Veronica Guerin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Veronica Guerin
Nascimento 5 de julho de 1958
Marselha
Morte 26 de junho de 1996 (37 anos)
auto-estrada M7
Cidadania República da Irlanda
Alma mater Trinity College, Dublin
Ocupação contador, jornalista, escritora, futebolista
Prêmios Prêmios Internacionais de Liberdade de Imprensa CPJ, Instituto Internacional de Imprensa Heróis da Liberdade de Imprensa Mundial
Religião Igreja Católica

Veronica Guerin (Artane, 5 de julho de 1958Dublin, 26 de junho de 1996) foi uma jornalista irlandesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou tardiamente na profissão, depois dos 30 anos, e gostava do jornalismo investigativo. Exemplo de determinação e coragem, sua vontade incessante por justiça fez com que pagasse com a vida a investigação a fundo sobre a máfia e o tráfico de drogas em Dublin, capital da Irlanda, durante a década de 1990. Denunciou também a ligação que alguns dos mais importantes gângsteres tinham com o IRA. Sofreu um atentado e chegou a ser espancada por um dos maiores mafiosos da cidade.

Depois do seu assassinato, a população da Irlanda se revoltou e foi às ruas fazer protestos, e os barões do tráfico tiveram seus bens confiscados e foram presos. Um ano depois do acontecido, os crimes caíram em mais de 50% na Irlanda.

Veronica Guerin é considerada uma heroína na Irlanda.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Dois filmes foram realizados baseados na história de Veronica Guerin:

Canções[editar | editar código-fonte]

A banda de metal progressivo Savatage incluiu uma canção baseada na história da jornalista no álbum The Wake of Magellan, de 1998.

O músico irlandês Christy Moore também escreveu uma canção em sua homenagem, chamada Veronica.