Ácido ricinoleico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ácido ricinoleico
Alerta sobre risco à saúde
Ricinoleic acid.svg
Nome IUPAC (R,Z)-12-Hydroxyoctadec-9-enoic acid
Identificadores
Número CAS 141-22-0
PubChem 5282942
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C18H34O3
Massa molar 298.461 g/mol
Compostos relacionados
Outros catiões/cátions Ricinoleato de sódio
isômero trans relacionados Ácido ricineláidico
Compostos relacionados Ácido oleico (sem a hidroxila)
Trirricinoleína
Polirricinoleato de poliglicerol
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O ácido ricinoleico (ácido 12 - hidroxi-9-cis-octadecenóico) é um ácido graxo ômega 9 que ocorre naturalmente no óleo da mamona. Quimicamente, ele difere do ácido oleico por ter uma hidroxila no décimo segundo carbono (a partir da carboxila). O ácido ricinoleico é fabricado industrialmente por saponificação ou destilação fracionada de óleo de mamona hidrolizado.[1]

Na medicina[editar | editar código-fonte]

O ácido ricinoleico apresenta destacáveis efeitos analgésicos e anti-inflamatório,[2] sendo utilizado em curativos e tendo efeito bactericida, com ação citolítica, pois é solvente da quitina, constituinte da membrana celular dos microorganismos.[3]

Tem sido utilizado também para produção de poliuretanos (na forma de derivados de óleo de mamona) para preenchimento de defeitos ósseos.[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svgEste artigo sobre química é mínimo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.