Adaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adaga Neolithica
Jambia (em árabe: جنبية), espécie de adaga originária do Iêmen.

Adaga é o nome genérico de um tipo de espada curta, de perfuração, com duplo corte de têmpera forte, serrada ou compacta. Crê-se que tivesse origem na Península Ibérica, Mediterrâneo e Oriente Próximo (região dos sete mares). De formas diversas, evoluiu de outras formas de armas brancas medievais, como os punhais, misericórdias, facas e cotós. Nem sempre teve o mesmo comprimento. Se no início era bastante larga e curta, no século XVI media cerca de um quarto a um terço de uma espada. No século XVII media, em média, 12 cm.

Era usada principalmente para aparar os golpes de espada dos adversários, por exemplo, em duelos. Enquanto que a espada era usada na mão direita, a adaga era usada pela esquerda e tinha também, por vezes, a função de destruir a ponta da espada do adversário, já que a sua têmpera era mais forte - além de que, por vezes, o seu gume era serrado.

Muitas vezes usadas como arma de arremesso (adagas menores) tendo o mesmo objetivo que as shurikens se usada com sabedoria pelo ninja e acertasse uma grande artéria, poderia ser mortal (ver artes marciais do Japão).

Adagas como peças simbólicas[editar | editar código-fonte]

Simbolismo religioso[editar | editar código-fonte]

Um exemplo de simbolismo religioso ocorre na religião afrobrasileira do Candomblé. Nela Oxum é a orixá da beleza, do amor e da prosperidade, e em seu estatus de guerreira com ligação a Oxóssi, tradicionalmente, ela traz uma alfange (ou adaga) e um ofá (arco e flecha) simbólicos.

Simbolismo de virilidade[editar | editar código-fonte]

Em muitas culturas do mundo homens adultos trazem adagas na cintura como representação de terem atingido a maturidade e como estatus de sua masculinidade em seu meio social (ver, por exemplo, o gaúcho tradicional do Brasil meridional (bem o elemento campeiro correspondente de países vizinhos, como do Uruguai e da Argentina); e também ocorrências similares em culturas do Oriente Médio e do distante Oriente).

Simbolismo em brasões e bandeiras[editar | editar código-fonte]

Da mesma forma que muitos outros símbolos e cores, a adaga figura proeminentemente em muitos brasões e bandeiras de clãs, navios, estados, países, associações, etc.

Instrumento de entretenimento[editar | editar código-fonte]

A adaga também tem sido utilizada em circos para o entretenimento do povo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.