All Dogs Go to Heaven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
All Dogs Go to Heaven
Todos os cães vão para o céu (PT)
Todos os cães merecem o céu (BR)
 Irlanda
 Reino Unido
 Estados Unidos

17 de novembro de 1989 • cor • 85 Min. (1: 24: 50) min 
Direção Don Bluth
Produção Don Bluth
Gary Goldman
John Pomeroy
Roteiro Mitchel Savage
Elenco vozes:
Burt Reynolds
Dom DeLuise
Judith Barsi
Melba Moore
Charles Nelson Reilly
Vic Tayback
Loni Anderson
Rob Fuller
Género animação, aventura
Idioma inglês
Distribuição United Artists
Sullivan Bluth Studios
Orçamento $13.8 milhões (orçamento final)
Página no IMDb (em inglês)

All Dogs Go to Heaven (No Brasil e em Portugal "Todos os Cães Merecem o Céu") é um filme de animação de 1989, dirigido e produzido por Don Bluth, e distribuido por United Artists. Teve como sequência o filme All Dogs Go to Heaven 2, uma série de tv, e por último o filme An All Dogs Christmas Carol.

O filme foi produzido no Sullivan Bluth Studios em Dublin, Irlanda, e financiado por Goldcrest Films. Quando foi lançado no cinema, o filme concorreu diretamente com A Pequena Sereia produzido pela Walt Disney. Embora não tivesse repetido o mesmo sucesso dos filmes anteriores de Sullivan Bluth's (Fivel - Um Conto Americano e Em Busca do Vale Encantado), o seu lançamento em home video foi muito bem sucedido.

A menina Judith Barsi, de 10 anos, que fez a voz da personagem Ana Maria no filme, anteriormente também havia dublado "Pata-Saura" em outro filme de Don Bluth, "Em Busca do Vale Encantado". O filme "Todos os Cães Merecem o Céu" foi o seu último trabalho, pois ela e sua mãe Maria Barsi, foram assassinadas pelo pai Jozsef Barsi, em 25 de julho de 1988, um ano antes do filme ser lançado.

No Brasil, o filme foi lançado em VHS pela Alvorada Video, no início dos anos 1990, dublado pela Álamo, com Walter Breda dublando a voz de Burt Reynolds (Charlie) e Francisco Bretas a de Dom DeLuise (Sarnento).

O filme já foi exibido na TV brasileira pela Rede Record, mas renomeado com o título "A Turma do Cachorro Quente".

