Universidade de Luanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Universidade de Luanda
UniLuanda
Fundação 29 de outubro de 2020 (2 anos)
Tipo de instituição Pública
Mantenedora Emblem of Angola.svg Ministério do Ensino Superior
Localização Luanda,  Angola
Reitor(a) Alfredo Gabriel Buza[1]
Campi Luanda
Belas
Talatona

A Universidade de Luanda (UniLuanda)[2] é uma universidade pública angolana sediada na cidade de Luanda.[3]

A universidade surgiu da fusão do Instituto Superior para as Tecnologias da Informação e Comunicação e do Instituto Superior de Gestão, Logística e Transportes, e de transformação das faculdades de artes e de serviço social. Antes da criação da UniLuanda eram instituições de ensino superior autônomas espalhadas pela província de Luanda.[4]

Tem sua área de atuação restrita a província de Luanda.[5]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os organismos fundadores da UniLuanda surgiram do decreto-lei n.° 7/09, de 12 de maio de 2009, aprovado pelo Conselho de Ministros, que criou na data o Instituto Superior para as Tecnologias da Informação e Comunicação (ISUTIC) e o Instituto Superior de Serviço Social (ISSS).[6] O mesmo decreto criou também o Instituto Superior de Artes (ISArt), porém este só entrou em operação em 2013.[7]

No ano de 2016 o despacho presidencial nº 38/16, de 24 de março de 2016, criou o Instituto Superior de Gestão, Logística e Transportes (IPGEST).

Pelo decreto presidencial nº 285, de 29 de outubro de 2020 — que reorganiza a Rede de Instituições de Ensino Superior Pública de Angola (RIPES) —, as referidas instituições foram integradas a recém-formada Universidade de Luanda (UniLuanda) O ISUTIC e o IPGEST permeneceram como institutos, enquanto que formaram-se a Faculdade de Serviço Social e a Faculdade de Artes.[8]

Organismos componentes[editar | editar código-fonte]

As instituições orgânicas da Universidade de Luanda são:

Referências

  1. Reitor da Universidade de Luanda anuncia abertura do ano acadêmico. Rádio Nacional de Angola. 4 de outubro de 2022.
  2. Maria Teixeira (28 de maio de 2021). «Funcionários do IPGEST em risco de ficarem desempregados». O País/Press Reader 
  3. Aviso sobre inscrições para os exames de acesso ao ensino superior. FSS-UniLuanda. 5 de agosto de 2021.
  4. Malanje e Namibe têm novas universidades. Jornal de Angola. 30 de julho de 2020.
  5. Extinção das regiões académicas leva à fusão das instituições. Expansão. 20 de agosto de 2020
  6. Barreto, M. A.; Costa, A. B.. II Coopedu Africa e o Mundo: Livro de Atas. Lisboa: ISCTE-IUL/CEA/ESECS-IPL, 2012.
  7. Instituto Superior de Artes anuncia primeiros finalistas. Quilamba News. 17 de maio de 2019.
  8. Decreto presidencial nº 285, de 29 de outubro de 2020 - Estabelece a reorganização da Rede de Instituições Públicas de Ensino Superior. Diário da República - I Série - nº 173. 29 de outubro de 2020.