Universidade de Marburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Universidade de Marburgo
Philipps-Universität Marburg
Latim:Alma Mater Philippina
Emblema da Universidade de Marburgo
Lema SCHOLA MARPVRGENSIS (Escola Marburguense)
Fundação 1527 (489 anos)
Tipo de instituição pública
Localização Marburgo, Hesse, Alemanha
Funcionários 8.750 (incl. funcionários do hospital)
Reitor(a) Prof. Dr. Katharina Krause
Total de estudantes ca. 25.700 (2014)
Afiliações Grupo Compostela de Universidades
Página oficial http://www.uni-marburg.de
A parte antiga da Universidade.

A Universidade de Marburgo (em alemão: Philipps-Universität Marburg) é uma instituição de ensino superior pública fundada em 1 de julho de 1527 e localizada em Marburgo, no estado de Hesse, Alemanha.[1]

História:[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 1527 pelo landgrave Filipe I de Hesse (chamado de Magnânimo), como a segunda mais antiga universidade protestante do mundo. A primeira, que foi fundada em 1526 e funcionou apenas até o ano de 1530, localizava-se em Liegnitz, também na Alemanha.[2] A universidade marburguense é a mais antiga do estado de Hesse.[3] Em 1609, a Universidade estabeleceu o primeiro professorado de química da História.

Em 2016, a instituição conta com cerca de 26.820 estudantes e 8.750 empregados (incluídos os funcionários do Hospital Universitário),[4][5] fazendo de Marburgo uma típica cidade universitária (Universitätsstadt), com menos de 80.000 habitantes.[6] O percentual de estudantes mulheres é maior (55,6%), somando no total 14.915 alunas em 2016.[7] O número de estudantes estrangeiros também é elevado, ou seja, 3.397 alunos (12,7%).[8] Mesmo possuindo disciplinas agrupadas, a Universidade de Marburg não possui um único campus.

Marburgo é a casa de uma das mais tradicionais faculdades de Medicina da Alemanha. A união de médicos da Alemanha (em alemão: Verband der angestellten und beamteten Ärztinnen und Ärzte Deutschlands e.V.) é chamada "Marburger Bund".[9]

Faculdades[editar | editar código-fonte]

No começo, a universidade foi formada pelas tradicionais faculdades de Teologia, Medicina, Direito e Filosofia. Depois, em 1964, passa a cotar com as faculdades de Matemática e Ciências Exatas (ou da Natureza) (em alemão: Naturwissenschaften). No ano de 1970, a Universidade organiza-se em 20 áreas principais (em alemão: Fachbereiche). Em 1997, acrescenta-se novos institutos, ampliando-se uma nova área de estudo. Algumas faculdades que acabaram se destacando nos últimos anos foram a de Psicologia e Farmácia.

A organização estrutural das Faculdades (em alemão: FB ou Fachbereiche) na Universidade de Marburgo é assim disposta:

  • FB 01 – Ciências Jurídicas (Rechtswissenschaften)
  • FB 02 – Ciências Econômicas (Wirtschaftswissenschaften)
  • FB 03 – Ciências Sociais e Filosofia (Gesellschaftswissenschaften und Philosophie)
  • FB 04 – Psicologia (Psychologie)
  • FB 05 – Teologia Evangélica (Evangelische Theologie)
  • FB 06 – História e Ciências da Cultura (Geschichte und Kulturwissenschaften)
  • FB 09 – Lingua e Literatura Germânicas e Ciências da Arte (Germanistik und Kunstwissenschaften)
  • FB 10 – Filologias Estangeiras (Fremdsprachliche Philologien)
  • FB 12 – Matemática e Informática (Mathematik und Informatik)
  • FB 13 – Física (Physik)
  • FB 15 – Química (Chemie)
  • FB 16 – Farmácia (Pharmazie)
  • FB 17 – Biologia (Biologie)
  • FB 19 – Geografia (Geographie)
  • FB 20 – Medicina (Medizin)
  • FB 21 – Ciências Pedagógicas (Erziehungswissenschaften)

Personalidades[editar | editar código-fonte]

O edifício da Antiga Universidade ou Alte Universität
Refeitório universitário Lahnbergen da Universidade
Terraço junto ao Refeitório da Universidade

Inúmeros alunos, professores e pesquisadores da Universidade de Marburgo tiveram destaque em suas respectivas áreas de pesquisa.[10] Dentre eles pode-se destacar os seguintes:

Ganhadores do Prêmio Nobel

A universidade associa-se com 11 ganhadores do Prêmio Nobel:

Ganhadores do Prêmio Leibniz (Alemanha)

Destaca-se também os ganhadores do prêmio Leibniz (em alemão: Leibniz-Preisträger), um prêmio oferecido, desde 1986, a pesquisadores destacados de nacionalidade alemã. O prêmio Leibniz confere um valor de 2,5 milhões de Euros aos projetos vinculados ao pesquisador galardoado. Os pesquisadores da Universidade de Marburgo, no total 11 deles, que receberam o prêmio foram:

Referências

  1. (em inglês) History of the Philipps-Universität. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  2. (em inglês) History of the Philipps-Universität. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  3. (em inglês) Insights into Philipps-Universität. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  4. (em inglês) University's Employees. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  5. (em alemão) Aktuelle Zahlen auf einen Blick. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  6. (em inglês) Insights into Philipps-Universität. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  7. (em alemão) Aktuelle Zahlen auf einen Blick. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  8. (em alemão) Aktuelle Zahlen auf einen Blick. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016
  9. (em alemão) Marburger Bund. Página oficial da União de Médicas e Médicos da Alemanha. Acesso em 04 de outubro de 2016
  10. (em alemão) Bedeutende Persönlichkeiten der Philipps-Universität. Página oficial da Universidade. Acesso em 04 de outubro de 2016

Ligações externas:[editar | editar código-fonte]