Viking 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Viking 2
Viking lander model.jpg
Aterrizador da Viking 2
Descrição
Operador(es) NASA/JPL
Propriedades
Massa de lançamento Total: 3527 kg
Missão
Data de lançamento 9 de setembro de 1975
Veículo de lançamento Tintan/Centaur
Fim da missão Orbitador: 24/07/1978

Aterrizador: 12/04/1980


A Viking 2 era parte do Programa Viking, da NASA, e consistia em uma nave essencialmente idêntica à Viking 1 com a finalidade de estudar o planeta Marte. Cada nave era composta por um orbitador e um aterrizador.[1]

Missão[editar | editar código-fonte]

A sonda foi lançada em 9 de Setembro de 1975 pelo veículo de lançamento Titan-Centaur. Em um cruzeiro de 333 dias até Marte, o orbitador da Viking 2 começou a retornar imagens globais de Marte antes da inserção em órbita. O orbitador foi introduzido em uma órbita de 1500 x 33000 km, com um período de 24,6 h, em 7 de agosto de 1976. Posteriormente, essa órbita foi ajustada para um período de 27,3 h com um periastro de 1499 km e uma inclinação de 55,2 graus em 9 de agosto.[1]

A sessão de imagens para escolher o local do pouso foi iniciada, e logo o local foi escolhido com base nessas imagens e nas imagens da Viking 1.[1]

Orbitador[editar | editar código-fonte]

A missão preliminar do orbitador terminou no início da conjunção solar em 8 de novembro de 1976. A missão estendida começou em 14 de dezembro de 1976 após a conjunção solar. Em 20 dezembro 1976 o periastro foi abaixado para 778 km e a inclinação foi elevada para 80 graus.[1]

As operações incluíram aproximações ao satélite de Marte Deimos em outubro de 1977, o periastro foi abaixado para 300 km e o período foi mudado a 24 h em 23 de outubro de 1977.[1]

O orbitador desenvolveu um vazamento em seu sistema de propulsão que exalou seu gás do controle de atitude. Foi colocado em uma órbita de 33176 km e desligado em 25 de julho de 1978 após ter retornado quase 16.000 imagens em 706 órbitas em torno de Marte.[1]

Aterrizador[editar | editar código-fonte]

Primeira fotografia colorida transmitida pelo aterrizador da Viking 2.

O aterrissador se separou-se do orbitador em 3 de setembro de 1976 e aterrissou em Utopia Planitia às 22:37 UTC.[1]

Durante a operação normal, a estrutura que liga o aterrizador ao orbitador (o bioshield) seria ejetada após a separação do aterrizador. Porém, por causa de problemas ocorridos, o bioshield não foi ejetado.[1]

Em julho de 2001, o aterrizador Viking 2 foi renomeado Estação Memorial Gerald Soffen, em homenagem a Gerald Soffen (1926-2000), que supervisionou o trabalho de vários cientistas do programa Viking.[2]

O aterrizador operou na superfície de Marte até 11 de abril de 1980, quando suas baterias falharam.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g h Williams, David. «Viking 2 Orbiter» (em inglês). Consultado em 14 de março de 2020 
  2. «In Depth Viking 2» (em inglês). NASA. 17 de julho de 2019. Consultado em 14 de março de 2020 
  3. Williams, David. «Viking 2 Lander» (em inglês). NASA. Consultado em 14 de março de 2020