Alcácer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ruínas do alcácer de Timimoun, na Argélia.

Um alcácer (do árabe "Qsar" - "قصر" -, no plural Qsura ou Ksour) é uma pequena vila fortificada, composta por casas, armazéns e outras estruturas colectivas (como mesquitas), geralmente situado num oásis do Magrebe, e construídas em adobe ou outro material semelhante.

"Qsar" é uma palavra árabe, enquanto que o seu equivalente berbere é "aghrem" (plural "ighrem"). A sua tradução habitual para as línguas latinas e germânicas é a de castelo, embora por vezes possa designar apenas um povoado fortificado ou simplesmente um forte, consoante a sua função específica. A palavra faz parte de vários topónimos na Argélia, Tunísia ou Marrocos (Alcácer-Ceguer, Alcácer-Quibir). Também é usada em Portugal (Alcácer do Sal) e na Espanha, onde dá o nome a inúmeros alcázares.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História da península Ibérica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.