ExoMars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma missão espacial atualmente em curso.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 7 de setembro de 2017.)
CELstart-rocket.png
Data da marcação: 16 de julho de 2017.
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

ExoMars
Descrição
Duração da missão 7 anos (planejado)
Propriedades
Massa 4.332 kg
Missão
Destino Marte
Fim da missão 2022


ExoMars

A sonda ExoMars (oficialmente ExoMars Trace Gas Orbiter) é uma missão não tripulada da Agência Espacial Europeia (ESA) destinada a explorar o planeta Marte. É a primeira missão do assim denominado Programa Aurora. A sonda deveria ser lançada em 2011 e chegar a Marte em 2013, mas um atraso por problemas de financiamento da operação modificaram a data de lançamento para 2016. A Agência Espacial Federal da Rússia (Roscosmos) colaborará com a ESA para completar o orçamento necessário fornecendo, entre outras coisas, o veículo e o local de lançamento.

Com esta missão desenvolveu-se um orbitador de Marte e um módulo de descida que contenha um veículo explorador chamado Schiaparelli EDM.

A sonda Schiaparelli da Agência Espacial Europeia (ESA) não pousou em Marte como era esperado em 19 de outubro de 2016. Cientistas da missão ExoMars confirmaram que o sinal da sonda foi cortado cerca de 50 segundos antes do pouso, e que alguma coisa deu errada nos passos finais, na hora que ele se soltou do paraquedas. A ESA está analisando os dados coletados por satélites e telescópios para saber exatamente o que aconteceu.

Instrumentos[editar | editar código-fonte]

De acordo com boletins divulgados pela ESA, chamados de Cartas Paster, são propostos os seguintes instrumentos de pesquisa, na Carta Paster número 4.

Instrumentos panorâmicos[editar | editar código-fonte]

Estes instrumentos deverão ter uma ampla visão do que estiverem observando, inclusive sob o solo.
  • Panoramic Camera System
  • Infrared Spectrometer
  • Ground-Penetrating Radar
  • Permittivity Probe - Procurar abaixo da superfície por gelo e água.
  • Neutron Scattering - Procurar abaixo da superfície por gelo e água.
  • Radon Exhalation - Procurar abaixo da superfície por água.

Instrumentos de contacto[editar | editar código-fonte]

Estes instrumentos deverão ser usados para estudar a superfície de solos e de rochas por contato direto.
  • Close-up Imager
  • Mössbauer Spectrometer
  • APXS Spectrometer
  • Drill System

Instrumentos de análise laboratorial[editar | editar código-fonte]

Estes instrumentos deverão ser colocados internamente dos módulo e deverão analisar amostras coletadas.
  • Microscope
  • Raman/LIBS
  • Mars Organics Detector (MOD)
  • GC-MS - Para pesquisar por moléculas orgânicas
  • Life Marker Chip - Para detectar por bio-marcas de possível presença de vida em passado remoto
  • Mars Oxidant Sensor (MOI)
  • X-Ray Diffractometer (XRD) - Mineralogia

Instrumentos para o meio-ambiente[editar | editar código-fonte]

Eles serão utilizados para o estudo do meio-ambiente de Marte.
  • Ionising Radiation Sensor - Para medir partículas cósmicas e solares
  • UV Spectrometer
  • Dust Instrument Suite
  • Environmental Package - Estudo meteorológico

Ligações externas[editar | editar código-fonte]