Trampling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Trampling é um fetiche que consiste no ato de um indivíduo ser pisado por uma ou mais pessoas, sendo o mais comum uma mulher pisando num homem.[1] As pessoas adeptas desse fetiche podem andar, pisar e em alguns casos até pular, descalça ou não, em várias partes do corpo do praticante submisso, como peito, barriga e até mesmo cabeça e órgãos genitais. O uso de salto-alto também é comum para a realização deste fetiche.

Exemplo de trampling sendo praticado

O trampling é geralmente associado à podolatria e ao fetichismo de sapatos. E por ser um fetiche capaz de causar dor, ele também é muitas vezes associado ao sadomasoquismo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Este artigo sobre BDSM é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.