.br

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
.br
Flag of Brazil.svg
Criado em 1989
Tipo de TLD Domínio de topo
Status Ativo
Responsável Registro.br
Criado para Entidades ligadas ao  Brasil
Uso Atual Muito popular no Brasil
Restrições de registro São feitas restrições para dividir os sites em categorias.
Estrutura Registros .br são em sua grande maioria usados como nomes de terceiro nível, ficando como segundo apenas institutos de educação superior registrados até o final do ano de 2000; existe uma grande quantidade de nomes para o segundo nível, mas .com.br é o mais popular e usado de forma indistinta.

.br (Brasil) é o domínio de topo para país (ccTLD) delegado ao Brasil na Internet. Em 2013, ele é um dos 10 códigos de país com maior número de registros, com mais de 3 milhões de nomes de domínios.1

Histórico[editar | editar código-fonte]

Criado e delegado ao Brasil em 19892 por Jon Postel,3 o domínio era, inicialmente, operado de forma manual pelo Registro.br e administrado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Essencialmente, apenas pesquisadores e as instituições às quais eles pertenciam tinham interesse e condições em se integrar à nova rede e, portanto, em registrar um domínio sob o .br.

Na época, as redes predominantes no cenário acadêmico brasileiro eram a BITNET (Because It’s Time NETwork), a HEPnet (High Energy Physics Network) e a UUCP (Unix-to-Unix Copy Program). Assim, antes mesmo da conexão brasileira à Internet, que se daria em 1991, o domínio foi utilizado para identificar as máquinas que participavam das redes já utilizadas pelos acadêmicos.

Em 1995, o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado para, entre outros objetivos, coordenar a atribuição de endereços Internet (IPs) e o registro de nomes de domínios .br. O DNS (Domain Name System) brasileiro que, em 1996, começava o ano com 851 domínios registrados, experimentava um crescimento vertiginoso com a chegada em massa de empresas, provedores e mídia à Internet. O sistema de registro foi automatizado em 1997 e contou com desenvolvimento interno de software aberto.

Em 2005, o CGI.br criou seu próprio braço executivo, o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br),4 que exerce atualmente tanto a função administrativa quanto operacional dos registros.

Registro de domínios[editar | editar código-fonte]

Para registrar quaisquer domínios sob o .br, é necessário entrar em contato com o Registro.br. Entidades legalmente estabelecidas no Brasil como pessoa jurídica (instituição) ou física (profissional liberal e pessoas físicas) que possua um contato em território nacional podem registrar domínios. Empresas estrangeiras que possuam um procurador legalmente estabelecido no Brasil também podem fazê-lo, seguindo regras específicas.

O registro de domínios com caracteres especiais em português (à, á, â, ã, é, ê, í, ó, ô, õ, ú, ü e ç) é aceito desde 2005.5

Regras sintáticas do Registro .br[editar | editar código-fonte]

  • Tamanho mínimo de 2 e máximo de 26 caracteres, não incluindo a categoria, por exemplo: no domínio XXXX.COM.BR, esta limitação se refere ao XXXX.
  • Caracteres válidos são [A-Z;0-9], o hífen e os seguintes caracteres acentuados : à, á, â, ã, é, ê, í, ó, ô, õ, ú, ü, ç.6
  • Não pode conter somente números.
  • Para fins de registro, estabelece-se uma equivalência na comparação de nomes de domínio. O mapeamento será realizado convertendo-se os caracteres acentuados e o cedilha, respectivamente, para suas versões não acentuadas e o "c", e descartando os hifens. Somente será permitido o registro de um novo domínio quando não houver equivalência a um domínio pré-existente, ou quando o solicitante for a mesma entidade detentora do domínio equivalente.
Observação: Especificamente para o domínio .NOM.BR é necessário a escolha de 2 nomes, ou seja: NOME1.NOME2.NOM.BR.

Domínios de Primeiro Nível (DPNs)[editar | editar código-fonte]

Domínios de primeiro nível (DPNs) sob o .br definem a categoria de um domínio registrado. Por exemplo, o endereço "www.site.art.br" é designado para a categoria de sites sobre artes, enquanto "www.site.org.br" é destinado às Organizações não Governamentais.

Até o ano 2000, entidades de ensino superior eram autorizadas a registrar domínios diretamente sob a raiz .br (exemplo: www.ufmg.br/),7 processo que foi alterado com a criação do .edu.br e o fechamento da raiz. Poucas exceções receberam autorização para usar domínios diretamente abaixo .br como primeiro nível até o final de 2000.

