Alberto do Schleswig-Holstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto
Duque do Schleswig-Holstein
Descendência
Valerie Marie (1900-1953)
Nome completo
Alberto do Schleswig-Holstein
Casa Casa Real de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg
Pai Cristiano de Schleswig-Holstein
Mãe Helena do Reino Unido
Nascimento 26 de Fevereiro de 1869
Frogmore House, Windsor, Berkshire, Reino Unido
Morte 27 de Abril de 1931 (62 anos)
Berlim, Alemanha

Alberto von Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg, nome completo:Albert John Karl Friedrich Arthur Georg von Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg em português "Alberto João Carlos Frederico Arthur Jorge" (26 de fevereiro de 1869 em Frogmore House, Windsor, Berkshire, Reino Unido ; morto em 27 de abril de 1931 em Berlin, Alemanha) Foi membro da Família Real Britânica e de 1921 a 1931 foi chefe da Casa Ducal e Duque Titular do Schleswig-Holstein.

Filho do príncipe Cristiano von Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg (1831 - 1917) e da princesa Helena do Reino Unido (1846 - 1923), neto da Rainha Vitória e do Príncipe Consorte Alberto de Saxe-Coburgo-Gota. Foi sucedido como chefe da Casa Real de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg por seu primo o Príncipe Gustavo de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg, Duque de Porvoo e Urjala.

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

O príncipe Alberto cresceu no Cumberland Lodge no Windsor Great Park. À semelhança do seu irmão mais velho, o príncipe Cristiano Victor, Alberto estava destinado a ter uma carreira militar. Porém, enquanto Cristiano integrou o exército britânico, Alberto serviu o exército prussiano onde chegou à posição de tenente-coronel. Durante a Primeira Guerra Mundial foi dispensado do serviço contra os britânico pelo imperador alemão e passou a guerra em Berlim onde era membro do pessoal do governador da cidade.

Ducado[editar | editar código-fonte]

Em 1921 o príncipe ascendeu ao lugar de chefe dos Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg da Casa de Schleswig-Holstein, quando o seu primo sem filhos, o duque Ernesto Gunther de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg faleceu. Este era o ramo mais antigo da Casa de Oldemburgo, à qual pertencem o duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg, o rei da Dinamarca, o rei da Noruega, o rei dos Helenos, o antigo grão-duque de Oldemburgo e a família imperial russa.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Apesar de nunca ter casado, o príncipe Alberto foi pai de uma criança, Valerie Marie. Nascida a 3 de Abril de 1900 em Liptovský Mikuláš, na Hungria (na altura Austro-Hungria), ela ficou, quase imediatamente após o seu nascimento, aos cuidados de Anna Rosenthal e do seu marido Rubin Schwalb de origem judaica. A 15 de Abril de 1931, pouco antes da sua morte, Alberto escreveu uma carta à filha onde admitia ser pai dela. Depois disto, a 12 de Maio, ela mudou o apelido de Schwalb, o nome da família adoptiva, para "zu Schleswig-Holstein".

A 28 de Junho de 1925, em Viena, Valeria Marie (que na altura era a única filha da família Schwalb) casou-se com o advogado Johann Wagner, mas o casal divorciou-se a 14 de Fevereiro de 1938. O casamento, que não gerou filhos, foi formalmente anulado a 4 de Outubro de 1940 em Salzburgo. Quando ela pretendia casar outra vez, tornou-se importante tornar o seu parentesco à realeza oficial visto que as leis Nazi proibiam os casamentos entre judeus e arianos. Isto foi feito com a ajuda das suas tias Helena Vitória e Maria Luísa que assinaram uma declaração onde confirmavam a sua ligação com a realeza a 26 de Julho de 1938.

A 15 de junho de 1939, foi realizada uma união civil entre ela e o príncipe Adalberto-Carlos, o 10º duque de Arenberh em Charlottenburg, Berlim. Quando o seu primeiro casamento foi anulado, foi realizada uma cerimónia religiosa em Münster, perto de Westfalen, a 9 de outubro de 1940, o casal também não conseguiu ter filhos. Valeria Marie morreu em Mont-Baron, Nice a 14 de abril de 1953, aparentemente de suicídio. Ela nunca descobriu a identidade da sua mãe.

As últimas investigações e os documentos de adopção da família Schwalb mostraram que ela era filha da baronesa Bertha Marie Madeleine de Wernitz (nascida a 17 de agosto de 1868 em Berlim), uma nobre prussiana que morreu a 4 de abril de 1900 em Liptovský Mikuláš em consequência do parto.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 1869-1917: Sua Alteza o príncipe Alberto von Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg
  • 1917-1921: Sua Alteza Real o príncipe Alberto
  • 1921-1931: Sua Alteza Alberto, Duque do Schleswig-Holstein