Ty Law

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ty Law
No. 24, 22, 26     
Cornerback
Informações pessoais
Data de nascimento: 10 de fevereiro de 1974 (44 anos)
Aliquippa, Pensilvânia
Informação da carreira
Faculdade: Michigan
Draft da NFL: 1995 / Rodada: 1 / Escolha: 23
Estreou em 1995 pelo New England Patriots
Jogou pela última vez em 2009 pelo Denver Broncos
História da carreira
 Como jogador:
Pontos altos na carreira e prêmios
  • 3× Campeão do Super Bowl (XXXVI, XXXVIII, XXXIX)
  • 5× Selecionado para o Pro Bowl (1998, 2001–2003, 2005)
  • 2× Primeiro-TimeAll-Pro (1998, 2003)
  • 2× Líder em interceptações na NFL (1998, 2005)
  • NFL 2000s All-Decade Team
  • Hall da Fama do New England Patriots
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2009
Tackles     838
Passes desviados     169
Interceptações     53
Touchdowns     7
Sacks     5.0
Estatísticas no NFL.com

Tajuan E. "Ty" Law (nascido em 10 de fevereiro de 1974) é um ex-jogador de futebol americano que jogou como cornerback durante quinze temporadas na National Football League (NFL).[1]

Ele jogou futebol americano universitário na Universidade de Michigan. Ele foi selecionado pelo New England Patriots na 23º escolha geral no Draft de 1995 da NFL.

Law foi selecionado duas vezes All-Pro, cinco vezes para o Pro Bowl, foi MVP do Pro Bowl e ganhou três Super Bowls com os Patriots. Suas 53 interceptações na carreira ocupam o 24º lugar na história da NFL.

Ele também é amplamente considerado como um dos melhores defensores dos Patriots de todos os tempos e foi adicionado ao Hall da Fama do New England Patriots como o 20º membro.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Law frequentou a Aliquippa High School, em Aliquippa, Pensilvânia, no condado de Beaver, Pensilvânia, onde jogou futebol americano, basquete e atletismo. Ele jogou no colégio como cornerback, safety, wide receiver e running back. Ele foi nomeado MVP do time de basquete da escola.[2]

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Law teve um período de três anos na Universidade de Michigan, onde ele conquistou honras All-American da Walter Camp Football Foundation e foi duas vezes uma seleção unânime para a All-Big Ten Conference.

Ele estava na capa da edição de 3 de outubro de 1994 da Sports Illustrated, apesar de ter sido uma honra ignominiosa: ele é o defensor de quem Michael Westbrook, de Colorado, está pulando na famosa jogada "Miracle at Michigan".

Após o seu primeiro ano, ele deixou Michigan para entrar no Draft da NFL de 1995 devido a dificuldades financeiras depois que seu avô declarou a falência.[3]

Ele terminou sua carreira na faculdade com 154 tackles, (120 solo, 34 assistências), 6 interceptações e 17 passes desviados.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

New England Patriots[editar | editar código-fonte]

Law foi selecionado como a 23º escolha geral na primeira rodada do Draft de 1995 pelo New England Patriots, onde passou a maior parte de sua carreira. Em 1998, ele ganhou sua primeira viagem ao Pro Bowl. Naquele ano, ele liderou a liga com nove interceptações, a primeira vez que um jogo dos Patriots liderou a liga em interceptações.

Law ganhou seu primeiro anel do Super Bowl com os Patriots em 2001. No Super Bowl XXXVI, ele interceptou um passe de Kurt Warner e retornou 47 jardas para um touchdown, esses foram os primeiros pontos dos Patriots no jogo, que venceram o jogo por 20-17.[4]

Law foi eleito para o Pro Bowl pelo segundo ano consecutivo e pela quarta vez em sua carreira após a temporada de 2003. Em 2003, ele fez parte de uma defesa recordista dos Patriots que liderou a NFL em quatro categorias principais: pontos permitidos por jogo (14,9), rating dos oponentes (56,2), interceptações (29) e touchdowns permitidos (11). Seu jogo físico contra alguns dos melhores receptores do jogo levou a NFL a aplicar mais estritamente a regra de contato ilegal de cinco jardas após a temporada de 2003. Na AFC Championship contra o Indianapolis Colts, Law interceptou três passes do quarterback dos Colts, Peyton Manning, ajudando seu time a chegar a uma vitória por 24-14 e sua segunda aparição no Super Bowl em 3 anos, onde derrotou o Carolina Panthers por 32-29.[5]

Law ganhou seu terceiro anel do Super Bowl com os Patriots em 2004, mas perdeu os últimos 9 jogos da temporada e todos os três jogos dos playoffs devido a uma lesão no pé.[6]

Em 25 de fevereiro de 2005, Law foi dispensado pelos Patriots devido a seu salário de US $ 12.551.000.[7] Desde então, ele representou os Patriots em alguns jogos como capitão de equipe honorário. Em 2014, ele foi introduzido no Hall of Fame dos Patriots.