Atualmente, existem 70 DPNs8 1 sob o .br:

DPN Finalidade Categoria DNSSEC
com.br
Atividades comerciais
Genérico
Disponível
net.br
Atividades comerciais
Genérico
Disponível
emp.br
Pequenas e micro-empresas
Genérico
Disponível
eco.br
Atividades com foco eco-ambiental
Genérico
Disponível
agr.br
Empresas agrícolas, fazendas
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
am.br
Empresas de radiodifusão sonora
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
art.br
Artes: música, pintura, folclore
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
b.br
Bancos
Pessoas Jurídicas - DNSSEC obrigatório
Obrigatório
coop.br
Cooperativas
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
edu.br
Entidades de ensino superior
Universidades
Disponível
esp.br
Esporte em geral
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
far.br
Farmácias e drogarias
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
fm.br
Empresas de radiodifusão sonora
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
g12.br
Entidades de ensino de primeiro e segundo grau
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
gov.br
Entidades do governo federal
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
imb.br
Imobiliárias
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
ind.br
Indústrias
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
inf.br
Meios de informação (rádios, jornais, bibliotecas, etc.)
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
jus.br
Entidades do Poder Judiciário
Pessoas Jurídicas - DNSSEC obrigatório
Obrigatório
leg.br
Entidades do Poder Legislativo
Pessoas Jurídicas - DNSSEC obrigatório
Obrigatório
mp.br
Entidades do Ministério Público
Pessoas Jurídicas - DNSSEC obrigatório
Obrigatório
mil.br
Forças Armadas Brasileiras
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
org.br
Entidades não governamentais sem fins lucrativos
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
psi.br
Provedores de serviço Internet
Pessoas Jurídicas - com restrição
Disponível
radio.br
Entidades que queiram enviar áudio pela rede
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
rec.br
Atividades de entretenimento, diversão, jogos, etc.
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
srv.br
Empresas prestadoras de serviços
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
tmp.br
Eventos temporários, como feiras e exposições
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
tur.br
Entidades da área de turismo
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
tv.br
Empresas de radiodifusão de sons e imagens
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
etc.br
Entidades que não se enquadram nas outras categorias
Pessoas Jurídicas - sem restrição
Disponível
adm.br
Administradores
Profissionais liberais
Disponível
adv.br
Advogados
Profissionais liberais
Disponível
arq.br
Arquitetos
Profissionais liberais
Disponível
ato.br
Atores
Profissionais liberais
Disponível
bio.br
Biólogos
Profissionais liberais
Disponível
bmd.br
Biomédicos
Profissionais liberais
Disponível
cim.br
Corretores
Profissionais liberais
Disponível
cng.br
Cenógrafos
Profissionais liberais
Disponível
cnt.br
Contadores
Profissionais liberais
Disponível
ecn.br
Economistas
Profissionais liberais
Disponível
eng.br
Engenheiros
Profissionais liberais
Disponível
eti.br
Especialista em Tecnologia da Informação
Profissionais liberais
Disponível
fnd.br
Fonoaudiólogos
Profissionais liberais
Disponível
fot.br
Fotógrafos
Profissionais liberais
Disponível
fst.br
Fisioterapeutas
Profissionais liberais
Disponível
ggf.br
Geógrafos
Profissionais liberais
Disponível
jor.br
Jornalistas
Profissionais liberais
Disponível
lel.br
Leiloeiros
Profissionais liberais
Disponível
mat.br
Matemáticos e Estatísticos
Profissionais liberais
Disponível
med.br
Médicos
Profissionais liberais
Disponível
mus.br
Músicos
Profissionais liberais
Disponível
not.br
Notários
Profissionais liberais
Disponível
ntr.br
Nutricionistas
Profissionais liberais
Disponível
odo.br
Dentistas
Profissionais liberais
Disponível
ppg.br
Publicitários e profissionais da área de propaganda e marketing
Profissionais liberais
Disponível
pro.br
Professores
Profissionais liberais
Disponível
psc.br
Psicólogos
Profissionais liberais
Disponível
qsl.br
Rádio amadores
Profissionais liberais
Disponível
slg.br
Sociólogos
Profissionais liberais
Disponível
taxi.br
Taxistas
Profissionais liberais
Disponível
teo.br
Teólogos
Profissionais liberais
Disponível
trd.br
Tradutores
Profissionais liberais
Disponível
vet.br
Veterinários
Profissionais liberais
Disponível
zlg.br
Zoólogos
Profissionais liberais
Disponível
blog.br
Web logs
Pessoas físicas
Disponível
flog.br
Foto logs
Pessoas físicas
Disponível
nom.br
Pessoas Físicas
Pessoas físicas
Disponível
vlog.br
Vídeo logs
Pessoas físicas
Disponível
wiki.br
Páginas do tipo 'wiki'
Pessoas físicas
Disponível
.br
destinado às instituições de ensino superior e às de pesquisa, que se inscrevem diretamente sob este domínio; este DPN "implícito" é equivalente ao ".edu" norte-americano. Exige-se a apresentação do comprovante de inscrição no Cadastro Geral de Contribuintes do Ministério da Fazenda (CGC/MF) e a comprovação da atividade específica
Grupo Pessoa Jurídica
Disponível

Referências

  1. a b Registro.br - Estatísticas
  2. IANA - Informações sobre a delegação do .br
  3. NIC.br - CGI.br comemora os 20 anos do ".br"
  4. CGI.br - Comunicado ao Público
  5. Registro.br - Dominios em Português e restrição de dados no WHOIS
  6. Registro .br - Dicas e Regras
  7. NIC.br - Nota de Esclarecimento sobre utilização do DPN .edu
  8. Registro.br - Lista de categorias de domínios

Ligações externas[editar | editar código-fonte]