10050 Cielo Drive

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
10050 Cielo Drive
Estilo dominante Francês
Arquiteto Robert Byrd
Início da construção 1942
Fim da construção 1944
Função inicial Casa
Função atual Demolida
Área 430 m²
Geografia
País  Estados Unidos
Cidade Benedict Canyon, Los Angeles
Coordenadas 34° 05' 38" N 118° 25' 57" O
Geolocalização no mapa:  Estados Unidos
10050 Cielo Drive está localizado em: Estados Unidos
10050 Cielo Drive

10050 Cielo Drive (Benedict Canyon, Los Angeles, Califórnia) era o endereço de uma casa desenhada pelo arquiteto Robert Byrd em 1944 para a atriz francesa Michèle Morgan em 3 acres (12,000m²) de terra. Localizada nas colinas de Los Angeles, com vista para Sunset Boulevard e para o Oceano Pacífico, a casa foi construída para representar um celeiro típico da França interior e incluía uma casa de hóspedes e uma piscina.

A história de residentes da casa incluem Lillian Gish, Cary Grant, Henry Fonda, Terry Melcher e Candice Bergen. Em fevereiro de 1969, foi comprada pelo diretor de cinema Roman Polanski e sua então esposa, a atriz Sharon Tate. O endereço tornou-se célebre por ter sido o local onde ocorreram os assassinatos de Sharon Tate e seus convidados: a herdeira do café Abigail Folger, o namorado desta, o polonês Wojciech Frykowski, o cabeleireiro Jay Sebring e o adolescente Steven Parent, um amigo do caseiro da mansão, assassinados por seguidores de Charles Manson, mais tarde naquele mesmo ano, em 9 de agosto (o caseiro William Garretson, que vivia na casa de hóspedes atrás da casa principal foi o único sobrevivente).

Anos mais tarde, astros do rock como Trent Reznor (do grupo Nine Inch Nails) e Marilyn Manson gravaram discos dentro da casa.

A casa foi demolida em 1994 e o endereço do local foi mudado para Cielo Drive, 10066. Uma nova mansão chamada "Villa Bella" foi construída no local. A mansão permanece inacabada e vazia. O preço pela propriedade, de $7,500,000, está bem abaixo de seu preço original que seria de 12 milhões de dólares.

A porta da frente da casa original (famosa pelo fato dos seguidores de Manson terem escrito a palavra "Pig" usando o sangue de Sharon Tate) sobrevive; Trent Reznor, o último inquilino da casa original antes desta ter sido demolida, levou a porta e instalou-a como porta da frente de seu estúdio de gravação, Nothing Records.

Em setembro de 2004 Reznor fechou seu estúdio e mudou-se para Los Angeles. O estúdio continuava à venda até meados de 2007, completo com a porta.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]