamento.

Assim, em torno da devoção dos que ali passavam em direção às cidades de Ubá e de Visconde do Rio Branco, surgiu o primeiro nome do vilarejo: São José da Prateleira, que posteriormente passou a ser denominado São José do Paraopeba. Chamou-se, mais tarde, São José do Tocantins, tornando-se município de Tocantins em 1948, com território desmembrado de Ubá.

Fonte: Secretaria da Cultura em : 1 de outubro de 1999

Turismo[editar | editar código-fonte]

  • Festa do Padroeiro São José: Acontece durante o triduo de São José. A imagem do santo, visita as "comunidades" de São Gabriel, Grama e Patrimônio. De uma comunidade para a outra a imagem é levada em procissão com afluxo de 1.500 a 3.000 pessoas,com cantos e meditação do rosário. No dia 19 é levada para a Igreja Matriz onde é feita a celebração da Santa Missa com ofertório de 18 comunidades pertencente a paróquia.
  • Jubileu do Sr. Bom Jesus e N. Srª das Dores: Procissão de abertura com as imagens do Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Artísticas imagens talhadas em madeira pelo artista Antônio Benedicto de Santa Bárbara - conhecido por Mestre Santa Bárbara, entalhador natural de Mariana, que faleceu em Mercês do Pomba em 1900.
  • Carnaval: As escolas de samba se preparam durante todo o ano para o desfile. As alas e os carros alegóricos são caracterizados de acordo com o enredo da escola. Em dois dias de carnaval as escolas desfilam pela avenida. Após o desfile das escolas é realizado o carnaval de rua.
  • Semana do Tocantinense Ausente: Apresentação de vários conjuntos musicais de município, da região e de outros Estados. Realização de gincana competitiva, onde as equipes cumprem tarefas que mostram a história e a cultura do município. Há competições esportivas, e outros.
  • Aniversário da Cidade: Comemoração composta de desfile estudantil, apresentação de artistas, manifestações culturais locais, rodeio, leilão de gado e espetáculo pirotécnico.

População[editar | editar código-fonte]

Total de Habitantes: 15823 (IBGE 2010) Total de Eleitores: 11955(TSE 2006) População Urbana: 12909 População Rural: 2914

Possui uma área de 173,866 km².

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. a b «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2014» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2014. Consultado em 6 de julho de 2015 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 7. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.