Vila Flores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Vila Flores
Bandeira de Vila Flores
Brasão de Vila Flores
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 12 de maio de 1988 (31 anos)
Gentílico vilaflorense
Padroeiro(a) Santo Antônio
CEP 95334-000
Prefeito(a) Vilmor Carbonera (DEM)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Vila Flores
Localização de Vila Flores no Rio Grande do Sul
Vila Flores está localizado em: Brasil
Vila Flores
Localização de Vila Flores no Brasil
28° 51' 46" S 51° 31' 58" O28° 51' 46" S 51° 31' 58" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Veranópolis, Nova Prata, Fagundes Varela, Antônio Prado, Protásio Alves
Distância até a capital 156 km
Características geográficas
Área 107,503 km² [2]
População 3 385 hab. est. IBGE/2019[3]
Densidade 31,49 hab./km²
Altitude 743 m
Clima subtropical superúmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,818 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 73 042,133 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 22 214,76 IBGE/2008[5]

Vila Flores é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Sua população é formada, basicamente por descendentes de imigrantes italianos e sua economia volta-se para a agricultura e pecuária, cerâmicas produtoras de tijolos e metalúrgicas.

História[editar | editar código-fonte]

Vila Flores ficava a beira do caminho dos tropeiros que transportavam seu gado para Lagoa Vermelha, que tinham como ponto de referência um velho pinheiro que pegou fogo em uma queimada. Este local era conhecido como Pinheiro Seco. Só em 1920 passou a se chamar Vila Flores, em homenagem a um general de sobrenome Flores. O município obteve sua emancipação do município de Veranópolis no ano de 1988.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz localizada no centro do município.

Localiza-se a uma latitude 28º51'46" sul e a uma longitude 51º32'00" oeste, estando a uma altitude de 743 metros. Sua população conforme o censo de 2010 era de 3.207 habitantes.

O relevo é típico da Região da Encosta Superior do Nordeste, formado por grande quantidade de morros e cortado pelos rios da Prata, no sentido norte-sul; pelo arroio Retiro, no sentido norte-oeste; e pelo arroio Jabuticaba, no sentido norte-sul. O solo é uma fonte de basalto, que se apresenta como um meio de produção econômica.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa Populacional de 2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2019. Consultado em 29 de outubro de 2019 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.