Alba de Tormes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Alba de Tormes
Alba de Tormes
 
—  Município  —
Torreón de la muralla de Alba de Tormes.jpg
Bandeira de Alba de Tormes
Bandeira
Alba de Tormes está localizado em: Espanha
Alba de Tormes
Localização de Alba de Tormes na Espanha
40° 50' N 5° 30' O
Comunidade autónoma Castela e Leão
Província Salamanca
 - Alcaide Concepción Miguélez (PP)
Área
 - Total 46,51 km²
Altitude 830 m (2 723 pés)
População (2006)
 - Total 5 021
    • Densidade 107,96/km2 
Gentílico: albenses
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código postal 37800

Alba de Tormes é um município da Espanha na província de Salamanca, comunidade autónoma de Castela e Leão, de área 46,55 km² com população de 4844 habitantes (2004) e densidade populacional de 104,06 hab/km².[1]

Historia[editar | editar código-fonte]

Mapa de Alba de Tormes publicado em 1867 e realizado por Francisco Coello

Alba de Tormes é um município histórico. A sua fundação ou repovoamento foi feita pelos reis de Leão na Idade Média, que criaram o concelho de Alba, do qual passaram a depender os povoados da comarca e cuja capital era Alba de Tormes, excelentemente situada para controlar a passagem do rio Tormes, formando parte o concelho albense do Reino de Leão.[2] O Alfoz de Alba de Tormes esteve dividido em vários quartos: Cantalberque, Allende el Río, Rialmar e a própria vila de Alba de Tormes e seus anexos. Por outro lado, em 4 de julho de 1140 o rei Afonso VII de Leão outorgou à vila de Alba um foral próprio.

Devido à sua importância o alfoz de Alba foi um senhorio de realengo dependente da monarquia leonesa, e consta que em finais do século XIII pertenceu ao infante D. Pedro, que era filho de Afonso X, o Sábio e da rainha Violante de Aragão.[3]

Posteriormente, Alba de Tormes passou para mãos de Alfonso de la Cerda, que era filho do infante Fernando de la Cerda e neto de Afonso X,[4] e esteve em seu poder até 1312, quando o rei Fernando IV de Castela a incorpora no realengo junto com a vila de Béjar.[5]

Em 1429 o rei João II entrega-a ao bispo Gutierre Álvarez de Toledo, da casa de Álvarez de Toledo, tomando o título de senhor da vila de Alba de Tormes. A partir desse momento a história da vila esteve intimamente ligada à casa de Alba. A vertiginosa ascensão familiar foi acompanhado pela elevação do senhorio a Condado de Alba de Tormes em 1439 e finalmente transformado em Ducado de Alba de Tormes desde 1472, título nobiliário outorgado pelo rei Henrique IV em favor de García Álvarez de Toledo y Carrillo de Toledo, o I duque de Alba.

Posteriormente, Alba de Tormes teve fama por ser a localidade onde morreu Santa Teresa de Jesus, mística e Doutora da Igreja, e é onde se conserva o seu corpo incorrupto.

Com a criação das atuais províncias em 1833, Alba de Tormes ficou enquadrada na província de Salamanca, dentro da Região Leonesa,[6] sendo cabeça de comarca até esta ter sido extinta e integrada na de Salamanca.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
4344 4647 4855 4844

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Espanha | Castela e Leão | Salamanca

Lista de municípios de Salamanca
Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Censo 2011 Instituto Nacional de Estatística (Espanha).
  2. Mínguez, José María (Coord.) (1997). Historia de Salamanca. II Edad Media. Salamanca: Centro de Estudios Salmantinos. Pág. 321
  3. Monsalvo Antón 1997, p. 283
  4. Monsalvo Antón 1997, p. 283
  5. González Mínguez 1995, pp. 346, 359
  6. Real Decreto de 30-11-1833 sobre a divisão civil do território espanhol na Península e ilhas adjacentes em 49 províncias


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alba de Tormes