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme se passa em 1939, e conta a história de um cão pastor alemão chamado Charlie B. Barkin, e o seu melhor amigo Sarnento (Itchy Itchiford), um bassê salsicha. Charlie é assassinado por seu sócio, o bulldog Cicatriz (Carface Carruthers), e quando chega ao céu, ele encontra uma "cadela anjo" (originalmente sem nome, mas foi chamada de "Annabelle" em Todos os Cães Merecem o Céu 2), que o explica que estava morto, e ele então decide voltar à terra para se vingar de Cicatriz. Em seu retorno, ele livra uma menina órfã chamada "Ana Maria", que era mantida em cativeiro por Cicatriz, por ela ter a habilidade de falar com os animais (Cicatriz à usava para conseguir informações sobre em quem devia apostar nas corridas). Iniciamente Charlie e Sarnento também pretendiam explorar Ana Maria e sua habilidade, mas logo tornam-se unidos a ela, e passam a ser seus protetores. Enquanto isso, Charlie aprende que terá que mudar suas maneiras, para poder entrar de novo no céu.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Charlie B. Barkin - É um pastor alemão malandro. Ele é um dos protagonistas do filme. Ele e Sarnento, pretendiam inicialmente explorar a habilidade de Ana Maria em falar com os animas, para descobrir em quem apostar nas corridas de cavalos. Mas acabam ficando amigos dela ao longo do filme. Assim que chegou no céu pela primeira vez, Charlie encontra uma "cadela anjo" chamada Annabelle, que lhe explica que lá existem relógios que representam as vidas de cada cachorro, e a partir daí ele tem a ideia de dar corda no relógio para voltar a viver na Terra. Ao final do filme, Charlie pede a Ana Maria para cuidar de Sarnento, enquanto ele volta para o céu. Na versão dublada em português do filme, ele e Sarnento se apresentam para Ana Maria com os nomes "Charlie Bau-Bau" e "Sarnento Viveza", mas essas traduções porém, ficaram somente no primeiro filme, pois na continuação foram chamados de "Charlie Barkin" e "Sarnento Itchiford".
  • Sarnento (Itchiford "Itchy" Dachshund) - Um paranóico e agitado bassê salsicha, que é o melhor amigo de Charlie, já há muito tempo. Sarnento tem um grande problema com as pulgas, que não o deixam em paz, e por isso está quase sempre se coçando (por esse motivo tem este nome), sua coceira piora ainda mais quando está muito preocupado ou nervoso. Sarnento presenciou o momento em que Cicatriz e seu ajudante Matador empurram o carro que matou Charlie. Por esse motivo quando Charlie volta para Terra, Sarnento se assusta pensando ser um fantasma, mas se convence de que o amigo estava vivo quando ele lhe mostra uma pulga no seu pelo, explicando que fantasmas não tem pulgas. Ele é adotado pela menina Ana-Maria ao final do filme, quando Charlie tem de voltar para o céu.
  • Ana Maria (Anne-Marie) - Uma menina órfã, que tem a capacidade de falar e entender qualquer animal. Ela era explorada e mantida em cativeiro por Cicatriz, mas foge e fica amiga de Charlie e Sarnento. No final acaba sendo adotada por um casal, e fica encarregada de cuidar de Sarnento, enquanto Charlie retorna ao céu.
  • Cicatriz Carruthers ("Carface Carruthers") - Um bulldog gangster, que era sócio de Charlie em um "cassino para cães", ele é o principal antagonista do filme. Cicatriz tem um capanga chamado Matador, que o ajudou a matar Charlie, quando ele decidiu que não queria mais dividir os lucros do seu negócio com ele. Ele é devorado pelo Rei Jacaré durante o filme, e no final acaba inexplicavelmente indo para o céu também, mesmo sendo um "cachorro do mau".
  • Matador (Killer) - Um cão covarde e neurótico, que é o capanga de Cicatriz.
  • Flo - Uma rough collie fêmea, que é uma amiga de Charlie. Durante o filme, Charlie e Ana Maria levam pizza para ela e outros filhotes pobres.
  • Annabelle - Uma "cadela anjo" da raça whippet, que acolhe os cães mortos que vão para o céu. Embora o seu nome nunca tenha sido dito no primeiro filme, na continuação "Todos os Cães Merecem o Céu 2", é revelado que se chama "Annabelle".
  • Rei Jacaré (King Gator) - Ele é um grande e extravagante jacaré, que vive nas águas abaixo das ruas de Nova Orleans. Ele é venerado por uma tribo de ratos selvagens como se fosse um rei, e usa uma lata de café como coroa. Também é obcecado por música, e sonha em ser um cantor. Quando encotra Charlie pela primeira vez, ele tenta devora-lo, mas muda de ideia quando o escuta uivar dentro de sua boca, e percebe que ele tem "talento para música". Depois disso ele faz um dueto com Charlie (mesmo que contra a vontade deste), e juntos cantam um número musical chamado "Vamos Fazer Música Juntos" (Let's Make Music Together), que é uma paródia dos balés aquáticos dos filmes de Esther Williams. Após ter se tornado amigo de Charlie, ele reaparece novamente durante o filme para salva-lo de se afogar, e ainda acaba devorando Cicatriz.

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Dublagem americana[editar | editar código-fonte]

Dublagens brasileiras[editar | editar código-fonte]

Versão original de 1990
Segunda versão dos anos 2000

Observação: O filme foi redublado no estúdio Dublavídeo para o lançamento em DVD nos anos 2000, a dublagem original da Álamo saiu somente nos primeiros lançamentos em VHS até meados dos anos 1990.

Músicas[editar | editar código-fonte]

Durante o filme alguns personagens fazem números musicais, tais como:

  • Ninguém Joga o Cachorro no Chão - "You Can't Keep A Good Dog Down" (cantado por Charlie e Sarnento)
  • Eu Quero ter Surpresas - "Let Me Be Surprised" (protagonizado por Charlie e Annabelle)
  • Vamos Fazer Música Juntos - "Let's Make Music Together" (cantado por um jacaré músico, que queria formar uma dupla com Charlie)
  • Terei um Lar "Soon You'll Come Home" (música cantada pela órfã Ana Maria)
  • O Que é Meu é Seu - "What's Mine Is Yours" (cantado por Charlie, ensinando alguns filhotes órfãos a compartilharem uns com os outros).

Em ambas dublagens brasileiras (a de 1990 e a dos anos 2000) todas as músicas foram traduzidas, e cantadas pelos próprios dubladores. Embora haja algumas diferenças nas traduções, como a canção "You Can't Keep A Good Dog Down", que foi traduzida primeiramente como "Ninguém Joga o Cachorro no Chão", e na redublagem virou "Ninguém Vai Me Jogar no Chão".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]