Zond 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Zond 1, uma integrante do programa soviético Zond, foi a segunda nave espacial de pesquisas soviética a alcançar Vênus. Um pequeno vazamento de uma janela fez com que a nave se despressurizasse. Um comando do controle na terra ativou seu sistema de rádio enquanto havia uma atmosfera rarefeita internamente, fazendo os circuitos se curto-circuitarem por descargas solares. A comunicação foi mantida através do transmissor na cápsula de aterrizagem, e medidas de radiação espacial e de níveis de hidrogênio com espectrometros foram realizadas.

A Zond-1 foi projetada para carregar uma cápsula com 90 cm para Vênus. Ela continha experimentos para análise química da atmosfera, medidores de raios gama da superfície das rochas, um fotômetro, medidores de temperatura e pressão, e um sensor de movimento para o caso de aterrizagem em água.

A nave espacial Venera 3MV-1, foi lançada em 4 de Abril de 1964 em Tyuratam, as comunicações falharam em 14 de Maio, e foi obtida a órbita ao redor do sol a uma distância de 100,000 km de Vênus em 14 de Julho do mesmo ano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]