New York Jets[editar | editar código-fonte]

Depois de 10 anos com o New England Patriots, Law assinou com o rival New York Jets para a temporada de 2005.[8] Ele então teve uma das suas melhores temporadas, fazendo 10 interceptações. Ele foi o único jogador dos Jets que foi votado no Pro Bowl nessa temporada.

Law foi dispensado pelo New York Jets em 22 de fevereiro de 2006, quando os Jets projetaram o teto salarial em US $ 26 milhões em 2006.[9] Ele deveria faturar US $ 7,6 milhões em 2006.

Kansas City Chiefs[editar | editar código-fonte]

Law (direita) com o ex-companheiro de equipe dos Chiefs, Patrick Surtain, em 2007

Em 25 de julho de 2006, Law passou no exame físico do Kansas City Chiefs e assinou um contrato de cinco anos no valor de US $ 30 milhões.[10]

Segunda passagem nos Jets[editar | editar código-fonte]

Em 10 de novembro de 2008, Law concordou com os termos de um contrato de um ano com o New York Jets. Após o final da temporada, os Jets mais uma vez o dispensaram em 24 de fevereiro de 2009.

Denver Broncos[editar | editar código-fonte]

Law assinou com o Denver Broncos em 7 de novembro de 2009.[11] Ele terminou a temporada com 10 tackles e 1 interceptação para 37 jardas. Ele foi dispensado pelos Broncos em 24 de fevereiro de 2010.

Seu tempo em Denver foi curto e sem complicações, durando apenas uma temporada. Mesmo que sua última temporada tenha sido em Denver, Ty Law será lembrado e reverenciado por suas contribuições em New England; Ele até afirmou: "Eu sou um Patriots pelo resto da vida".[12]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano Time Jogos Total de tackles Sacks Fumbles Fumbles Recuperados Interceptações Jardas AVG LNG TD
1995 NE 14 40 1.0 0 0 3 47 16 38 0
1996 NE 13 56 0.0 0 0 3 45 15 38 1
1997 NE 16 69 0.5 0 1 3 70 23 40 0
1998 NE 16 60 0.0 0 1 9 133 15 59 1
1999 NE 13 48 0.5 2 1 2 20 10 27 1
2000 NE 15 58 0.0 0 0 2 32 16 32 0
2001 NE 16 59 1.0 0 0 3 91 30 46 2
2002 NE 16 59 1.0 1 1 4 33 8 29 0
2003 NE 15 60 0.0 0 0 6 112 19 65 1
2004 NE 7 23 0.0 0 0 1 0 0 0 0
2005 NYJ 16 45 0.0 0 0 10 195 20 74 1
2006 KC 16 64 1.0 3 0 4 11 3 16 0
2007 KC 16 39 0.0 0 0 2 2 1 2 0
2008 NYJ 7 14 0.0 1 0 0 0 0 0 0
2009 DEN 7 9 0.0 0 0 1 37 37 37 0
Carreira 203 703 5.0 7 4 53 828 16 74 7

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Depois de se aposentar da NFL, Law fundou a Launch Trampoline Park, uma cadeia de instalações de entretenimento baseada em torno de grandes áreas de trampolins conectados. Launch atualmente tem locais franqueados em toda a Nova Inglaterra, com um parque aberto em Delaware. O site de Launch em Rhode Island informa que Law faz aparições freqüentes lá, onde participa de jogos de trampolim com Queimada.[13]

Em 19 de maio de 2014, Law foi introduzido no Hall of Fame do New England Patriots.

Referências

  1. «Ty Law Stats». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  2. «Ty Law». www.bcshof.org. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  3. «ESPN.com - Page2 - Ty Law». www.espn.com. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  4. «Super Bowl XXXVI - St. Louis Rams vs. New England Patriots - February 3rd, 2002». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  5. «Super Bowl XXXVIII - New England Patriots vs. Carolina Panthers - February 1st, 2004». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  6. «Super Bowl XXXIX - Philadelphia Eagles vs. New England Patriots - February 6th, 2005». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  7. «Patriots lay down Law: Cornerback released». ESPN.com (em inglês). 25 de fevereiro de 2005. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  8. PRESS, THE ASSOCIATED. «Jets sign five-time Pro Bowl cornerback Ty Law - NY Daily News». nydailynews.com. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  9. «Jets part ways with Fiedler, Law, Fabini». www.patriots.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  10. «Chiefs Sign Ty Law». Kansas City Chiefs (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  11. «Cornerback Law signs contract with Broncos». ESPN.com (em inglês). 6 de novembro de 2009. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  12. «Ty Law: 'I'm A Patriot For Life'» (em inglês). 29 de julho de 2014. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  13. «Launch Trampoline Park Warwick, RI | Contact». Warwick, RI (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019