Walfredo Guedes Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Walfredo Guedes Pereira
8º Prefeito de João Pessoa
Período Outubro de 1920 até
21 de outubro de 1924
Antecessor Diógenes Gonçalves Pena
Sucessor Trajano Pires da Nóbrega
Vice-governador da Paraíba
Período 22 de outubro de 1924
até 22 de outubro de 1928
Governador João Suassuna
14º Prefeito de João Pessoa
Período Janeiro de 1935 até
Setembro de 1935
Antecessor José de Borja Peregrino
Sucessor Antônio Pereira Diniz
Dados pessoais
Nascimento 25 de novembro de 1952
Bananeiras, PB
Morte 29 de março de 1954 (71 anos)
João Pessoa, PB
Progenitores Mãe: Joana Americana H. de Miranda Henriques
Pai: Segismundo Guedes Pereira
Alma mater Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro
Cônjuge Maria Emília Neiva de Figueiredo
Profissão Médico, político

Walfredo Guedes Pereira (Bananeiras, 30 de outubro de 1882João Pessoa, 29 de março de 1954) foi um médico e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do Cel. Segismundo Guedes Pereira, proprietário rural no Brejo paraibano, Senhor do engenho Gamelas, em Bananeiras, entre outros, e da sua mulher D. Joana Americana Hermógenes de Miranda Henriques, tia do 1º bispo e arcebispo da Paraíba, D. Adauto Aurélio de Miranda Henriques.

Médico, graduou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1908.

Ainda no Rio de Janeiro, foi interno da Clínica Médica do Prof. Paes Lemos e interno do Instituto de Proteção e Assistência à Infância do Rio de Janeiro, sob a orientação do Prof. Moncorvo Filho. De volta a Paraíba, clinicou de 1908 ate 1920.

Desde cedo envolvido com a política, pertenceu ao grupo dos “Jovens Turcos”, juntamente com José Américo de Almeida. Foi prefeito de João Pessoa, à época Parahyba do Norte, entre outubro de 1920 e outubro de 1924, quando refez todo o traçado urbanístico dessa capital, abrindo avenidas e praças. Para tanto, serviu-se até do próprio patrimônio, como o terreno da atual Praça da Independência, que pertencia a sua família. Voltou a administrar João Pessoa de janeiro de 1935 a setembro de 1935. Foi também 1º vice-presidente do estado da Paraíba no governo de João Suassuna (1924-1928).

Em 1920, desapropriou 43 hectares da antiga mata do Róger, próximo ao centro da capital paraibana, e inaugurou, a 24 de dezembro de 1922, o Parque Zoobotânico Arruda Câmara (em homenagem ao botânico da cidade de Pombal), mais conhecido como a "Bica". Criou ainda o Lar da Criança Jesus de Nazaré, em 1938, na administração de Argemiro de Figueiredo.

Casou-se a 3 de outubro de 1908 com d. Maria Emília Neiva de Figueiredo (n.e. 1888 – 1962) (c.g.).

É o patrono da cadeira nº 40 da Academia Paraibana de Medicina.

Ainda hoje existe o Instituto Walfredo Guedes Pereira – Hospital São Vicente de Paulo, na Av. João Machado, nº 1234, bairro do Jaguaribe, João Pessoa, bem como a Escola de Meio Ambiente Walfredo Guedes Pereira, dentro do Parque Arruda Câmara.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.