Trifon Ivanov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trifon Ivanov
Трифон Иванов
Informações pessoais
Nome completo Trifon Marinov Ivanov
Data de nasc. 27 de julho de 1965
Local de nasc. Bulgária
Nacionalidade Bulgária búlgaro
Falecido em 13 de fevereiro de 2016 (50 anos)
Local da morte Veliko Tarnovo, Bulgária
Altura 1,81 m
Apelido Lobo búlgaro
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1983–1988
1988–1990
1990–1993
1991–1992
1992
1993–1995
1995
1995–1997
1997–1998
1998
1998–2001
Flag of Bulgaria (1971 – 1990).svg Etar Veliko Tarnovo
Bulgária CSKA Sófia
Espanha Real Betis
Bulgária Etar Veliko Tarnovo (emp.)
Bulgária CSKA Sófia (emp.)
Suíça Neuchâtel Xamax
Bulgária CSKA Sófia (emp.)
Áustria Rapid Viena
Áustria Áustria Viena
Bulgária CSKA Sófia (emp.)
Áustria Floridsdorfer
00062 000(7)
00064 000(8)
00052 000(9)
00012 000(1)
00005 000(1)
00025 000(3)
00007 000(0)
00053 000(7)
00011 000(0)
00010 000(1)
00052 000(8)
Seleção nacional
1988–1998 Flag of Bulgaria.svg Bulgária 76 (6)

Trifon Marinov Ivanov, em búlgaro, Трифон Маринов Иванов (?, 27 de julho de 1965 - Veliko Tarnovo, 13 de fevereiro de 2016) foi um futebolista búlgaro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Iniciou a carreira em 1983, no Etar Veliko Tarnovo. Em 18 anos como jogador profissional, destacou-se pelo CSKA Sófia, pelo qual disputou 86 jogos nas 4 passagens que teve pelo clube, marcando 10 gols. Passou também pelo futebol espanhol, representando o Real Betis entre 1990 e 1993 (52 partidas e 9 gols marcados). Jogaria também no Neuchâtel Xamax (Suíça) e defendeu, ainda, os grandes rivais da Áustria (Áustria Viena e Rapid Viena). Deixou os gramados em 2001, em outra equipe austríaca, o Floridsdorfer.

Seleção Búlgara[editar | editar código-fonte]

Ivanov, que estreou pela Seleção Búlgara em 1988, integrou a equipe que foi uma das sensações da Copa de 1994. O país, que jamais havia vencido nos cinco mundiais anteriores, chegou ao quarto lugar, consagrando a geração do craque Hristo Stoichkov. Ivanov chamava atenção pelo seu visual, com barba e corte mullet de cabelo, que fizeram-no ser conhecido como O Lobo Búlgaro.

Jogou também a Eurocopa de 1996 e a Copa de 1998 (tendo feito o gol da classificação búlgara para o torneio, contra os russos), herdando a braçadeira de capitão, porém a Bulgária voltou a cair cedo. Em uma década de seleção, o zagueiro atuou em 76 partidas e marcou 6 gols.

Morte[editar | editar código-fonte]

Ivanov morreu de infarto do miocárdio em 13 de fevereiro de 2016, em sua casa, na cidade de Veliko Tarnovo.[1][2]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Trifon é considerado por muitos até hoje, como um dos mais temidos defensores em Copas do Mundo. Dois motivos eram destacáveis: seu jeito ríspido de se jogar bola, e seu visual amedrontador para alguns.[3]

No Brasil há um torneio de futebol amador semestral chamado Copa Trifon Ivanov.

Referências

Bandeira de BulgáriaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas búlgaros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.